auravide auravide

Por que reclamamos?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Reclamar é um mal hábito, um condicionamento, um vício através do qual buscamos conseguir alguma satisfação interior.

A natureza da reclamação, porém, apesar de muitas vezes parecer que temos razão ao reclamar, é inconsciente. No fundo, reclamamos por que queremos nos sentir melhor a respeito de nós mesmos. Quando temos muitos julgamentos negativos sobre nós, questões de autoestima e de autoconfiança, nosso ego adota como estratégia encontrar algo ou alguém que consideramos pior do que nós ou do que a situação que estamos atravessando, para assim nos sentirmos um pouco melhor se comparados a eles.

Outra fonte de reclamações é o vitimismo, quando apontamos culpados para não assumirmos a responsabilidade por nosso mundo interior.

Quando nos amamos e nos aceitamos como somos, estamos em paz com nós mesmos e, consequentemente, com o outro também. A crença de que algo exterior pode nos tirar a paz também não atua mais em nós. Assim, não temos mais necessidade de usar a reclamação para elevarmos nossa moral.

A primeira consequência desastrosa do mal hábito de reclamar é nos prender na crença de que somos vítimas, fracos e insuficientes. Em pouco tempo, a pessoa que reclama perde a noção de si, de sua real grandeza, valor e poder.

Outra terrível consequência da reclamação é o baixo padrão vibratório que ela nos impõe, alimentando em nós um ponto de atração de inúmeras negatividades, perdas e sofrimentos.

Uma característica de quem reclama é sempre procurar alguém para ouvi-lo, para convencer de seus pontos de vista negativos ou para que este concorde com eles, alimentando mais ainda sua visão inferiorizada de si, dos outros e da vida. Com o apoio de outros, suas queixas ganham mais poder e se tornam mais verdadeiras para ele, prendendo-o mais ainda em suas limitações.

Notem que há uma grande diferença entre exigir seus direitos e o mal hábito de reclamar. No primeiro, você está consciente de seu merecimento e vai atrás do que prefere; no segundo, você apenas quer validar as suas insatisfações e se afirmar em sua posição vitimista.

É importante lembrar que aquilo que mais acreditamos e alimentamos é o que vivenciaremos em nossas vidas. Se por trás de nossos comportamentos, temos uma postura interior de vitimismo, insuficiência e reclamação, estaremos sempre atraindo dificuldades e mais situações que nos levam às mesmas reclamações e conclusões.

Muitas vezes, um mesmo acontecimento pode ser bom para uns e ruim para outros. Um domingo no parque, por exemplo. Uns se divertem e aproveitam o sol e a natureza, outros preferem prestar atenção no excesso de pessoas e na sujeira do local. São nossas escolhas e decisões que tomamos em frações de segundo, sem perceber, a respeito da nossa postura interior, que determinarão como aproveitaremos o precioso tempo que ainda temos aqui.

Assim, ao cultivarmos o positivismo, o amor próprio, o contentamento e a gratidão, nos empoderamos e atraímos pessoas e situações muito mais alegres e satisfatórias em nosso dia a dia e aí, sim, a partir daí, todo o universo começa a contribuir com nossa alegria de viver!

Em Paz,
Rodrigo Durante
Texto Revisado

 

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 57


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Rodrigo Durante   
Aprendendo a ser feliz e compartilhando tudo o que me faz bem! Atendimentos e workshops.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa