auravide auravide

Por que você se sente conectada a ele, mesmo que ninguém entenda - Descobrindo a verdade



Você se sente incompreendida porque as pessoas vivem dizendo coisas como: “sai dessa, parte pra outra”; “precisa desapegar e seguir em frente”; “ele não quer você”, mas, no fundo do seu ser, você se sente inexplicavelmente conectada a ele? Fique calma, isto é muito mais comum do que se imagina e existem diferentes causas para isto.
A boa notícia? Você não está louca!
Pode ser que exista SIM uma ligação energética! A má notícia é que isto não significa que ele seja sua alma gêmea ou que o destino de ambos seja ficarem juntos.

E é totalmente compreensível que você se sinta assim, perdida. Parece que ninguém está ouvindo você; afinal, é muito simples para as pessoas apontarem as mudanças que você precisa fazer como se fosse algo fácil e instantâneo. Mas a verdade é que ninguém sabe o que você sente, o que é estar na sua pele. Só você sabe o que é conviver com isto dia após dia e o tamanho da sua dor.

Mas o que eu faço agora?
Primeiro, você precisa descobrir a verdade, não tem jeito, e isto vai exigir algum esforço. Será que estou mesmo conectada a ele?

Como disse há pouco, isto pode ter origem no âmbito energético/ espiritual, ou simplesmente ser outra coisa! Pode ser que seja fruto da sua mente e de seu desejo intenso; talvez você esteja presa em uma frequência vibratória inadequada que lhe impossibilita de ver as coisas com clareza.

Infelizmente, não existe uma ciência exata para isto, cada pessoa é uma pessoa e cada caso é um caso. Mas existem meios de você entender o que acontece de verdade, para que a partir daí você possa se resolver e alcançar a realização emocional que tanto deseja.
...Mas um passo de cada vez...
Se tudo começa descobrindo o que acontece, então, vamos elencar as possíveis razões ou possibilidades (mais adiante revelo ainda algumas dicas de como você pode descobrir isto sozinha, então continue lendo este texto até o final, ok?:

Reflexo de Vidas Passadas
Sim, pode ser que seja este mesmo o problema. Não sei se você acredita nesse tema (eu particularmente acredito em reencarnação, mas não compartilho da visão do karma da mesma forma que o espiritismo ensina). Ainda assim, se seguirmos esta linha de pensamento seria algo mais ou menos assim:

Reconhecendo uma pessoa
Você viveu uma ou mais vidas ao lado desta pessoa (em um relacionamento amoroso ou não) e se sente instintivamente atraída para ela. Por que de forma energética e inconsciente é capaz de reconhecer a essência dele. Você simplesmente sabe que o conhece e isto se dá por que, embora via de regra não nos lembremos de nossas vidas passadas, todas as lembranças daquilo que já aconteceu com nossas almas estão guardadas no que gosto de chamar de baú da memória.

Nossas memórias são temporariamente “apagadas” quando reencarnamos para que a nova vida inicie de forma “limpa”. Do contrário, ficaríamos loucos. Mas, por mais que não nos lembremos de nada, ainda assim, as memórias estão lá e um ou mais gatilhos de nossa vida atual pode despertar lembranças, mesmo que apenas em forma de sensações emocionais ou sensoriais.

Então, no final das contas, se pensarmos no tal do “karma”, não seria à toa que esta pessoa entrou na sua vida e você realmente teria algo para viver ao lado dela.
Mas então por que não conseguimos viver algo juntos?
Aí entram duas questões interessantes:


  1. Pode ser que você já tenha vivido o que era para ser vivido por hora, neste caso, era para ser algo passageiro;
  2. Algumas vezes pessoas entram e saem de nossas vidas e chegam apenas para nos mandar uma “mensagem” ou nos “revelar” algo, trazendo percepções (na maioria das vezes sobre nós mesmos).
Fica claro, então, que esta pessoa não seria uma alma-gêmea (assunto largamente superestimado na qual não entrarei aqui, pois fugiria muito do contexto).
E se eu ainda não vivi, o que deveria fazer com ele nesta vida? Isto é possível?

Bem, isto é outra questão. Lembre-se de que todos nós possuímos uma coisa chamada LIVRE-ARBÍTRIO. E para que algo seja vivido entre você e mais uma pessoa só é logicamente possível se ambas estiverem dispostas.
E por mais que você se sinta conectada a ele, se ele não estiver disponível neste momento, você precisa se voltar para si mesma e trabalhar outras questões, viver outras coisas e não ficar parada no tempo (ou atrasar sua evolução pessoal) por conta de outra pessoa.
Não coloque suas expectativas de crescimento e sucesso nas mãos de outra alma. Assim, sua vida atual irá passar e você não conquistará nada.
E, claro, se um dia surgir uma nova oportunidade de vivenciar algo com ele, ótimo, mas não fique ansiosamente aguardando por isto. Você terá outras vidas onde esta pessoa surgirá novamente para isto. GARANTIDO!

Mas eu sei que ele também quer!
Agora, se esta pessoa claramente vive o mesmo que você, dá todos os sinais (ou às vezes até diz claramente) que se sente atraído por você da mesma forma, mas  que por questões mundanas (como já estar em um relacionamento ou por questões financeiras por exemplo), não possui iniciativa para mudar tudo, aí complica...
Mas nem tudo está perdido! Talvez você até consiga dialogar e redefinir as coisas. Mas antes de tudo, PRECISA TER CERTEZA DE QUE A RECIPROCIDADE É REAL.

Percebe por que precisamos nos ouvir? Ouvir nossos sentimentos, nossa intuição e tentar compreender de verdade uma situação? Assim conseguimos enxergar de forma global, sem máscaras ou projeções.
Se você está vivendo algo assim, é hora de descobrir a verdade!
Eu sei, é difícil mesmo. Tanto que às vezes nos sufoca. E às vezes você chega num ponto em que não pode comentar sobre o assunto nem com as pessoas mais próximas que chegam com aquelas patadas do tipo: “você ainda tá nisso? Vira o disco, vá viver sua vida”...

Mas as possibilidades não param por aí, não...
E se não for algo de vidas passadas? Ah, ainda tem outras explicações, dá só uma olhada:

Sintonia Energética
Existe uma força que cada pessoa compreende de um jeito. Uns chamam de deus (ou deuses), ou simplesmente a enxergam como uma “força maior”; algo cósmico. Como uma inteligência maior orquestrando tudo em nosso universo com perfeição. E se tudo é perfeito e nada é aleatório, em tudo há uma conexão e um porquê de ser.

Conexão...
É fato que tudo é energia. Nosso universo nada mais é do que um emaranhado de energias. Diferentes tipos de energias e em diferentes frequências que se cruzam o tempo todo.
E se todos nós, como parte do Universo, somos feitos de energia e energias interagem atraindo semelhantes (mesma frequência), então, de alguma forma ou por alguma razão, você atraiu esta situação/ pessoa para você, por conta de um fator energético.
Em suma, poderíamos dizer que: somos responsáveis por tudo o que acontece conosco, sempre! Não tem jeito. E quando fechamos os olhos para esta responsabilidade, abdicamos do poder de viver nossas vidas como bem quisermos. Muitas vezes nos deprimimos ou mesmo ficamos amargurados, repetindo aquela pergunta fatídica: "por quê"? Como se fosse algo que vem de fora.

...Mas na verdade...
Se você está vibrando em uma frequência que atrai alguém que não lhe faz bem, é preciso identificar o real porquê disto, que vem de dentro.

Vejamos um exemplo:
Se você é uma pessoa que não se ama, ou não se valoriza. Você vibra isto. As pessoas ao redor captam esta frequência como se fossem ondas de rádio... Recebem a mensagem de que você não tem valor. Logo, apenas pessoas e situações que confirmem isto chegarão até você. Por uma questão de sintonia energética. Você se verá cada vez mais rodeada por pessoas que abusem de você e não se sentirá amada. E a sensação de não ter valor apenas aumenta. E você se vê presa em um ciclo vicioso. E está tudo bem, isto é muito comum. Não estou dizendo isto para julgar você, pelo contrário, estou lhe mostrando que VOCÊ TEM O PODER DE ATRAIR COISAS MUITO MAIS POSITIVAS E VIVER MUITO MAIS FELIZ!

Claro que isto é apenas um exemplo. Poderiam ser “n” fatores energéticos que atrairiam esta pessoa para você e a colocariam neste loop de não realização. Mas se pensarmos na questão da espiritualidade, e que nada é por acaso, isto tudo está acontecendo por alguma razão. Em nosso exemplo, seria um sinal de claro de que você precisaria aprender a se amar mais, resgatar sua autoestima, mudar sua frequência vibratória e lutar pela realização pessoal sem medo. Só assim você poderia virar a chave...
Mas não pára por aí não. Ainda tem mais uma coisa:

Bloqueios internos ou conceitos limitantes
Agora entramos em um campo um pouco mais complexo: nossa mente. Já parou pra pensar na quantidade de informações que nos bombardeiam desde o momento em que nascemos até a formação de nossa personalidade?
Quantas “regras” e imposições recebemos para sermos aceitos dentro da sociedade? Vou dar um exemplo para que você entenda melhor do que estou falando:

Imagine que você cresceu ouvindo sua mãe dizer o tempo todo que se você não encontrar alguém vai “ficar pra titia” e que se não se casar, nunca será feliz... Porque vai ficar SOZINHA PRA SEMPRE. Aí você passa a sua vida inteira sonhando com o dia do seu casamento como se fosse uma coisa de outro mundo. E cada homem que entra na sua vida já passa a ser um futuro pretendente na sua imaginação.Nem conheceu a pessoa direito e já está sonhando acordada. Quando começa um relacionamento, já quer apressar as coisas. O coitado se assusta e foge.

No final das contas, o medo cresce, porque por mais que você tente engatar uma relação séria, sempre dá errado e você acaba ficando SOZINHA. Irônico, né?

Claro que este exemplo parece simples e óbvio, existem muitas outras situações onde a real causa está muito menos evidente e de difícil acesso. Mas tudo isto acontece muito! E reflete conceitos limitantes que já fazem parte do seu subconsciente e norteiam suas decisões.Estes conceitos são capazes de gerar bloqueios internos, desencadeados por algum tipo de sensação negativa. Medo de ficar sozinha, medo da perda, medo da rejeição, orgulho em aceitar que algo não saiu como o esperado e por aí vai.

Ah, e diga-se de passagem, pode ser que exista ainda um bloqueio herdado de acontecimentos de vidas passadas!
Voltando um pouquinho ao assunto inicial: algumas vezes procuramos onde tudo começou com base nos acontecimentos desta vida e simplesmente não encontramos nada, porque já viemos com estas marcas de outras vidas. Não é incomum, por isto precisamos investigar.

Sei que assusta. Muitas vezes não queremos enxergar o real problema, a verdadeira “doença” por trás desse sofrimento, e acabamos tratando somente os “sintomas”, sem eliminar completamente a causa. Será que é um sentimento real ou seria uma carência? Será que existe realmenste uma ligação energética ou uma pendência de outras vidas para ser vivenciada? A primeira coisa é descobrir o que realmente está acontecendo, pra depois trabalhar os acontecimentos do dia a dia e transmutar a situação...

Nossa, parece tudo muito complexo, não é mesmo? Mas na verdade, não é não.

TODAS AS RESPOSTAS ESTÃO DENTRO DE VOCÊ, BASTA ACESSÁ-LAS, SEM MEDO!

E como eu faço isso? Agora vamos colocar a mão na massa:

1) Primeiro passo: seja corajosa! Encare o desafio mesmo sabendo que no final dele TALVEZ você perceba que estava errada e que o melhor a fazer é realmente deixar esta pessoa ir. Este é o passo mais importante! Não subestime e não burle;

2) Comece um diário pessoal registrando todas as emoções e acontecimentos que lhe chamam atenção por pelo menos uma semana. Nosso eu interior é muito esperto e dá diversos sinais (às vezes de forma gritante) quando algo está errado. O mesmo vale para nossos guias/mentores/guardiões espirituais (ou como você preferir chamar), que tentam nos comunicar mensagens para nos auxiliar.
Então, verifique se coisas como as que se seguem estão acontecendo frequentemente com você:

- Comece pela sua própria intuição. É isto mesmo! O subconsciente se manifesta de uma forma muito menos clara do que gostaríamos. Mas se manifesta! Então pare e pense na sua vida amorosa de uma forma geral, sem se concentrar na pessoa ou nos detalhes atuais. Apenas perceba a sensação que lhe ocorre quando visualiza a sua vida emocional no futuro. É uma sensação de prazer e bem-estar ou uma sensação de fracasso ou tristeza? Quanto menos se concentrar nos acontecimentos atuais, mais “limpa” será a sensação que sua intuição fornecerá sobre os acontecimentos futuros;

- Preste atenção nas inconveniências ou imprevistos que acontecem no dia a dia. Isto pode variar entre acidentes graves, perdas ou roubos ou mesmo coisas pequenas que estão sempre atrasando o seu dia. Uma coisa após a outra sempre lhe atrapalhando em tudo. Parece uma maré de azar que nunca acaba;

- Brigas e conflitos com familiares ou pessoas extremamente próximas MUITO CONSTANTES porque estas pessoas não concordam com o que você está fazendo. Lembra do título do nosso artigo? Pois é, parece que ninguém lhe entende. É claro que existem pessoas que simplesmente adoram julgar ou se intrometer nas nossas vidas. Mas será possível que TODO MUNDO esteja errado e nós estejamos certos? Principalmente as pessoas de maior confiança? Claro que você tem sua razão, dentro de tudo aquilo que você está vivendo, pois ninguém sabe o que é estar na sua pele. Mas dê uma chance! Ao menos ouça o que elas têm a dizer, afinal, quem vê de fora tem uma outra visão.

- Você começa a se sentir perseguida, seja no trabalho ou onde for. Parece que o mundo está contra você e ninguém colabora com a sua vida (inclusive pode ser perseguida frequentemente em sonho também);

- Cansaço, estresse, baixa energética ou mesmo baixa imunidade, podendo acarretar inclusive a ocorrência de enfermidades (manifestando-se no corpo físico). Preste atenção principalmente se você tem alterações de humor inexplicadas, uma raiva sem sentido ou sem causa aparente que vem e vai ou mesmo uma sensação esquisita de alguma coisa fora do lugar.
Estes são sinais claros de que algo está muito errado e tenho certeza que você encontrou um ou mais deles ocorrendo com você no seu dia a dia. Prosseguindo:

3) Meditação: se você não é adepta à meditação, ou acha que não consegue, ou que é muito agitada para isto, é hora de se abrir para novas possibilidades. Afinal, a melhor forma de dar ouvidos ao subconsciente e deixar que ele se manifeste, é acalmando sua mente consciente. Se afastar da confusão do dia a dia por uns instantes também nos coloca em uma energia mais sutil, favorecendo a conexão com a espiritualidade. Grandes revelações podem vir através de insights, sensações viscerais, ou mesmo visões em sua tela mental.

Faça periodicamente esta simples meditação e sinta em sua própria essência os resultados:

- Certifique-se de não ser interrompida por alguns minutos, sente-se confortavelmente e faça algumas respirações profundas. Eu gosto bastante da respiração quadrada na qual você divide a sua respiração em 4 etapas, assim: respire contando até 3, retenha o ar contando até 3, expire contando até 3 e faça uma pausa contando até 3 antes de respirar novamente. Esta contagem aumenta com a prática. Sinta que o seu corpo começa a relaxar, seus músculos começam a ficar mais soltos e é possível sentir um formigamento em seus membros. Se sentir dificuldade, contraia todos os músculos do corpo e depois solte-os, isto facilitará o relaxamento. Quando se sentir completamente relaxada imagine-se em pé numa praia com água pela canela e os pés sendo banhados pelo mar. Contemple o mar. Preste atenção em seu som, nas gaivotas sobrevoando e sinta o calor do sol junto a uma leve brisa em sua pele. Você tem consciência do trabalho da água: imagine um fluxo contínuo onde quando ela vem absorve e carrega tudo aquilo que precisa ser limpo em sua vida agora e quando ela vai e as ondas se chocam, todo aquilo de “ruim” é transmutado e devolvido a você em forma de vibrações positivas. A água está equilibrando suas emoções de baixo para cima, ajudando a canalizar aspectos ocultos do seu subconsciente e limpando fluidos energéticos prejudiciais. Este trabalho de limpeza não só limpa suas vibrações energéticas como também abre as comportas do inconsciente dissolvendo aos poucos as máscaras e dando abertura para revelações; trazendo um entendimento maior de si mesma e do mundo. Ao final do exercício, sinta-se mais aberta às percepções extrassensoriais e faça anotações no seu diário pessoal sobre as sensações sentidas durante o exercício.

Obs: não preciso nem dizer que fazer este exercício em uma praia de forma literal é sensacional, mas nem todos têm acesso; use a visualização criativa. ACREDITE, A SUA MENTE É MUITO PODEROSA!

4) Reprograme sua mente: Lembra daquela ideia divertida de amarrar uma fita no dedo para ajudar a lembrar de alguma coisa? Este exercício é um pouco parecido com isto. Nossa mente funciona como um sistema de computador e pode ser programada e reprogramada. É daí que surgem os conceitos limitantes. Então quando já estamos programados para algo, fazemos aquilo no automático, por isto a mudança de comportamento é algo tão difícil. Então, vamos criar um gatilho que “puxe” este novo comportamento. Considerando-se que você ainda não sabe ao certo o que está ocorrendo, vamos trabalhar então com a sua postura referente à situação em vez de um comportamento real em específico:

- Pegue um pedaço de papel e escreva algo mais ou menos assim: “Sou eu quem dá as cartas”. Olhe todos os dias para este papel antes de dormir e logo ao acordar. Leve ele com você mantendo-o em um local onde você poderá vê-lo várias vezes por dia (na mesa do escritório, por exemplo). Fique com ele até que este pensamento faça parte de você e lhe ocorra sem que você precise olhar para o papel. Neste ponto, você perceberá que sua forma de pensar já está sendo alterada e o papel (gatilho) não será mais necessário.

Mais uma última sugestão interessante...

Ah, e para quem gosta de trabalhar com simbologia, vou deixar mais uma última sugestão. Este tipo de exercício pode alavancar suas descobertas durante o processo, pois se utiliza de símbolos muito antigos que atuam como chaves de acesso ao subconsciente e a outros planos também. Estes símbolos são conhecidos como runas.

E eu não ia abordar isto neste artigo, mas de repente senti que deveria, já que tive muitas experiências transformadoras trabalhando com elas...

E se você sentir no seu coração que experimentar algo neste campo poderá lhe ajudar de verdade, faça o seguinte procedimento:

1) Antes de dormir, visualize a seguinte runa pelo tempo que for suficiente para memorizá-la. Esta runa se chama Perthro e representa: descoberta de segredos, revelações que surgem por meio do oculto, uma ponte entre esse e outros mundos ou entre você e seu lado espiritual, as próprias descobertas feitas durante um jogo de runas (arte oracular).
A Runa Peorth
2) Deite-se e feche os olhos. Faça uma respiração profunda e quando estiver completamente relaxada, mas ainda desperta, comece a visualizar o formato da runa Perthro flutuando em sua frente em uma luz roxa brilhante em um fundo preto.

3) Aproxime-se cada vez mais desta runa até que ela comece a se conectar com você e a energia da runa vai funcionando em todo o seu ser. Concentre-se agora nas propriedades desta runa e peça a ela que lhe traga revelações em sonhos.

4) Fique neste estado até adormecer e quando acordar anote qualquer sonho ou sensação importante de que se lembrar. Caso não se lembre de nada não desanime. Tente novamente outra hora e respeite seu tempo.

Enfim, estas são apenas algumas ideias. Existem infinitas ferramentas tanto para revelar quanto para resolver uma situação assim.

Tenha em mente que cada pessoa possui seu próprio ritmo e que este processo pode durar por mais ou menos tempo variando de uma pessoa para outra, ou de acordo com o estágio evolutivo em que você se encontra neste momento. E você poderá ainda, se preferir, acelerar este processo buscando apoio profissional para aconselhamento e/ou terapêutico.

Mas, seguindo estes simples passos, você já movimentará a energia (destravando a estagnação) e as mudanças serão percebidas gradualmente por você no próprio dia a dia, caminhando para uma verdadeira transformação.

Para apoio profissional especializado, informe-se sobre a Consultoria Holística personalizada via internet para maior comodidade*. Utilizo como ferramenta de trabalho o tarot e as runas (arte oracular), interpretação do seu nome/data de nascimento pelas runas, mapa rúnico pessoal, confecção de amuleto rúnico pessoal, orientação sobre o uso de ervas, cristais e outros elementos da magia natural, meditação dirigida, magia rúnica (talismânica) e magia do som (Galdr/Mantra) .
Ministro ainda o curso online de runas onde ensino, entre outros procedimentos, a Stadhagaldr (Yoga Rúnica).

*Atendimento via WhatsApp (texto ou chamada de voz) com hora marcada.


Ah, aproveite para conhecer a consultoria online comportamental, onde conduzo mulheres com problemas de relacionamento em um profundo caminho de autoconhecimento, ajudando-as a resgatar a autoestima, despertar o pode pessoal e encontrar a felicidade no amor:

CONSULTORIA PARA MULHERES CONQUISTAREM O AMOR RESGATANDO TODO O SEU PODER PESSOAL
(Passando bem longe de qualquer tipo de trabalho de amarração e sem precisar correr para sua taróloga cada vez que for hora de tomar uma decisão.)


WhatsApp: (13) 98207-4699
Facebook
Curso Online de Runas


texto revisadoSS

               
















Publicado dia 27/5/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 30



foto-autor
Autor: Ana Freyja   
Estudiosa e palestrante de temas relacionados à religiosidade pré-cristã europeia, paganismo, magia e espiritualismo. Atua ainda como facilitadora do sagrado feminino, runemal (oraculista especializada em runas), taróloga e consultora holística através da manipulação de ervas, cristais, símbolos e energia em geral.
E-mail: contato@cursoderunas.com.br | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa