auravide auravide

Qual o real sentido do Aniversário?



Mandala do Zodíaco

O Dia do Aniversário representa o momento em que o Sol retorna ao nosso campo de energia, na mesma posição em que estava no momento do nosso nascimento, marcando o início de mais um ano em nossa vida e nos presenteando com grande força. A partir do dia do aniversário, cada um dos 12 dias subseqüentes representa um ciclo compactado, relacionado com cada um dos 12 meses do ano que se inicia.

Sendo assim, a tradição nos ensina através da “Mandala do Zodíaco“ a forma correta de agir durante os 12 dias posteriores ao aniversário, para que possamos criar nosso ano de acordo com as Leis Energéticas. O Mestre Altai Chy nos ensina como criar nosso ano através da sabedoria, da auto-observação e da atitude correta.

Boa viagem a si mesmo!

1ª Casa (1º dia): Casa do "Eu existo", Crescimento de Desenvolvimento. Desejo de entrar na vida com o impulso de conquistar, com auto-afirmação e iniciativa, formando a personalidade, a imagem de si mesmo que será passada ao mundo.
Durante este dia é necessário manifestar a sua própria iniciativa e não ouvir conselhos de ninguém.

2ª Casa (2º dia): Casa do “Eu tenho”. Referente à etapa prática da vida quando construímos nossos ganhos, nossa segurança emocional, acumulando experiências pessoais. Início da compreensão do mundo através da criação de algo: família, negócios, riqueza, acúmulo de experiências.
Neste dia é importante não ter contato com dinheiro: comprar algo, vender, fechar um negócio. É bom até mesmo nem pensar em dinheiro...

3ª casa (3º dia): Casa do Estudante, quando nos é concedida a possibilidade de encontrar um caminho de desenvolvimento, empreendendo uma busca para compreender o mundo de maneira mais ampla. Prestar atenção ao mundo interno, procurar compreender a si mesmo, aprender com a vida, tornar-se um discípulo.
Durante este dia evite fazer imposições, agir e falar como se já estivesse “pronto”: "Eu sei! Eu tenho! Eu compreendo!" É necessário fazer-se humilde, ouvir conselhos, aceitar aquilo que os outros têm para dizer. Interessante fazer jejum de palavras ou prática de silêncio.

4ª Casa (4º dia): Casa das Raízes, Tradições, Antepassados. Início da compreensão de que é possível utilizar conscientemente a experiência dos antepassados, o Conhecimento Ancestral. Viver no mundo social é também uma forma de prestar obediência às tradições, aos antepassados e ao que pode ser chamado de “terra natal”: maternidade, hospital, cidade, região de nascimento, país, planeta, galáxia, compreendendo que estamos submetidos a todas estas influências.
Neste dia não é favorável envolver-se com temas de morte ou funeral. Melhor permanecer em casa, dedicando-se à leitura, principalmente de livros de conhecimentos antigos.

5ª Casa (5º dia): Casa da Criatividade, Alegria, Prazer e Diversão. Início da compreensão de que temos poder. Sou dono de mim mesmo e dos planos que realizo na Terra. Compreendo que existe uma intenção Divina em tudo e, assim, atraio a Energia Cósmica e, ao recebê-la, tenho um momento de criação. É muito importante também desenvolver a harmonia em todos os aspectos da vida: família, trabalho, pessoal. Até a mobília disposta de uma determinada maneira reflete essa harmonia.
Neste dia é necessário cantar, dançar e manifestar-se de forma artística. É importante a conclusão de um projeto e fazer planos de negócios.

6ª Casa (6º dia): Casa do Trabalho, do Serviço. O Serviço para o Sagrado. Começo a viver não para mim mesmo. Começo a compreender que necessito viver e me desenvolver para ser útil aos outros e que tudo está voltado para um processo divino. Relacionada também com as doenças, pois quando nos dedicamos ao trabalho afastado do propósito divino, dispersamos energia e podemos chegar ao adoecimento. É importante estar sempre muito ativo e, caso não seja possível estar ativo fisicamente, manter-se em estado de oração.
Neste dia é necessário manter um estado bem ativo, dedicando-se ao trabalho com entusiasmo.

7ª Casa (7º dia): Casa dos Relacionamentos, do Amor Divino, dos Parceiros. Quando alcanço a compreensão do verdadeiro significado de Deus, só então, posso encontrar o verdadeiro Amor. Nesta Casa começo a compreender as pessoas ao meu redor sem perder a noção da estima. No inimigo devo ver um amigo e, nos amigos, sedutores. As pessoas comuns pensam que amigo é aquele com quem me sinto muito bem. No Caminho Espiritual e nos negócios chamamos de “amigo” aquele que me causa tensão. Isso significa que Deus fala através dessa pessoa e não me deixa dormir ou ficar parado e, sim, me “empurra” para continuar meu movimento.
Durante este dia não é favorável receber elogios, jogar com o amor, fazer sexo. É importante isolar-se e tornar-se um asceta. É importante ser cuidadoso com os amigos, não criar conflitos com os inimigos.

8ª Casa (8º Casa): Casa da Morte. Morte da antiga visão da vida. É quando a visão do mundo se transforma. Casa da transformação. Da morte e do renascimento. Na concepção, morremos como Alma que vive no espaço cósmico. Nesse momento recebemos um pequeno corpo: duas células se misturam uma com a outra e acontece a nossa prisão, a primeira. No ventre materno, morremos como fruto. Perdemos nossa liberdade e, depois, temos isso como um hábito e nos sentimos confortáveis dentro da nossa mãe. Quando nascemos para o mundo exterior, mais uma vez enfrentamos o desconforto e precisamos aprender a viver. Perco tudo e preciso aprender a estar bem “perdendo” a relação com o tempo. Não sei quando vou morrer e a morte é o nascimento para um novo estado que não conheço ainda. Podemos compreender tudo isso quando entramos no estado de transe.
Neste dia é desejável ter reações fora do comum, manifestar-se de forma diferente das que sempre se apresenta. Pensar, fazer, falar de maneira distinta, como nunca fez antes. E, ao mesmo tempo, deve ser sutil, delicado para não causar mal-estar ao seu redor. Através dessas práticas trabalhamos com a auto-independência das opiniões alheias. Neste dia são muito úteis as práticas de transe.

9ª Casa (9º dia): Casa do Professor, da Intuição e do Conhecimento. Tudo começa a se realizar quando o Poder Elevado conduz o Homem. Esta Casa se refere ao conhecimento de que tudo o que se recebe deve ser compartilhado com as outras pessoas (conhecimento, experiências), especialmente as relativas a descobertas espirituais.
Neste dia é importante participar de conferências, encontros, pois, exatamente neste dia, a capacidade de compreensão e absorção estará mais elevada do que em qualquer outro dia, principalmente nos temas relacionados com sagrados e espirituais. Dia importante para compartilhar sua própria experiência espiritual.

Solicite o complemento do texto atraves do email que_alegriaa@yahoo.com.br!
Visite nosso site: link

Texto revisado por Cris
Publicado dia 7/5/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 32



foto-autor
Autor: Sinergia Universal   
Nossas Principais Escolas: Escola de Cura; Escola de Tantra; Escola de Deusas; Xamanismo Siberiano; Turismo Espiritual; Estudos do Ashram de Dois Mestres; Visite nosso site oficial: www.sinergiauniversal.com.br
E-mail: altaytantrabr@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa