auravide auravide

Quero ser uma pessoa melhor


Facebook   E-mail   Whatsapp

Já faz algum tempo que a frase “Quero ser uma pessoa melhor” tem me trazido reflexões.
Atualmente, em praticamente todas as áreas, tem sido utilizada de forma banal.
A sensação desta frase parece com algo do tipo: "nascemos todos defeituosos, errados, ruins".

“Quero ser uma pessoa melhor em e no quê“?

O que pode fazer de uma pessoa pior?
O melhor é o quê?
Potencial, inteligência, capacidade, habilidade?

Quem mensura isso?

No dicionário, o significado de melhor aparece assim:

1.
que é superior ao que lhe é comparado

2.
que possui o máximo de atributos para satisfazer certos critérios de apreciação.

Fonte – web

Dentro de alguns contextos, como por exemplo o corporativo, o melhor faz sentido para as finalidades.

Mas e no dia a dia?
Embora sejamos todos iguais não somos as mesmas pessoas.
Cada um de nós é do jeito que é.
Qualquer transformação do individuo ocorre a partir dele mesmo.

Na mensuração de melhor ou pior, no contexto do ser humano, será que são considerados todos os aspectos da natureza humana?
Como por exemplo a história de vida, cultura, crenças, ancestralidade, educação, religião, relacionamentos?

O aprimoramento, desenvolvimento, podem ser buscados sem a pressão de a qualquer custo, ser melhor.
A espiritualidade tem apresentado, pelo menos em teoria, a necessidade de crescermos, evoluirmos, rumo a uma transformação que nos aproxima mais daquilo que é considerado adequado.

Parece que nascemos sob a premissa de sermos defeituosos e que ao longo da vida seremos consertados.
Para aqueles que acreditam em outras possibilidades, sabe-se que cada um de nós está vivendo o que há para viver, a seu tempo.

Nem melhor, nem pior.
Pode-se concordar ou não com isso.
No melhor, podemos considerar se nos sentimos superiores aos outros ,no pior se nos sentimos inferiores.
Se não distinguirmos as diferenças, continuaremos a viver condenados a umeterno sofrimento em acr editar que somos defeituosos.

O fato é que, de tempos em tempos, surgem frases clichês que nos colocam sempre diante do mesmo impasse: pessoas superiores e inferiores nas escalas da vida.

Esta classificação promove a separação entre os seres humanos.

Tremendo desafio.

Elaine Carvalho – Terapeuta

CRTH - 2485


Texto Revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 12


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Elaine Leal Carvalho   
Formação em Constelações Familiares. Curso História do Brasil segundo visão sistêmico-fenomenológica. Formação Avançada em Constelações Familiares e Empresariais abordagem sistêmico-fenomenológica. Curso de Constelações Empresariais. Seminário Leis Básicas dos Relacionamentos Aplicadas aos negócios. Acesse o site: https://elainelealcarvalho.com.br
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa