Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Re-re-re-re começar

por Andrea Pavlo

Publicado dia 31/5/2020 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Vamos lá. Na realidade eu já escrevi sobre esse tema algumas outras vezes. Na realidade, eu já fiz esse processo um monte de vezes. Na realidade, a juventude deve mesmo servir para isso, para conseguir ressignificar e começar de novo. Qual é o processo? Começar de novo.

Faço terapia há 20 anos e tive que recomeçar várias vezes. Precisei passar pela cura da depressão, depois da síndrome do pânico. Tive momentos em que o trabalho parecia perfeito, mas todo o resto estava uma bagunça, assim como tive momentos em que só a minha vida amorosa parecia andar. No final, tudo isso acabou. E tudo o que parecia ser perfeito, mostrou-se perfeito sim, mas somente para aquele momento. Depois, desaparecia.

De alguma maneira eu criei isso. Eu criei situações somente de momento. Relacionamentos de momento, trabalho de momento, dinheiro de momento. Em um instante seguinte eu simplesmente abria mão, ou enjoada de lutar, jogava a toalha. Eu não fui até o final ou simplesmente escolhi coisas que não faziam sentido. Coisas que não poderiam ter uma fundação sólida. Eu pensei errado, senti errado, cometi todos os tipos de erros possíveis. Mas não me sinto culpada porque era a minha cabeça da época. A mulher que sou hoje, honra e aceita a menina e a mulher que eu fui em outros tempos. Eu não tinha condições, e tudo bem. Mas agora é diferente.

Simplesmente decidi que, daqui para frente, não invisto em nada que não possa ser para sempre. Ah, mas vai ser? Não sei, mas terá esse potencial. Uma coisa é fazer pequenas mudanças, mudar algumas direções. Outras é precisar recomeçar do zero. Isso é bem, bem cansativo e existe sim um número de vezes em que isso é possível.

Mas o problema é, sabermos que precisamos desapegar a começar do zero, nos aferroarmos às coisas. Criarmos correntes com coisas e situações que não fazem mais nenhum sentido, agindo como salvadores do lixo. Sabe como aqueles acumuladores que acham que um papel de bala ainda poderá ter algum proveito, um dia? Recomecei tantas vezes, que comecei a insistir no que não era. E não era tudo, a fundação hoje existe, mas em diferentes formas.

Podemos ter um novo tipo de relacionamento com a mesma pessoa. Podemos redirecionar o que amamos fazer no trabalho, para algo que realmente valha a pena. Podemos reestruturar a relação com a nossa família e nos colocarmos nos nossos devidos lugares. Ainda são mudanças, ainda são recomeços. Mas são como marcos, como pequenas transformações necessárias.

Eu estava com medo de um recomeço. De um re re re começo, mas aí veio uma pandemia que me disse “isso não está sob o seu controle”. E o sabotador controlador em mim simplesmente agiu de maneira massiva, tentando me fazer controlar o incontrolável. E aí, sim, que eu perdi o controle.

Ontem, sentada na minha cama depois de voltar de um funeral, eu pensei: deixa. Me vi como alguém vazia que constrói a estrada enquanto caminha. Isso me deu uma leveza e me devolveu a força interna. Hoje me levantei cedo e fiz tudo o que andei postergando nos últimos dias. Senti que o tempo é implacável, que não temos controle se vamos ou não continuar no mundo depois da pandemia, mas que podemos controlar como queremos passar cada minuto da nossa vida. Que podemos reconstruir o que for possível, refazer o que estiver quebrado e simplesmente continuar.

Isso nos tira o medo, esse implacável sentimento de desistência e nos coloca de volta no mundo. E é muito bom estar no mundo!

Texto Revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 29

Sobre o Autor: Andrea Pavlo   
Psicoterapeuta, taróloga e numeróloga, comecei minhas explorações sobre espiritualidade e autoconhecimento aos 11 anos. Estudei psicologia, publicidade, artes, coaching e várias outras áreas que passam pelo desenvolvimento humano, usando várias técnicas para ajudar as mulheres a se amarem e alcançarem uma vida de deusa.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Cuide da sua energia
artigo O Invisível, visível, 2
artigo Quando as Estrelas Descem Para Dançar no Coração do Homem
artigo O poder do desinteresse

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.








horoscopo



auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa