auravide auravide

RESGATE DA ALMA

por Maria Goret Xavier

Publicado dia 24/9/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Uma das grandes questões dos dias atuais é manter nossa integridade. Isso é igual a nos mantermos inteiros. Pra nos mantermos inteiros, precisamos juntar nossos pedaços. Muitos de nós, seres humanos, nos encontramos fragmentados, partidos, segundo o Xamanismo, técnica milenar de cura, desenvolvimento e evolução espiritual (existe o Xamanismo siberiano, kahunas(Hawaí), dos índios norte-americanos, dos índios brasileiros, peruanos, das tribos africanas, etc.).

Algumas situações de nossas vidas são tão ameaçadoras para nossa vida física e psíquica, mesmo depois de esquecidas, que vão "enfraquecendo" a alma, provocando o que em alguns sistemas xamânicos se denomina “perda” ou fragmentação da alma. Ou seja, com a perda da alma parte da energia da alma ou, ainda, da sombra, se despreende, se solta.

Vamos entender melhor isso: porções energéticas nossas vão se desconectando de seu propósito original na sua dança na Terra (sua Missão, seu Propósito Divino), pois fibras de energia vão ficando presas a pessoas, objetos e situações passadas, deixando-nos enfraquecidos no presente e por isso ocorrerem os estados de tristeza, depressão e sentimento de estar incompleto, além de ocasionar doenças e distúrbios psíquicos e emocionais. Esses “pedaços soltos” ficam vagando pelo espaço espiritual, numa dimensão passada e, através de técnicas xamânicas, podemos resgatá-los.

Há diversas formas e técnicas de resgate de alma. Podemos, através de técnica que altera o estado de consciência (hipnose), voltar na linha do tempo e ali trabalhar a energia daquele trauma ou "enfraquecimento da alma". Trabalha-se a situação de abuso, trauma, choque, onde houve muita perda energética, a qual ficou contida no tempo e no espaço, e reintegrá-la no presente.

Um novo entendimento pode ser realizado através da lembrança da situação e das emoções específicas que causaram o despreendimento. Exemplificando: coloca-se a pessoa em transe e regride-a até a situação. Ela tinha 3 anos de idade e foi severamente repreendida quando ia se mostrar independente. Isso lhe causou uma enorme perda energética, pois ela vivenciou um medo enorme, um pavor. Faz-se uma resignificação do fato naquela época e traz-se aquela parte para o momento presente, curada e sem medo.

Outra técnica consiste em o próprio xamã realizar o resgate. Ele vai, em estado de transe, no espaço espiritual onde se encontra a parte que foi fragmentada e, através de algumas técnicas, traz o pedaço de volta. Algumas vezes o próprio paciente faz a jornada e traz seu pedaço de volta.

Vamos descrever o exemplo de uma jornada de resgate de alma que você mesmo pode fazer. Procure um lugar calmo e tranqüilo, onde você não será interrompido. Faça um relaxamento. Peça à sua mente para relaxar, se tranqüilizar, tirar umas férias. Lembre-se de uma situação onde se sentiu muito calmo e relaxado. Entre nessa lembrança, sinta os cheiros, sabores desse local. Ouça os sons da situação e veja as cores e paisagens. Vá relaxando e deixando leve todas as partes de seu corpo. Depois, preste atenção ao seu coração; nele, segundo as tradições xamânicas, encontra-se a sua essência. Pergunte a ela se existe alguma parte perdida, solta. Em caso positivo, pergunte onde esse pedaço está. Visualize esse local, veja como esse pedaço está, se está confuso, triste, aprisionado. Tente ganhar a confiança dele, conversando com ele sobre como você gostaria de tê-lo de volta, o quanto você precisa dele, o quanto ele lhe faz falta. Sinta compaixão e entendimento do que aconteceu com ele, perceba se está assustado, desconfiado e tente acalmá-lo. Pergunte se ele quer retornar para você. Em caso negativo, realize a conversa novamente até deixá-lo confiante e seguro, acreditando em você. Em caso positivo, traga-o para o coração, puxe-o efetivamente, com as mãos, da localização espacial em que o visualizou para dentro do seu coração. Perceba-se integrado a ele, religado a essa sua parte que lhe é muito importante.

Celebre o regresso dessa parte: agora “você e ele são um” novamente. Sinta o vigor, a integridade e a vitalidade que isso lhe proporciona. Pergunte-se se traz consigo pedaços de outras pessoas. Em caso positivo, diga a você mesmo que os está libertando, soltando esses pedaços de volta à sua origem. Você está mais inteiro e não precisa se prender a partes que não são suas. Se for necessário, realize vários resgates para si mesmo.

Existem inúmeros benefícios que podem ser obtidos com essa técnica. Algumas vezes podem surgir lembranças de determinadas situações que precisam ser trabalhadas com outras técnicas tais como psicoterapia, reiki, etc. Outras vezes, pode se sentir mais inteiro, mais integrado. Entretanto, essa técnica sempre mexe com nosso interior e se você necessitar de ajuda não hesite em procurá-la. Vá em busca de SI MESMO.

Um abraço de luz.

Maria Goret Xavier

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 6

Sobre o Autor: Maria Goret Xavier   
Psicóloga Psicóloga Clínica Pós- graduanda em Psicossomática. Pós-graduada em Psicopedagogia. Cursos de Especialização em Programação Neurolingüística, Gestalt-terapia, Bioenergética. Taróloga, Runóloga, Radiestesista; Trabalho com a Mesa radiônica; Mestra de Reiki
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa