auravide auravide

Se julgar para quê?



Se julgar para quê? Você ganha alguma coisa fazendo isto?
Eu tenho certeza absoluta que não.
A maldade que você faz com você atualmente, você aprendeu na infância. A questão aqui agora é até quando vai permitir que este mal exista em você?
Vamos para alguns exemplos de autojulgamento que você pode estar fazendo: Eu sou feia, eu sou burra, meu corpo é horrível, sou uma fracassada profissionalmente, não tenho um relacionamento afetivo por que não mereço e por aí vai.

Tudo isto que ainda existe dentro de você, pode ser retirado a qualquer momento, desde que realmente queira mudar sua vida.
O primeiro passo é identificar todos os julgamentos maldosos que faz com você, na sequência anote todos eles em um papel para iniciar o processo de remoção (um a um).

Atualmente existem várias técnicas e ferramentas terapêuticas para te ajudar nisto, caso não consiga no momento fazer este tipo de investimento (sessões de terapia), procure livros, vídeos e cursos. Mas não deixe isto aí latejando em você, entenda que a felicidade é construída no dia a dia.
Você merece sim ser feliz, mas compreenda que a felicidade e o autojulgamento não coexistem, se você estiver no autojulgamento não conseguirá ser plenamente feliz.
Faça suas escolhas, seja inconformada com a sua dor e com a zona de conforto que você se pôs. Assuma a potência que você é, quanto mais vai precisar sofrer para tomar uma atitude em prol de sua realização e felicidade?

Não espere a somatização para buscar ajuda, comece agora mesmo ao terminar a leitura deste artigo.
Em nenhuma época foi tão fácil como agora, para se obter conhecimento e ajuda. Tudo está a um clique de seu dedo, por isto a escolha é sua, aliás sempre foi, a diferença é que agora é bem mais fácil ter a solução/ajuda. Sua vida pode mudar completamente, desde que leve o seu bem-estar a sério.

Cuide-se por dentro!
O seu mundo muda, quando você muda.

Bibliografia sugerida: O poder do agora. (Eckhart Tolle). Um novo mundo. O despertar de uma nova consciência. (Eckhart Tolle).

Seja feliz agora, do seu jeito!
Até o próximo artigo!

Um forte abraço.

Adriana Mantana

Coach de Mulheres, Terapeuta ThetaHealer® e Terapeuta de Barras de Access™, articulista do Jornal Diário da Manhã e Colunista da Revista Coach Me. site: http://totalmentemulher.com.br/

Texto Revisado

Publicado dia 9/4/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1



foto-autor
Autor: Adriana Mantana   
Bióloga, Terapeuta Junguiana, Consteladora, Renascedora, Terapeuta de Integração Quântica do Ser®, Terapeuta ThetaHealer®, Terapeuta de Barras de Access™, Floral de Bach, Radiestesista, Operadora de Mesa Quântica Radiônica, Cromoterapia, PNL, Mestre em Reiki Usui, Cristaloterapeuta, Giver Deeksha, Ativista Quântica. CRTH - 4103
E-mail: adrianagcl@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa