auravide auravide

SERÁ QUE VOCÊ É AZUL?

por Trovo Terapias

Publicado dia 28/3/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Hoje você estará em contato com a Personalidade Azul e quero aqui salientar que não somos uma única Cor e sim uma miscigenação entre elas.Leia artigos anteriores.

Os Azuis são personalidades admiradas por representarem muitas virtudes tais como honestidade, simpatia, lealdade, sinceridade e autodisciplina. Essas virtudes parecem ser naturais para eles, o que cria uma imagem de correção e respeito. Eles até mesmo parecem um farol aceso de bondade e verdade, um padrão de excelência pelo qual todas as pessoas podem se pautar.

A Personalidade Azul aprecia a criatividade, a dedicação nos relacionamentos e a conquista disciplinada. Com essas vantagens combinadas inevitavelmente surge uma pessoa determinada e forte, tornando-se competidora respeitável para qualquer personalidade enfrentar porque, em geral, baseia suas opiniões na emoção e no princípio moral; embora possa parecer lógico é mais provável que responda a um apelo emocional.

Para a Personalidade Azul a vida emocional é uma faca de dois gumes. Pelo lado positivo você encontrará, nesta personalidade, a bondade e a sensibilidade; e pelo lado negativo poderá encontrar o rancor e o excesso de sensibilidade. Este excesso faz esta personalidade magoar-se com tudo e automaticamente deixar de ser prestativa.

Os Azuis vêem o mundo com olhos positivos e saudáveis, preocupando-se profundamente com os aspectos da vida que tocam o coração.

Exemplificando a visão do Azul:

- Imaginamos que estamos numa festa de aniversário e o aniversariante é uma criança que está completando 1 aninho de vida. Até aqui tudo bem, certo? Divertimo-nos, comemoramos, vamos curtir muito a festa, certo? O Azul também curte a festa, porém gosta de olhar para o significado dela, ou seja, o que representa para os pais ter um filhinho completando 1 aninho, o quanto os pais possam estar felizes pelo acontecimento, etc. Entenderam? Estará o Azul pensando na felicidade que os pais sentiram em organizar a festa, fazer a lista dos convidados e muitas vezes com detalhes que só quem organiza uma festa sabe e eles se encantam com isso multiplicando o bem estar e a felicidade em participar dessa ocasião.

A dedicação aos relacionamentos é intensa e capaz de fazer uma Personalidade Azul sacrificar o ganho pessoal a fim de compartilhar relacionamentos íntimos. Faz isso por gostar de companhia e está sempre pronto a colaborar de uma forma ou de outra com as pessoas. Por tal motivo os relacionamentos são construídos com bases sólidas e profundas, que muitas vezes duram a vida toda devido à lealdade. Esta lealdade se dá porque os Azuis continuarão sendo amigos mesmo nos momentos ruins e quando compreendemos a profunda dedicação de um Azul, é fácil entender porque o bom ou mau momento tem pouco impacto na lealdade que ele carrega.

Por terem autodisciplina tornam-se estáveis e previsíveis diante dos olhos de outras personalidades dando a sensação de segurança; por isso pessoas mais sensíveis e fragilizadas gostam de estar ao lado de um Azul por saberem que sempre serão compreendidas.

Com raras exceções os Azuis pensam nos outros antes de pensarem em si mesmos e enchem de amor a vida daqueles com quem têm contato por serem grandes prestadores de serviço. Fazer algo pelos outros lhes traz enorme satisfação por valorizar o próximo e sentirem que estão aqui neste mundo para fazerem algo mais do que simplesmente receber um salário.

Percebo ao longo do meu trabalho que os Azuis vivem intensamente uma paixão, os relacionamentos íntimos e estão sempre oferecendo encanto e beleza à vida, porém falta alegria pelo excesso de responsabilidade que eles carregam e quando você encontrar uma Mãe com sua filhinha na praça e enquanto a criança brinca esta Mãe está lendo, saiba que está diante de uma Mãe Azul, porque um Azul é empenhado no desenvolvimento pessoal e estão sempre absorvendo o tempo com afazeres e crescimento, crescimento, crescimento.

Tudo de bom essa Personalidade Azul, não é? Porém vamos olhar para as limitações que o Azul carrega como todo ser mortal na face do Planeta Terra.

Por serem emocionais às vezes os Azuis são controlados pelas próprias emoções ou então durante a vida toda. Talvez seu ponto vulnerável seja as emoções descontroladas. Eles querem tanto sentir que são amados que buscam constantemente a compreensão dos outros, ao mesmo tempo em que recusam entender a si mesmos.

Está vendo ao seu lado uma pessoa que lê livros de auto-ajuda constantemente? Ah!!! Saiba que provavelmente está diante de uma personalidade azul.

Os Azuis são freqüentemente vítimas de depressão por deixarem o coração comandar a mente no momento lógico da vida; por tal motivo tornam-se extremamente críticos consigo mesmos, exigindo perfeccionismo em tudo o que fazem... e o pior, em tudo o que pensam. Eles não exigem perfeccionismo dos outros porque afinal quem não pode falhar são eles e tampouco esperam que os outros atendam seu nível de exigência por serem personalidades com muita dificuldade em sentir que estão satisfeitos.

A insegurança faz uma personalidade azul ocultar até mesmo seus talentos criativos e habilidades porque temem que não sejam bons suficientemente. Isso é uma grande infelicidade porque os Azuis são muito talentosos e talvez a mais criativa de todas as personalidades. No entanto, são inseguros e com freqüência temem a possibilidade de rejeição se exibirem sua invejável criatividade e talentos.

O interessante de uma Personalidade Azul é que elas não dizem exatamente o que querem e magicamente acreditam que os outros pensam da mesma maneira que elas e produzirão os mesmos resultados ou então dará a elas o desejado. Mas se você não disser o que quer, como o outro vai adivinhar?

Por se doarem demais eles têm muita dificuldade em perdoar; parece irônico isso, não? Para identificar um azul num grupo basta perguntar quem lembra de coisas ruins que aconteceram na infância. Isso mesmo! Enquanto uma personalidade vermelha berra, esbraveja e depois tudo bem, uma personalidade azul não reage diante duma situação e guarda tudo para si mesma e se culpa por ter protegido a pessoa, por ter feito demais por ela, etc; mas, afinal, quem pediu para ser tão protegido por um azul?

Portanto, se você identificou-se parcialmente com a personalidade azul lembre-se que:

- ajudar o outro é uma dádiva, mas proteger excessivamente é um fardo.
- ser uma pessoa sensível é maravilhoso, mas o excesso pode criar caos e desgaste desnecessário.
- estabeleça seus limites permitindo-se viver também a sua vida; desta forma evitará uma grande crise existencial.
- deixe de personalizar seus relacionamentos com outros, assim deixará de sofrer e não se sentirá traído por ninguém.
- permita-se mais, afinal, a vida também é alegria. Já imaginou se estivéssemos aqui apenas para aprender? Com certeza não sobraria tempo para desfrutarmos das nossas conquistas.
- estabeleça um tempo (15 minutos por dia) para preocupar-se com as coisas; passados os 15 minutos deixe as preocupações de lado.

Vamos lá! Exercite-se porque, afinal, você não nasceu para carregar o fardo das pessoas e, sim, para ser Feliz. Eu acredito em você!

Namastê.

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 78

foto-autor
Sobre o Autor: Trovo Terapias   
Consultora em desenvolvimento pessoal e profissional. visite o site: www.trovoterapias.com.br
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Não se trata do que eu devo nem do que eu quero...
artigo Infeliz
artigo O sagrado
artigo Tenha uma vida afetiva abundante

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa