auravide auravide

Servir Sem Cessar



Máximas em favor do Servir:

"Quando a Divina Providência nos apresenta alguém para auxiliar, é muito possível que esse alguém, sob o nosso amparo, se transforme na chave ideal para a solução de nossos problemas."
Emmanuel, por Chico Xavier.

"Não atires as jóias cintilantes da sabedoria ao ignorante, mas não te esqueças de oferecer-lhe a benção do alfabeto, para que diminua a miséria espiritual do mundo, desde hoje."
Emmanuel, Reformador, 10/953

"Sai, cada dia, de ti mesmo, e busca sentir a dor do vizinho, a necessidade do próximo, as angústias de teu irmão e ajuda quanto possas. Não te galvanizes na esfera do próprio "eu".
Emmanuel, Reformador, 1/953

Existe uma infinidade de trabalhos dentre os quais o servir ganha uma dimensão infinita. Enquanto a natureza não se acomoda em sua incessante e diversificada manifestação, nós nos quedamos inertes por puro comodismo, cansados das lutas que travamos cotidianamente, no trabalho, no trânsito, em casa e em várias outras atividades em que centramos nossa atenção diária. Por termos enfrentado certos encargos que nos garantem o bem estar material não estamos desobrigados de outros que irão beneficiar pessoas mais ou tão necessitadas que nós.

Trabalhar e ajudar procurando doar amor, paciência, humildade, fraternidade, é sempre caracterizado como princípio de evolução. Ajudando os nossos irmãos estaremos, sim, nos ajudando. E muito! Seremos os maiores beneficiados com esses trabalhos. Não vamos nos permitir dar tréguas ao desejo de ajudar, de consolar, de ouvir, de compartilhar, de fazer, um pouco que seja, a diferença. Se pararmos para pensar, somos nós que estamos abrindo nossas mentes para as realidades maiores do mundo que temos que agir, pois, há ainda muita coisa para fazer em prol de uma vida melhor e de uma humanidade menos sofrida.

O campo é fértil e farto, já que estamos atravessando fases de renovação em nosso planeta, onde qualquer ato de fraternidade e amor faz uma grande diferença. A humanidade precisa melhorar sua condição íntima e essa melhoria deve começar primordialmente em nós mesmos. Atentemos para a fase de transição por que passa nosso Planeta e nos postemos à guarda, como sentinelas, prontos para a defesa e ajuda quando convocados pelas forças maiores que estão por toda parte, a nos intuir e incitar à ação, ao trabalho de reconstrução de um mundo melhor. O importante é doar, é ajudar na partilha, é ter solidariedade, é compartilhar seja o que for: o saber, a experiência, a paciência. Não nos fechemos em nosso confortável comodismo. Saiamos, vamos tentar levar a mensagem que o Cristo há mais de 2000 anos nos deixou para guiar nossos passos.

Quando nos quedamos a considerar nossa condição humana vemos que o cenário que nos surge à frente é assustador. São problemas de toda a ordem, flagelos naturais e morais, aflições, desesperos, condições lamentáveis de sobrevivência física e moral, golpes da ingratidão e desamor, além de muitas provações e expiações que conseguem deixar inertes e mergulhados no sofrimento muitos daqueles que lhes estão sob o jugo. O que fazer então para minorar-lhes os efeitos, se não pudermos extirpar sua causa?

Comecemos, procuremos, vamos fazer o que está mais ao nosso alcance, não nos deixemos ficar inertes, na indiferença e descaso com nosso semelhante. Por onde começar? Nos asilos, nas creches, nos hospitais e em muitos outros lugares destinados àqueles mais necessitados existe uma grande falta de trabalhadores. Há a necessidade da ajuda e compreensão de todos nós para que possamos chegar a uma sociedade mais justa e mais humana, pois os recursos são escassos e a doação de um pouquinho de nosso tempo para servir ao próximo, assim como nos ensinou Jesus, é de uma importância inestimável. Se administrarmos bem o nosso tempo, poderemos incluir nele um trabalho voluntário, que não precisa ser necessariamente em hospital, asilo ou creche. Tem muitas escolas precisando de ajuda, muita gente solitária, imersa em si mesma, necessitando de palavras de carinho e de sentir a presença de alguém, nem que seja por alguns minutos.

O interessante é que quando nos dispomos a escutar as pessoas nos enriquecemos por dentro e aprendemos o valor da paciência. Visitando um asilo, por exemplo, como tem valor saber ouvir o desabafo de quem ali está, muitas vezes sem a visita de familiares e amigos, precisando tão somente conversar, saber que alguém se interessa por ele, pelo que sente e pelas histórias que conta de seu passado! Mas para que isso aconteça é necessário que exista esse alguém disposto a ouvi-lo. Esse é apenas um exemplo dentro da vastidão de trabalhos sociais que espera por mãos operosas para tal labor.

Todos nós podemos servir. De um jeito ou de outro, buscando a melhor maneira de servir dentro de nossas limitações. Com boa vontade, paz de espírito e disposição para ajudar, podemos fazer, muitas vezes, de nosso sofrimento um alívio, já que estaremos colocando em prática a máxima que nos ensinou Francisco de Assis: ”É dando que se recebe”. A doação através da palavra é valiosa, penetra mentes e corações sofridos aliviando-os de seus pesares. Mas, a doação da presença junto a irmãos sofredores tem um valor inestimável, pois o sentir, o abraço, o calor do ombro amigo, faz muita diferença para as pessoas mais sofridas, chegando mesmo, muitas vezes, a levantar-lhes o ânimo.

Então, vamos procurar ajudar no que estiver ao nosso alcance. Sirvamos com amor àquele que mais necessita. Procuremos trabalhar, compreender, elevar e construir. Quando nos dispomos a fazer algo em prol do próximo, recebemos de Deus, cada vez mais, bênçãos de muito amor e paz. Enfim, como nos diz Emmanuel: ”Caridade é uma palavra tão simples quanto as outras, mas se for traduzida em ação, será sempre uma luz no caminho.“

Paz e Luz a todos.

Texto revisado por Cris
Publicado dia 17/4/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 16




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa