auravide auravide

Signo de Aquário

por Camila de Carvalho Colaneri

Publicado dia 1/2/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


O signo de Aquário, pertencente ao elemento Ar e regido por Urano, é o ápice do desenvolvimento mental. Ele não copia; ele cria o novo. O símbolo do signo é um homem segurando uma ânfora, jogando a água da sabedoria no oceano da vida. É o saber divino que ultrapassa o saber comum.

O ideal de liberdade está associado a Aquário. É interessante notar que um pouco antes e logo após a descoberta do planeta Urano, em 1781, suas vibrações começaram a refletir no inconsciente coletivo dos seres aqui da Terra e tivemos alguns acontecimentos significativos de busca dessa liberdade: 1776 - Declaração dos Direitos do Homem nos Estados Unidos da América; 1789 - Revolução Francesa e Inconfidência Mineira no Brasil.

Os aquarianos buscam a liberdade tanto no campo mental - inovando, criando, prevendo as atitudes futuras - como no campo afetivo - preferindo viver a amizade à paixão. Eles sabem que evoluir é se tornar mais leve, reavaliar preconceitos e tabus, abandonar velhos hábitos e opiniões inflexíveis e romper com padrões impostos. Justamente por isto também são taxados de rebeldes.

Eles adoram suas próprias idéias, detestam quem é “maria-vai-com-as-outras”. Atraem-se por assuntos inovadores, tecnológicos, científicos, excêntricos e a mente parece estar sempre ocupada. A capacidade mental dos aquarianos é muito desenvolvida e o raciocínio e a lógica fluem naturalmente.

Com a mente sempre ativa e sendo filhos de Urano, um planeta de energia intensa, eles têm que tomar cuidado com o nervosismo e a falta de paciência. Eles sentem que já sabem as respostas porque já as anteviram e com isso podem acabar ficando intolerantes.

São extremamente lógicos procurando sempre por respostas lúcidas e que atendam à sua mente racional. Deveriam também dar um pouco mais de vazão à intuição e às coisas que nem sempre passam pela mente. Assim deixariam a vida fluir com mais tranqüilidade.

Saturno é o co-regente deste signo. Assim, encontraremos aquarianos com uma mente mais cartesiana e pragmática. Eles se prendem muito às idéias inovadoras e vão contra os padrões estabelecidos. Em contrapartida, podem ficar reféns dessas mesmas idéias e terem dificuldade de aceitar outros conceitos que não sejam os seus. Este é o lado mais contraditório dos aquarianos: ao mesmo tempo em que são abertos às inovações, que não têm preconceitos e são ecléticos, também se prendem ao que eles acham que é certo, querendo que os outros aceitem e entendam suas opiniões.

Eles certamente têm o dom de ver adiante das pessoas, mas devem entender que talvez tenham que esperar um pouco para que as outras pessoas possam se adaptar a tanta novidade ou a conceitos tão inovadores. Este é o grande paradoxo: querem impor sua maneira de pensar, mas não querem ser obrigados a nada.

Aquarianos são os melhores amigos do zodíaco. Eles são amigos ideais: sempre presentes, prestativos, não cobram a amizade, são acessíveis, leais, confiáveis e sempre dispostos. Para eles, muitas vezes as amizades podem ser mais importantes que o amor. Aliás, eles não são nada passionais, encontrando dificuldade de definir o que é o amor.

No amor gostam de pessoas com quem possam trocar idéias. Este é o requisito fundamental. Amor tem que vir com amizade; só assim ele durará. A princípio podem fugir de um compromisso mais sério, mas depois percebem que não gostam de viver sozinhos. Aí escolhem alguém que admiram muito, mas que não interfira no seu jeito de ser.

Quem convive afetivamente com um ser de Aquário deve saber que ele/ela terá altos e baixos,momentos em que quererá estar com você e momentos em que vai querer se isolar. É preciso ter tranqüilidade e auto-estima, já que eles não são muito românticos e nem gostam muito de ficar bajulando ninguém. Eles podem amar muito, mas sempre de uma forma mais comedida. Para eles este não é um campo muito fácil, pois como explicar o amor através da mente, se amor é sentimento?

Ele vive melhor com quem admira e quando percebe que aquela pessoa em que está interessado é na realidade também um excelente amigo/a, aí sim se abre e solta o amor que está dentro dele. Caso contrário vai embora, pois não fica numa relação só pela aparência ou para não ficar sozinho.

Aquarianos precisam de independência e nem tente prender um aquariano. Aí sim ele foge! Quanto mais acuado ou pressionado ele for, mais rebelde ele fica. E pode adotar medidas imprevisíveis.

Apesar de terem um lado individualista, pois não aceitam que se interfira em suas vidas, eles têm também um lado muito solidário e humanitário. Não se exibem como os bonzinhos da vez; apenas fazem, atuam, muitas vezes sem que se saiba. Gostam de dar oportunidades para as pessoas e não de gerar dependência. Fornecem o anzol, não o peixe.

Aquarianos podem ter, na via negativa, o famoso espírito do contra, com um poder especial de contestação, negando o que foi dito pelas pessoas. Isto é causado muitas vezes por seu sistema nervoso delicado. Aí ficam implicantes, provocadores e num campo mais amplo, revoltados e causando desordem.

Aquarianos não gostam de viver na mentira, de regras rígidas, de ostentação e vaidade exacerbadas, formalismos, etiquetas, autoritarismo, nostalgia, monotonia, rotina, indolência e falta de atitude.

Deveríamos nos inspirar na qualidade da amizade fornecida pelos aquarianos e amar nosso próximo sem preconceitos e julgamentos. E que o ar de liberdade e inovação que eles trazem nos invada!

Período: de 21 de janeiro a 19 de fevereiro
Regente: Urano e Saturno
Polaridade: Yang
Elemento: Ar
Símbolo: Homem com ânfora
Metal: alumínio/urânio
Pedra: ametista
Cor: roxo
Frase: Eu sei
Palavra: Liberdade
Anatomia: tornozelo, pernas, medula óssea, sistema nervoso, circulação.
Atividades: cientistas, engenheiros eletro-eletrônicos, instalações elétricas/telefonia, informática, inventores, astrólogos, arquitetos.
Filmes: Blade Runner, 2001 - Uma Odisséia no Espaço, Matrix, Jornada nas Estrelas
Aquarianos famosos: Bob Marley, Júlio Verne, James Joyce, Tom Jobim, Charles Darwin, Franklin Delano Roosevelt, Paul Newmann, Baden Powell, Abraham Lincoln, Mozart, Leonel Brizola, Betty Friedmann, Bertold Brecth.

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 30

foto-autor
Autor: Camila de Carvalho Colaneri   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Qual é a sua ambição?
artigo Porque estamos novamente falando da Era de Aquário?
artigo O Universo num Corpo Humano
artigo A noite escura, de são joão da cruz

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa