auravide auravide

Simbiótica relação



Da Luz surge um ponto luminoso,
minúsculo, imperceptível ainda.
Invisível ao olhar humano,
mas repleto de fluídica energia.

O ponto em simbiose perfeita
vai crescendo, desenvolvendo,
alimentado pela fonte do prazer
que tudo supre e sacia.

E a vida surge magnífica,
definindo detalhes, contornos, sutilezas.
Como se a natureza fosse uma pintura,
uma obra de arte de extrema beleza.

Rapidamente o ponto vai tomando formas,
Magicamente virando feto-criança.
Transformando-se em corpo de homem/mulher,
a criação divina em forma humana.

E a vida acontece...
com todo o seu esplendor,
para o ser que nasce, renasce
em busca de nova oportunidade no amor.

Na simbiótica relação maternal
onde sentimentos nobres
dão o tom afetivo, amoroso
para o mútuo crescer consciencial.

Porque mais adiante quando adulto
na encruzilhada da vida,
ele consiga dar passos confiantes, seguros
e não percorrer caminhos tortuosos.

Para quando o crepúsculo da vida chegar,
ele possa de coração afirmar:
eu tive uma mãe querida
que me amou e que sempre hei de amar.

08/05/2007

Texto revisado por Cris
Publicado dia 8/5/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10



foto-autor
Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: flavio01bastos@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa