auravide auravide

Tá estressado? Conheça algumas dicas!

por Carolina Staibano Alves

Publicado dia 31/5/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


O estresse é o resultado de uma reação que o nosso organismo tem quando estimulado por fatores externos desfavoráveis. Não é necessário que aconteça um sobrecarga exagerada para começar um estado de estresse. Na maioria das vezes existe um acúmulo de pequenos fatores que somados produzem uma grande sobrecarga em nosso organismo.

Dizemos que existe um certo nível de estresse que é normal e até importante para a defesa do organismo, ao qual denominamos de eustress. O estresse prejudicial à saúde, que ultrapassa os níveis normais, é chamado de distress.

Podemos perceber também que estamos passando por um período de distress quando ocorrem diminuição do rendimento no trabalho, erros, distrações, insatisfação com tudo, piora na organização, adiamento e atrasos de tarefas, perda de prazos, insônia, sono agitado, pesadelos, irritabilidade, explosividade, diminuição da concentração e da memória.

A longo prazo o mau estresse pode trazer sintomas como cansaço, ganho ou perda de peso, infecções, gripes e outras viroses - por exemplo, herpes - aumento da pressão arterial, dores de cabeça, dores musculares, dores “de coluna”, má digestão, gastrites, úlceras, acne, pele envelhecida, rugas, olheiras, diminuição da libido e impotência sexual.

Existem algumas formas mais naturais de controlar o estresse. Uma delas é a alimentação. Evite cafeína, enlatados, excesso de açúcar e derivados do leite, sal em excesso, alimentos ricos em gordura, chocolate e café. Esses alimentos podem agravar o estresse.

Quando alguém come um doce, por exemplo, o nível de glicose no sangue aumenta muito rapidamente. Com isso o pâncreas secreta mais insulina do que o normal. Em excesso, a insulina acaba retirando mais açúcar do sangue do que deveria, provocando uma hipoglicemia reativa. Essa baixa na taxa de açúcar é prejudicial ao cérebro porque sua energia primária depende da glicose. Assim, duas horas depois de ingerir o doce, a pessoa pode experimentar irritação e ansiedade. Num círculo vicioso, passa a desejar mais açúcar - para recuperar os níveis de glicose anteriores.

Os alimentos, principalmente as frutas, verduras e legumes, contêm agentes antioxidantes tais como as vitaminas C, E e A, a clorofilina, os flavonóides, carotenóides, curcumina e outros que são capazes de restringir a propagação das reações em cadeia e das lesões induzidas pelos radicais livres produzidos em maior quantidade quando estamos estressados.

Alimentos como a banana, alface, frutos do mar, espinafre, jabuticaba, laranja, ovos e uvas também são muito indicados para aqueles que passam por períodos de estresse.
Outra alternativa bem legal é fazer o uso da hidroterapia associada à fitoterapia. Para isso, criei alguns banhos especiais. Esses banhos podem ser feitos na banheira ou colocando-se as ervas dentro de um saco de pano e amarrando-o no chuveiro para a água cair sobre ele. Caso opte pelo banho de banheira, é melhor fazer um chá com as ervas e juntar à água do banho.
a) Calmante: pétalas de rosas brancas, flores e folhas de lavanda, quartzo branco.
b) Energético: folhas de alecrim, cravos, quartzo verde.
c) Estresse emocional: flores de camomila, pétalas de rosas brancas, quartzo rosa.
d) Estresse mental: folhas de hortelã, sodalita, alecrim.

Os travesseiros aromáticos também ajudam a relaxar e proporcionam um bom sono. Dica: travesseiro de macela, lavanda, eucalipto.

A meditação, se não for a melhor, é uma das mais importantes formas de se controlar o estresse. Fique alguns minutos prestando atenção apenas em sua respiração. A cada inspiração imagine que uma luz azul penetra em suas narinas e relaxa todo seu corpo. A cada expiração sinta que as tensões são liberadas e você se sente cada vez mais leve. Durante esse exercício conserve um semblante delicado, com um leve sorriso. Nosso cérebro guarda na memória que sorrimos quando estamos felizes e o fato de mantermos essa expressão nos trará grande paz interior!

Bom, estas são algumas dicas simples, mas muito eficazes se forem levadas a sério.

Paz profunda a todos!

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5

foto-autor
Autor: Carolina Staibano Alves   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa