auravide auravide

TANTRA - Uma experiência de sensibilidade ao amor



Amor é a disponibilidade de viver o processo formativo e ajudar os outros a viver o deles. É essa disponibilidade de agir com interesse, compartilhar, prover satisfação e estar conectado. É se mover e compartilhar dos processos da vida. É o dar a nossa abundância bioquímica, para expandir e respirar novas possibilidades.
Em certos casos, pode envolver negar a nós mesmos, nos retrair e não compartilhar, mas permitir que os outros expressem a si mesmos.
O amor, à medida que floresce e viceja, compartilha sementes com outras vidas, como parte do grande continuum da existência. S Keleman

Você compartilha com seu parceiro suas necessidades?
Sabe o que o outro gosta e quer?
Você acredita que sua sexualidade está separada de como você vive: seu trabalho, sua forma de sentir, pensar e agir?

Você percebe o quanto sua vida é afetada pelo que você "acha"?
Tuas idéias de homem-mulher, certo-errado, bonito-feio, gosto-não gosto...

O quanto você realmente se permite viver a “intimidade”?
Você realmente sabe o que é afeto, amor, carinho?
Você pode encarar os desafios da vida com clareza?
com confiança?
e força?
Você pode dizer sim com todo seu coração?
Você pode dizer não com amor?
Você pode comemorar sua natureza como um homem ou uma mulher?

O Tantra é uma ciência milenar, porém muito atual, pois se mantém em movimento. Na verdade, é uma rede de informações e conhecimentos que auxiliam o ser humano a se conhecer melhor e a partir deste autoconhecimento, poder se apropriar de sua própria vida, emoções e sentimentos e assim compartilhar com os outros.
O Tantra é muito mais do que simplesmente um conjunto de técnicas ou rituais para melhorar o desempenho sexual. O Tantra é um processo de transformação onde você supera os antigos limites impostos e se abre para realmente se conhecer, “des-construindo” o antigo e construindo o próprio caminho, ganhando mais espontaneidade, mais liberdade para ser você mesmo, ter ferramentas e capacidade para estar em constante evolução.

A ciência do tantra

O Tantra é ciência, e não filosofia. Entender a filosofia é fácil, pois apenas o seu intelecto é requerido. Se você puder entender a linguagem, se puder entender o conceito, poderá entender a filosofia. Você não precisa mudar; nenhuma mudança é exigida de você. Assim como você está, você pode entender a filosofia, mas não o Tantra. Para entendê-lo você precisará de uma mudança... ou melhor, de uma mutação. A menos que você esteja desejoso de passar por uma mutação, você não compreenderá pois o Tantra não é uma proposição intelectual, mas uma experiência. Somente quando você estiver receptivo, disposto e vulnerável à experiência virá até você.
Osho

Para saber mais, visite o site da Companhia do Ser e conheça os cursos e terapias em atendimentos individuais - www.ciadoser.org

Texto revisado por: Cris
Publicado dia 18/3/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 11




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa