auravide auravide

Uma planta pode desmaiar? Ou Não...

por Wilson Francisco

Publicado dia 22/10/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


dê cambalhotas de tanto rir, isto pode ser verdade!

Toda árvore e as plantas em geral são uma fonte de forças ativas. O contato com elas pode nos enriquecer de energias novas e nos transmutar internamente. Elas têm como função universal serem as mediadoras entre a Terra e o Céu, enquanto o ser humano é o intermediário entre o Céu e a Terra.

Segundo Matias Diego, há uma constante troca de energia entre as plantas e o homem, seja ao contemplar uma flor, ao cultivar uma planta em casa ou levá-la junto ao corpo. Daí talvez o velho hábito de carregar um galhinho de arruda atrás da orelha para afastar mau-olhado. E para quem pensa que esse costume seja coisa de macumbeiro ou ainda como uma atitude mística, desprovida de inteligência, quero informar que a arruda cujo nome científico é Ruta graveolens, era usada na Antigüidade por gregos e romanos, contra doenças e também na proteção contra os maus fluidos.

Este pesquisador lembra que as plantas podem até mudar o humor das pessoas. "Mas é preciso haver uma intenção de quem utiliza a planta. Tudo depende do que cada um sente. Não existe energia boa ou má. As plantas são apenas seres abertos para contatos profundos."

Uma cliente tinha dificuldades na concentração e visualização, recomendei que ela se imaginasse próxima, quase tocando num eucalipto, quando iniciasse a meditação e ela me informou o seguinte: “visualizei um eucalipto e senti como se todo o meu corpo se esticasse e acompanhasse o tronco e ramos da dita árvore, fundindo-me nela, depois apareceu nesse mesmo mundo, que eu chamo etéreo, lindas flores muito miudinhas de cor violeta que iam duma ponta a outra do horizonte, como se volitassem no ar”.

Um policial americano de nome Cleve Backster, autor do livro A Vida Secreta das Plantas, especialista em detecção de mentiras na polícia de Nova York, decidiu ligar as folhas de uma dracena (Dracaena massageana) a um galvanômetro, aparelho que mede as oscilações causadas pela emoção nas células nervosas do ser humano. Convidou três cientistas para examinar a planta. Diante dos dois primeiros, nenhuma reação, mas quando entrou o terceiro, cuja especialidade era o carbono (ele queimava plantas para realizar suas pesquisas) a planta “desmaiou”, de acordo com o que indicou o galvanômetro.

Isso quer dizer que o cientista é mau? Não, mas a planta registrou o que estava em sua atmosfera e nela estava impregnada a atitude dele de queimar plantas. Essa ocorrência serve também para que tenhamos cuidado quando julgamos alguém, pode ser que a pessoa que estamos julgando, pelo que sentimos, apenas pode estar trazendo em sua atmosfera aquela energia, porque esteve em algum lugar ou com pessoas que eram portadoras de energia daquele tipo. Ou ainda, ela pode ter tido esse tipo de atitude em vidas passadas, mas agora pensa diferente, embora traga resíduos daquele tipo de forma-pensamento.

O meu filho é uma criança muito sensível, diz uma amiga. Ontem minha sogra o levou a um Centro Espírita, estava recebendo um tratamento, graças a Deus ficou bom e foi lá para uma revisão. Ele voltou de lá muito nervoso, choroso e eu tive a impressão de estar alguém próximo dele. Chorava muito. Fiz orações em voz alta, recitei o Salmo 23 e dei um banho nele para que se acalmasse. Naquele momento, pude ver vagamente um Espírito de aparência estranha que estava ali. Depois da prece e do banho, essa imagem desapareceu e eu fiquei na janela olhando as árvores e ninando-o para que ele adormecesse.

Num dado momento, tive a impressão de sentir que as árvores se aproximaram tanto de nós a ponto de nos abraçar por inteiro e nos encher de alento e da misericórdia de Deus. Foi um momento único. Elas se aproximaram, nos abraçaram e sussurraram palavras doces de carinho e consolo. Fiquei ali embalando o meu filho e assim ele adormeceu.

Com certeza os incrédulos de plantão vão dar cambalhotas de tanto rir, porque não aceitam que uma árvore pode nos abraçar, que o eucalipto não é capaz de facilitar um processo, afinal são plantas, seres inanimados. Desmaiar, então, nem pensar.

Pois bem, D. Maria é evangélica, chegou em casa e se espantou com o estado em que se encontravam suas violetas, todas despencadas, quase mortas. Ela ama suas plantas de paixão, como se diz. Não se conteve, acocorou-se defronte delas e falou carinhosamente com cada um, tocando levemente suas folhas, como faz com seus netos e bisnetos. Ficou ali orando e olhando-as com afeto. Entrou em sua casa e foi descansar. Duas horas depois, foi observar suas queridas plantinhas. Riu intensamente, quando viu que suas violetas estavam todas empinadinhas, viçosas e muito lindas. Que milagre será esse? Ou será um efeito natural, causado por um intenso amor dedicado a estes seres que ainda não são inteligentes, mas que sentem o nosso ódio ou amor! E como sentem.

Há também os casos em que a pessoa e sua casa se encontram com energia negativa, contaminada, por acirradas disputas e discórdias. Nessas situações, é recomendável a utilização de plantas de proteção e limpeza e os resultados sempre são excelentes. Após o processo, indico que a planta, quase sempre murcha depois desse ato de abnegação e sacrifício, seja homenageada, com um funeral simbólico.

Pode ser feito assim, o funeral: Coloque o que restou da planta num papel de presente, utilize um fita prateada para atar o embrulho e faça uma oração de gratidão, visualizando-a sendo recebida pelos anjos e mestres do Universo e coloque o embrulho no recipiente de lixo.

Algumas árvores, bem conhecidas têm, no sentido energético, funções específicas e importantes. A figueira, por exemplo, é protetora das crianças; seu fruto contém as forças ocultas do Sol; o figo desenvolve o éter sexual, enquanto o carvalho é uma fonte de proteção espiritual e nele habitam os Espíritos. Os druidas realizavam cultos nas sombras do carvalho e acreditavam que os Espíritos se comunicavam com eles, através das folhagens.


Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 232

foto-autor
Sobre o Autor: Wilson Francisco   
Terapeuta Holístico. Desenvolve processo que faz a Leitura da Alma; Toque Quântico para dar qualidade à circulação e aos campos vibracionais; Purificação do Tronco Familiar e Cura de Antepassados para Resgatar, Atualizar e Realizar o Ser Divino que há em você. Agendar pelo WhatsApp 011 - 959224182 ou pelo email [email protected]
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa