auravide auravide

Vínculos indestrutíveis

por Flávio Bastos

Publicado dia 8/3/2008 em Autoconhecimento

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Ponte é uma passagem que estabelece a conexão entre dois pontos. Porém, conforme o ponto de vista, ponte pode significar muito mais do que um conceito básico e primário. Basta para isso que analisemos com um outro olhar o seu simbólico e profundo significado.

Charlie Brown Jr., em sua bela composição denominada "Pontes indestrutíveis", estabelece com muita lucidez essa "travessia" da ponte na busca de um novo rumo para que a vida faça sentido.

Buscando um novo rumo
que faça sentido
nesse mundo louco,
com o coração partido,
tomo cuidado
para que os desequilíbrios
não abalem minha fé,
para que eu possa enfrentar
com otimismo essa loucura...


Sentido de vida que não menospreze a verdade, o dever, o discernimento, a consciência e a valorização da própria vida.

Os homens podem falar,
mas os anjos podem voar.
Quem é de verdade
sabe quem é de mentira.
Não menospreze o dever
que a consciência te impõe,
não deixe prá depois,
valorize a vida...


Ao atravessar a ponte, reforçar sentimentos puros... de paz, de amizade... "rompendo a sombra da própria loucura".

Resgate suas forças
e se sinta bem
rompendo a sombra
da própria loucura.
Cuide de quem
corre do seu lado
e de quem te quer bem.
Essa é a coisa mais pura...


Violência, corrupção... mundo cão. No entanto, do outro lado da ponte... a percepção, a consciência da própria transcendência.

Fragmentos da realidade,
estilo mundo cão.
Tem gente que desanda
por falta de opção.
E toda fé que eu tenho,
eu tô ligado
que ainda é pouco.
Os bandidos de verdade
tão em Brasília tudo solto.
Eu faço da dificuldade
a minha motivação,
a volta por cima
vem na continuação.
O que se leva dessa vida
é o que se vive,
é o que se faz.
Saber muito é muito pouco.
"Stay Will", esteja em paz...


Sentir-se centrado na Luz, no bem... no eu verdadeiro que supera o individualismo que cega para os verdadeiros valores da vida.

Que importa é se sentir bem,
que importa é fazer o bem.
Eu quero ver meu povo todo
evoluir também.


De um lado da ponte o paraíso perdido... a ilusão. Do outro lado, a busca do equilíbrio, da valorização das coisas simples e do amor que constrói vínculos indestrutíveis.

Difícil é entender
e viver no paraíso perdido,
mas não seja mais um iludido,
derrotado e sem juízo.


Então!

O amor é o jeito das pessoas comunicarem-se umas com as outras, criando vínculos indestrutíveis de comunhão orgânica.

Psicanalista Clínico e Interdimensional.
flaviobastos

Texto revisado por Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 14

foto-autor
Sobre o Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa