auravide auravide

Vivências



Sou Ephigenia. Depois de visitar o site de vários colegas terapeutas, no Clube STUM, percebi que realmente minha vida anda bem em câmera lenta.

Casei-me em 1961, aos 27 anos, solteirona para os padrões da época. Fui primípara (nota da revisão: = mulher que pari pela primeira vez) idosa, aos 28, também segundo os mesmos padrões. Fui morar na Europa [meu marido era europeu] e aprendi a falar francês aos 34 anos, para não ficar isolada do mundo. Retornei ao Brasil 4 anos depois por razões pessoais. Aos 53 anos fui novamente morar naquela terra sem sol, para acompanhar os filhos adolescentes.

Profissional na área de saúde não me foi difícil conseguir emprego, já que possuia dupla nacionalidade pelo casamento. Nessa época fui obrigada a aprender a falar alemão pela força das circunstâncias. Aos 58 anos tirei carta de motorista para obter o que chamo "autonomia de vôo", já que meu marido estava sempre cansado para sair de casa.

Minha vida, porém, não foi só um mar de rosas. Meus dois filhos mais velhos resolveram ser hippies e se envolveram no mundo das drogas, o que, na época, era um horror e CULPA ABSOLUTA DA MÃE, incapaz de educar seus filhos. Entrei em depressão grave e mandei os filhos para os psicólogos, até que uma grande e querida amiga me disse: "Vá se cuidar você, para aprender a lidar com esse problema". Foi então que comecei minha caminhada no Kardecismo, filosofias reencarnacionistas, passando pelo budismo e outras tantas filosofias orientais como o Reiki, o xamanismo e tantas outras. Até que encontrei a terapia de regressão de memória [sem hipnose] que me mostrou o caminho do amor incondicional.

Gostaria de mostrar aos meus contemporâneos que sempre é tempo de começar a viver. Sou uma jovem nascida no signo de Gêmeos, em 1933. Faço aconselhamento para jovens e não tão jovens. Aplico Reiki e sou facilitadora em regressão de memória sem hipnose. Freqüentei um curso de Florais de Bach, freqüento atualmente Metafísica da Saúde. Leio muito e continuo aprendendo para a dar a quem me procura um atendimento personalizado, dentro da filosofia de vida de cada um. Nunca é tarde para recomeçar e sempre é tempo para o crescimento espiritual e emocional, lembrando sempre que a vida acontece HOJE.

Dizem que este artigo tem cunho muito pessoal, mas justamente quero mostrar às pessoas que se sentem velhas, que é sempre tempo de recomeçar, melhor dizendo, a vida é um eterno recomeço, já que não existe passado nem futuro. HOJE é sempre o momento exato para VTVER.

Texto revisado por Cris
Publicado dia 13/7/2007

  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa