auravide auravide

Você sabe ter paz?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Muitas vezes, paz é deixar de insistir em algo, mesmo que você esteja certa(o). É sair do enfrentamento e dar um passo para o lado, parar de brigar contra o sistema e criar uma nova forma de viver, paralela ao sistema que já está aí. Quanta energia você perde lutando contra o sistema ou pelo que acha justo? É importante lutar, brigar por direitos e pelo que é justo? Claro que é! Mas existe um limite. Quando sentimos que estamos dando murro em ponta de faca e, mesmo fazendo tudo que podemos, as coisas não andam, talvez o caminho seja outro. Isso vale para questões maiores e menores.

Por exemplo, quando falamos de sistema social, político etc., nossa ação é limitada por toda uma estrutura. Brigar contra um sistema mais forte que nós, gastando toda nossa energia nisso é o que o sistema quer, porque vamos perder e, enquanto isso, a luta nos enfraquece. Enquanto gastamos nossos esforços e toda a nossa energia em tentar derrubar um sistema maior que nós, perdemos tempo e não tentamos criar nada de novo que possa vir a substituir o sistema falido.

Quanto mais gastamos todas as nossas energias em ir contra algo, em vez de utilizarmos nossa força para construir o que queremos, mais alimentamos o outro lado.
Vale lutar e fazer tudo o que podemos para combater as injustiças do sistema e para defendermos nossos direitos? SIM, claro que vale, MAS, a partir do momento em que já fizemos nossa parte e em que essa luta começa a drenar nossa energia e nos enfraquecer em vez de produzir resultados, talvez seja hora de parar. E de mudar de tática.

Se eu não consigo mudar o sistema, o que eu posso fazer para amenizar as desigualdades, por exemplo? Como posso ajudar pessoas em uma situação menos favorecida que a minha? Como posso melhorar as condições dentro do que o sistema me permite e buscar um mínimo de tranquilidade? Perceba que não se trata de abandonar os ideais, e sim de contornar, como a água, em vez de se desgastar em um embate que só nos enfraquece. Enquanto gastamos nossas energias lutando contra algo maior que nós, deixamos de criar outros caminhos que, como a água na pedra, aos poucos, podem mudar o sistema.

Isso também vale para questões pessoais. Quanta energia você perde em um relacionamento ruim, tentando provar seu ponto de vista, tentando fazer o outro entender seu lado ou esperando que o outro mude? Talvez fosse mais interessante guardar essa energia para cuidar de si, diminuir expectativas ou mesmo investir em outro relacionamento. Muitas vezes, ficamos em uma luta pela necessidade de provar que estamos certos, de conseguir o que é direito nosso, de mostrar algo a alguém. Com isso, se, depois de algum tempo, a luta não produzir resultados, continuaremos sem aquilo que queremos e ainda exaustas(os), sem termos construído outra opção de caminho. Vale a pena?

Se custa sua paz e se lhe deixa exausta(o), não vale. Deixe que os outros pensem o que quiserem e que a vida muitas vezes seja "injusta". Esteja em paz com você.

Se você está sendo íntegra(o); se suas ações, alma, sentimentos e pensamentos estão alinhados, você saber disso é o que importa.

Você não precisa provar nada para ninguém nem ter a validação de resultados que não dependem apenas de si para ficar em paz. Ou, pelo menos, não deveria precisar.

Faça sua parte e saia de cena. Cuide de si. Abandone as lutas que lhe fazem mal, sejam elas quais forem.

Há sempre outros caminhos para buscar seus ideais. Você pode perder a guerra, a guerra pode ser injusta. Perca a guerra, se for o caso. Abra mão, se não estiver funcionando. Só não perca sua energia e sua capacidade de criar opções para chegar onde quer. Nem deixe nada nem ninguém tirar você do seu centro. Não perca a sua paz. Ela é seu bem mais precioso. É ela que mais importa para a sua sanidade. Guarde sua energia para brigas que valem a pena e para construir caminhos alternativos para produzir aquilo em que você acredita.

Você consegue.
Com amor,
Flávia Esper

----------------------------------------------------------------------------

Conheça nosso site e fale conosco: www.flaviaesper.com
Leia mais textos de Fávia Esper
Acompanhe nosso instagram com vídeos, oráculos e muito mais!

Texto Revisado



Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 449


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Flávia Esper de Andrade   
Flávia Esper é terapeuta, professora, mentora e instrutora de terapeutas. Criou o Método Flávia Esper, do qual fazem parte os cursos de Tarô Terapêutico, Cura Xamânica - Alinhamento Energético, Astrologia Terapêutica e o Curso para Terapeutas. Atende com Psicoterapia, Cura Xamânica, Florais, ThetaHealing, Tarô Terapêutico e Mentoria p/ terapeutas.
E-mail: flaviaesper@gmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Autoconhecimento clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa