auravide auravide

O medo que nos rodeia



Todos nós já sentimos medo na vida, o medo é diferente da insegurança. O medo, dependendo da intensidade pode se tornar pânico, pode acabar num sentimento aniquilador, causador de grande instabilidade física e mental diante de um perigo real ou imaginário. É um sentimento que chega até nos impedir de nos desenvolvermos pessoal e espiritualmente.

A insegurança está ligada à falta de confiança em nós mesmos, na dúvida, na falta de capacidade (momentânea ou ao longo da vida) de tomarmos decisões, de nos posicionarmos mediante as situações da vida. O medo é aquele sentimento que nos paralisa e pode ser medo de barata, de andar de avião, de elevador, de lugares fechados, de dirigir, de falar em público, de doenças, do futuro, da morte, da solidão, de perder o emprego, de perder o amor, da pobreza, das novas fases da vida, entre outros.

Geralmente a pessoa que tem medo teve uma infância em que era obediente, bem comportada, não gostava de competitividade, ficava "vermelha" com facilidade e, que ouviu também muito "engole esse choro", "não seja uma pessoa oferecida", "coloque-se no seu lugar", gerando uma criança desconfiada, de situações, de pessoas e de traumas.

O medo é mental, ele cria uma desordem, por isso mesmo, só pode ser vencido pela sua própria mente. E quando o medo é desencadeado acontecem reações físicas como gagueira, paralisação, aumento da frequência cardíaca, dilatação das pupilas, sensação de calafrio, tensão nos músculos. A resposta ao medo é quase impossível de controlar, não é um processo consciente, bloqueia ações e intimida diante de uma nova situação.

Há muitas formas de tratar o medo, a hipnose tem sido uma delas, e com um bom profissional da área, a pessoa consegue eliminar, ou mesmo controlar se não conseguir eliminar, esse sentimento que faz tão mal. Como Terapeuta Integrativa, a primeira coisa que acho fundamental no início do tratamento do cliente, é a limpeza da aura, que geralmente está carregada de sentimentos negativos e de baixa frequência, e o alinhamento de chacras, pois é, saiba que o medo consegue desalinhar todos os seus chacras, de maneira direta ou indireta, e sem essa limpeza e esse alinhamento, provavelmente o tratamento indicado não surtirá efeito.

Na Terapia Floral, a essência indicada é Mimulus, que vibra exatamente na frequencia oposta ao medo: a coragem, pode ser complementado com Cromoterapia, com a frequência da cor violeta, que tem uma ação de desintoxicação psíquica, liberta memórias opressivas, comportamentos nocivos, pode-se também usar uma água solarizada para se ter sempre a mão nos momentos difíceis.

Minha dica hoje, apesar de falarmos de várias formas de tratar o medo, vem da Cristaloterapia, procure sempre usar, num colar, num chaveiro, em cima de sua mesa de trabalho, na bolsa ou ao lado de sua cama um cristal de ametista, uma pedra linda que é totalmente ligada à sabedoria, equilíbrio, proteção e vitalidade.
Sua cor promove a purificação do corpo físico e a eliminação de qualquer malefício, além de garantir uma energia protetora e a mudança de estado da nossa consciência normal para o meditativo, procurando assim entender e vencer o medo que nos rodeia. Mas, lembre-se que o medo é também um termômetro que temos diante de situações perigosas, aquele sentimento que garante a nossa sobrevivência, o medo faz parte da vida, ele só passa a ser um problema quando se torna incontrolável.

Paz e Luz a todos!
Texto Revisado

Publicado dia 29/3/2021
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstar Avaliação: 3 | Votos: 247




Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










horoscopo

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa