auravide auravide

Diga-me onde dói que te direi o porquê!


Facebook   E-mail   Whatsapp

É importante sempre lembrar que o Reiki é um tratamento "holístico", indo direto nas causas das doenças, que não ataca diretamente os sintomas, pois se for direto ao sintoma, sem curar a causa, a doença permanecerá.
Para esclarecer o que você deve buscar tanto numa sessão de terapia como numa iniciação de Reiki, vamos conversar sobre somatização...

"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas que já têm a forma do nosso corpo... e esquecer os nossos caminhos que nos levam
sempre aos mesmos lugares... É o tempo da travessia... e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado para sempre à margem de nós mesmos”.
(A Terceira Margem do Rio, de João Guimarães Rosa).

Tenho vários anos de experiência com pessoas e um curso de psicanálise, com foco em psicossomática, e essa bagagem trouxe-me a certeza absoluta de que há uma estreita relação entre psique e soma no aparecimento de várias doenças.

PSICOSSOMÁTICA – Estuda a relação entre mente/corpo/emoções e doenças (Psique = Alma; Soma = Corpo).
“ALMA SÓ É ALMA POR SUA CORPORIFICAÇÃO”.
“CORPO SÓ É CORPO POR SUA ANIMAÇÃO”.

DOENÇAS E SUAS CAUSAS

Amigdalite (garganta inflamada)... Emoções reprimidas, criatividade sufocada
Anorexia... Ódio ao extremo de si mesmo;
Apendicite... Medo da vida, bloqueio do fluxo do que é bom;
Arteriosclerose... Resistência, recusa de ver o bem;
Artrite... Critica mantida por longo tempo;
Asma... Sentimento contido, choro reprimido;
Bronquite... Ambiente familiar inflamado, gritos , discussões;
Câncer... Mágoa profunda, tristeza mantida por muito tempo;
Colesterol... Medo de aceitar a alegria;
Derrame... Resistência. Rejeição a vida;
Diabetes... Tristeza profunda;
Diarreia... Medo, rejeição, fuga;
Dor de cabeça... Autocritica, falta de valorização;
Dor nos joelhos... Medo de recomeçar, medo de seguir em frente;
Enxaqueca... Raiva reprimida. Pessoa perfeccionista;
Frigidez... Medo, negação do prazer;
Gastrite... Incerteza profunda, sensação de condenação;
Hemorroidas... Medo de prazos determinados, raiva do passado;
Hepatite... Raiva, ódio. Resistência a mudanças;
Insônia... Medo, culpa;
Labirintite... Medo de não estar no controle;
Meningite... Tumulto interior, falta de apoio;
Nódulos... Ressentimento, frustração. Ego ferido;
Pele (acne)... Individualidade ameaçada. Não perdoa a si mesmo;
Pneumonia... Desespero, cansaço da vida;
Pressão alta... Problema pessoal duradouro não resolvido;
Pressão baixa... Falta de amor quando criança;
Prisão de ventre... Preso ao passado, medo de não ter dinheiro suficiente;
Pulmões... Medo de absorver a vida;
Resfriados... Confusão mental, desordem, mágoas;
Reumatismo... Sentir-se vítima, falta de amor, amargura;
Rinite alérgica... Congestão emocional, culpa, crença em perseguição;
Rins... Medo de crítica, do fracasso, desapontamento;
Sinusite... Irritação com pessoa próxima;
Tireoide... Humilhação – Alimentar-se de mágoas, nervosismo acumulado;
Úlcera... Medo de não ser bom o bastante;
Varizes... Desencorajamento. Sentir sobrecarregado;

Curioso, não?
Vamos tomar cuidado com nossos sentimentos, principalmente aqueles que escondemos de nós mesmos. Quem esconde os sentimentos, retarda o crescimento da alma.

“A DOENÇA É O GRITO DE UMA ALMA AGREDIDA” (Peter Altenberg).

Desde a antiguidade já se uniam, ou buscava-se a relação entre a psique e o soma, sendo a DOENÇA entendida como o excesso de foco no corpo, com pobreza de pensamento, de sabedoria, de simbolização.

RENÉ DESCARTES (filósofo francês 1596 – 1650 (pensamento cartesiano) separava RAZÃO de EMOÇÃO.

HIPÓCRATES (pai da medicina ocidental – 400 A.C.) ligava a doença a problemas do corpo com origem nas emoções.
A MEDICINA de hoje a estuda e trata basicamente as doenças orgânicas.

A PSICOLOGIA a estuda, bem como aos fenômenos psicológicos, e oferece modelos teóricos para serem aplicados na compreensão e tratamento das doenças orgânicas.

Exemplos: Psicanálise, Psicologia Analítica, Psicodrama, Psicologia Reichiana.

Existe pouca dúvida de que boa parte do sucesso terapêutico da profissão de curar, do médico, do padre, bem como do clínico moderno, deve-se ao indispensável HARMONIOSO RELACIONAMENTO EMOCIONAL ENTRE MÉDICO E PACIENTE.
A doença orgânica pode ter uma Finalidade e um Significado.
Este Significado, em alguns casos, é um Símbolo.

"A doença surge para resgatar necessidades humanas fundamentais, como a existência de limites coerentes e a diferenciação entre as pessoas.
É ao adoecer que o indivíduo coloca no corpo o limite inexistente em sua vida..." (Deborah Maluf).




Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 6


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Rosana Dias Gomes    
Rosana Dias Gomes, mestre reiki, psicanalista e historiadora. Ministro cursos de Reiki no Espaço Alqhimia de Yoga e Reiki de Mogi Guaçu-SP.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa