auravide auravide

Gordura - pare de brigar com a balança


Facebook   E-mail   Whatsapp

Já sabemos que a função da gordura é criar um isolamento, uma camada protetora da estrutura delicada do corpo. Ela o protege do que vem de fora. Tem função também de armazenar energia. Se acumulamos gordura, obviamente estamos acumulando mais energia do que estamos gastando, do que realmente é necessário. Segundo a leitura corporal, a gordura tem relação com o segundo chacra que trabalha o prazer. Problemas neste chacra nos convidam a estar atentos a aspectos importantes de nossas vidas:

Estou tendo prazer em viver a minha vida?

Estou buscando formas de realmente me satisfazer?

Para o tecido gorduroso, metaforicamente, não buscar satisfação significa uma ordem para aumentar as células. Como tem relação também com o primeiro chacra, da sobrevivência, a pessoa que engorda pode ter um sentimento básico e crônico, se é que posso dizer assim, de desproteção. Tudo aquilo que vivenciamos no plano emocional e não conseguimos resolver, o corpo nos ajuda fazendo uma adaptação biológica, uma tentativa de solucionar o problema. A adaptação biológica para o sentimento de desproteção é proteger fisicamente, aumentando as células gordurosas, ou seja, você engorda. Geralmente, as pessoas mais gordinhas aparentemente não apresentam nenhum conflito, parecem muito simpáticas, divertidas e felizes, mas é bem provável que tenham isolado os sentimentos difíceis. Inconscientemente, negam a si mesmas o conflito que vivenciam por não saber lidar com a dor que sentem. Assim, o “engordar” funciona como uma solução biológica, já que a pessoa não encontra maneiras reais de satisfação e proteção no nível emocional.

De alguma maneira, a pessoa entendeu erroneamente na primeira infância que não podia se autoproteger e, portanto, levou este sentimento para a vida adulta. Por não entender que pode se proteger, inconscientemente, delega ao outro esta tarefa. Como o outro jamais fará o papel que temos que fazer por nós mesmos, o conflito continua acontecendo e sendo isolado. Quem tem dificuldades para se satisfazer e se confunde quanto onde buscar proteção, pode criar a expectativa de que o outro venha a fazê-lo. A intenção da gordura é tornar o corpo maior para que esta pessoa possa ser vista.

Que tal ouvir a mensagem que seu corpo está tentando passar?

Talvez ele lhe dissesse:

Olha, você está trabalhando a autoproteção e por isto suas células gordurosas estão aumentando. Pare de buscar no outro esta função de proteger porque você pode proteger a si mesmo. Você pode buscar prazer na sua vida, outras fontes de satisfação além da comida. Se a satisfação vem de ser aceito pelo outro, a mudança deve acontecer de dentro para fora – ACEITE A SI MESMO INCONDICIONALMENTE. Seja simpático e agradável consigo mesmo, assim como faz com todos ao seu redor. Todos nós queremos ser vistos, ser reconhecidos no meio da multidão. Olhe no espelho e curta cada parte sua. Ame-se exatamente como é.

É comum encontrarmos pessoas com excesso de peso que fazem tudo pelos outros, muitas vezes se colocando em segundo plano. Talvez este comportamento seja estimulado pela ilusão de que se formos bons com outros, se fizermos o possível para agradá-los, aumentaremos a possibilidade de que sermos amados. Contudo neste movimento de satisfação do outro é bem provável que haja uma expectativa de que em troca, o outro nos dê aquilo que precisamos: proteção e satisfação. Mesmo que você negue esta ideia, sugiro que analise com mais profundidade suas expectativas com relação aos outros e o sentimento de vazio que tenta preencher com a comida.

O estudo deste vazio, desta carência de si mesmo, pode abrir as portas para o entendimento, para o autoconhecimento que poderão conduzi-lo a um corpo saudável e em forma. Você pode aprender novas formas de autoproteção, pode aprender a expressar suas emoções e aumentar o leque de possibilidades de como satisfazer seus desejos e necessidades. Isto fará grande diferença na sua vida. Além do que o outro pode até ajudar, mas jamais dará o retorno que você precisa se não pedir. Por negar o conflito, a carência, o vazio, você pode passar a impressão de que não necessita de nada e os outros não lhe darão porque ninguém tem bola de cristal. Ao ter consciência de si mesmo poderá se expressar de maneira mais autêntica e ser mais feliz em seus relacionamentos.

O que lhe proponho é aprofundar-se no conhecimento de si mesmo, entender seus desejos, necessidades e emoções.

Arrisque-se a buscar mais prazer em sua vida, encontre motivos suficientemente fortes para acreditar que é capaz de se proteger e usufruir de verdade. É provável que perceba mudanças em sua relação com a comida, com o movimento do corpo, confiança em si mesmo, com a maneira de se posicionar com as pessoas, com a disposição para viver novas e prazerosas experiências. Seguramente usufruirá com mais prazer e destemor a sua passagem por este planeta.

Se quiser, faça esta afirmação todos os dias, ela pode ajudá-lo um pouco:

Aprendo a expressar minhas emoções, a reconhecer meu valor e todas as minhas possibilidades. Torno-me consciente de mim mesmo e aprendo a me proteger e satisfazer meus desejos e necessidades. Sei que posso fazer isto por mim mesmo. Sou 100% responsável por minha felicidade. Qualquer vazio ou carência que viva em minha vida podem preencher-se de amor e de sentimentos positivos. Com a aceitação de mim mesmo, com o amor que tenho em mim, libero-me das mágoas, penas, tristezas e desta necessidade de proteção.
Aprendo a confiar em mim, nas pessoas e em Deus para permitir que desapareça esta gordura protetora. Confio nos caminhos saudáveis da vida. Expresso minhas emoções livremente e aprendo a amar-me tal como sou, buscando novas formas de me satisfazer.

E que você se apaixone cada dia mais por si mesmo!

Abraços

Keli

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 17


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Keli Soares   
Pós-graduada em Gestão de Pessoas; Graduada em Psicologia; Formação na Abordagem Ericksoniana, Abordagem Estratégica; PNL e Coaching. Psicoterapia, hipnoterapia, terapia breve. Analista de PI (Predictive Índex) – Arquitetura Humana – Brasil. Treinamento e consultoria na área de Gestão de Pessoas.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa