Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

REFLEXÕES PARA O FIM DOS TEMPOS I

por Carmem Farage
REFLEXÕES PARA O FIM DOS TEMPOS I

Publicado dia 21/4/2012 em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Paro aqui para pensar em como o mundo mudou! As mudanças acontecem em todos os segmentos e consequentemente dentro das pessoas! Procuro um ponto de referência para compreender essa nova sociedade que se descortina diante de nossos olhos atônitos a qual mal acompanhamos suas profundas mudanças.

Desde as Grandes Navegações, o mundo caminha para ser globalizado. As pessoas se deram conta do mundo que vai além do lugar onde nasceram. Os navios arrancaram os pés dos homens da terra. Isso mexeu profundamente com as sociedades medievais e tudo começou a mudar numa velocidade com aceleração progressiva. Deu-se o início das grandes transformações, a partir das quais os homens puderam questionar valores e virtudes, além de se aproximarem uns dos outros, num verdadeiro advento evolutivo.
Depois dos navios, a revolução industrial, com a fabricação de artefatos cada vez mais perfeitos no auxilio da vida prática, diária.
No aperfeiçoamento das máquinas e motores, o avião veio para revolucionar definitivamente as mudanças, provocando um processo migratório em larguíssima escala. As culturas se misturam ainda mais! As pessoas tendem a compreender umas às outras, apesar das diferenças de cor, raça, credo e lugar. Certamente é para este fim que o mundo caminha a passos largos.

Nos últimos cinquenta anos, vimos através da comunicação de massa, o coroamento da globalização iniciada pelos navios. A comunicação de massa, que nasceu das descobertas eletrônicas, mudou completamente os hábitos do mundo. As pessoas passaram a se relacionar de tão perto, que podemos dizer que a distância não mais existe.
Numa tentativa e com o objetivo de compreensão desta evolução tecnológica, faço esta viagem no tempo e vejo como mudamos! E estamos crescendo, sem dúvidas!

Sob nosso olhar atônito, vemos o nascimento de instrumentos que modificam uma sociedade a ponto de torná-la irreconhecível àqueles que nela viveram cem anos atrás. Quando penso nisso tudo, não posso deixar de me reportar a Einstein que nos mostrou que o espaço e o tempo não são absolutos como sempre pensamos.
Da mesma forma, penso na ciência. Enchemos a boca para falar das comprovações científicas, como se seu aval nos trouxesse verdades incontestáveis e imutáveis!
A ciência não é absoluta. Ela é, simplesmente, um conjunto mágico de regras e atitudes que funcionam num determinado contexto limitado da experiência.
E o que é a pesquisa científica? Nada mais que sonhos! Dentro dos quais o raciocínio, a meditação, a imaginação, a intuição e o cálculo se entrelaçam.
Compreendo que o universo e todas as coisas nele contidas, incluindo nós mesmos e nossas mentes, podem ser explicados combinando-se considerações espirituais, psicológicas, referentes à física quântica e à relativização da matéria.

Devemos ter coragem para abrir as portas da imaginação.
Por esta mesma porta entrarão novas descobertas, advindas deste processo mágico.
Sugiro que deixemos de lado, ao menos temporariamente, críticas e outros fatores do ego como: para que serve isso?...Vamos reservar nossas dúvidas para um segundo momento.
Espero que as considerações que farei aqui facilitem a abertura destas portas. Que estimulem as pessoas a descobrir a mágica do universo!

Pensemos:

"Aquilo de que necessitamos é imaginação. Precisamos descobrir uma nova visão do mundo". - Richard P. Feuman.

Porque sem dúvidas:
"Não há esperança para teorias que, à primeira vista, não pareçam malucas".
- Freemam Dyson.


E agora que conhecemos o mundo todo e que já não existem mais distâncias, deparamos com um obstáculo maior do que poderíamos supor: nós mesmos!

Texto revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo


Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 12

Sobre o Autor: Carmem Farage   
Fundadora do Instituto Lumni, criadora da Terapia Lumni - uma terapia quântica que une ciência e espiritualidade sob a mentoria de Teillhard de Chardin. Psicóloga, Psicanalista, especialista em Regressão de memória, apometria Clínica, Mestra de Reiki Usui Tibetano, especialista em Medicina Chinesa.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Você tem realmente esse tal Livre Arbítrio?
artigo Contrato com a morte
artigo Estesia
artigo A mudança deve ser interna

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa