Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

Ressentimentos, rejeições e remorsos

por Cyda Dominne
Ressentimentos, rejeições e remorsos

Publicado dia 9/8/2012 em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Por que devo falar o que sinto? Para que serve?

Quando nos sentirmos derrotados, tristes, medrosos, angustiados diante de um acontecimento, podemos ficar paralisados ressentindo e carregando diversas sensações, gerando diversas situações que afetarão através do tempo as nossas realizações.

Ou podemos expressar nossas emoções com choro, lamentações ou apenas com um desabafo. E, então, nossas percepções vão se movendo para alguma direção, evitando assim qualquer estagnação que possa ocorrer, seja das emoções, seja das atitudes ou seja nos bloqueando e recusando  novas iniciativas. Assim, ocorrerão várias resignificações do que ocorreu.

Quando expressamos as nossas vivências internas, as sensações, emoções e pensamentos movimentam a vida em nós. Damos a chance dos acontecimentos passarem e nos atualizarem, nos moverem cada vez mais conscientes de quem somos.

Na Medicina Chinesa, na aplicação dos Cinco Elementos, temos a raiva e a expansão na expressão energética do Fígado; alegria e euforia no Coração; iniciativa ou medo no Rim; tristeza ou desapego no Pulmão e a estimulação do pensamento e preocupação do Baço. Quando bloqueamos ou escolhermos não expressarmos o que ocorre em nosso sistema com um todo, somatizamos através do tempo diversas disfunções e desconfortos no funcionamento do nosso organismo. E sentimos esses bloqueios como frustrações, mágoas, medos, baixa autoestima e incapacidade em diversas áreas da vida, e essas emoções se transformam em atitudes internas como ressentimento, rejeições e remorsos.

Quando expressamos as emoções, temos a possibilidade de transcender, estimulando novas possibilidades em nós. Colocando em movimento a espiral da vida, onde passamos a usar o que sentimos como aprendizado para novos acontecimentos e assim escolhemos a autopercepção para agir e evitamos as reações, que geralmente ocorrem quando não sabemos dos nossos mais profundos recursos e ficamos repetindo as mesmas situações.

O objetivo é transcender, muito diferente do perdoar ou esquecer. Transcendermos como pessoas através dos estímulos que escolhemos promover.

A expressão é o objetivo de interação com a realidade, do interno e de externo e, assim, vamos transcendendo em espirais, sentindo-nos cada vez mais leves conosco  mesmos.

Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 8

Autor: Cyda Dominne   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   


Veja também
artigo Mensagem Para A+Cor+Dar
artigo Desacelerar
artigo Será que a mãe ou o parceiro abusivo sabe o que está fazendo?
artigo A estrela e a canção: Presentes de Brahman

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.





horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa