Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

SEM MEDO DE VIVER

por Leila Silva
SEM MEDO DE VIVER

Publicado dia 8/8/2009 em Corpo e Mente

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


De onde será que vem a necessidade que algumas pessoas têm de agradar a todo mundo? Imagino que seja porque o ser humano é em essência gregário e precisa estar contido em um grupo. Eu até diria mais, estamos inseridos em diversos grupos, mesmo que não estejamos conscientes disso. Temos o grupo familiar, o grupo do trabalho, o dos amigos, o da comunidade vizinha e tantos outros mais.

Desde a tenra idade, lá atrás, na escolinha, precisamos agradar a professora, os coleguinhas, a diretora e seguir as regras que nos propiciam fazer parte e isso, claro, é preciso. Algumas regras, principalmente na infância, precisam mesmo ser respeitadas. O que não é possível é passarmos a vida inteira desempenhando papéis que não foram escritos para serem vivenciados por nós e é aí que entra o outro, que nos ajuda e complementa.

Ninguém é totalmente auto-suficiente. Ninguém sabe tudo de tudo. Ainda bem, ou seríamos mesmo muito solitários, não precisando trocar experiências e conhecimentos com nossos semelhantes. Acho ótimo poder contar com a sabedoria de alguém, para ensinar-me algo sobre o que eu não sei e não posso resolver sozinha.

Na dinâmica das relações existe troca de informações, de idéias, de conceitos e isso faz parte da nossa evolução. O que não dá para haver é troca de papéis, ou tudo fica muito confuso. Já vi muitas mulheres que, tentando parecerem mais novas, acabaram parecendo mais velhas. Não dá mesmo para trocarmos de papéis com nossos filhos e filhas. Cada um de nós precisa viver suas próprias experiências, contido em suas estórias, mas sempre dá para aprender e claro, para ensinar também.

Se uma mulher madura começar a usar as roupas da filha adolescente, na busca de parecer rejuvenescida, vai ficar caricata e os conflitos começam invariavelmente a ocorrer. Podemos ser bons exemplos para as mais jovens, podemos ensinar e podemos aprender também. Minha mãe é minha melhor amiga e tenho orgulho em dizer isso, mas ela nunca "tentou" ser quem eu sou e nem ao contrário.

Já vi mulheres que, por estarem ocupando cargos de muita responsabilidade e importância, "fantasiaram-se" de homens, na busca por confiança ou para demonstrar poder. Isso não funciona nunca porque não corresponde à realidade. Ser quem somos, isso traz confiança e afasta qualquer sensação de medo de não fazer parte de algo maior.

Quando nos conhecemos bem, sabemos onde estamos e para onde estamos indo. Talvez seja essa, a grande lição que precisemos aprender, sem medo de não agradar. Dá para vivenciar todos os nossos papéis, sem prejuízo de nenhum deles, mas somente os nossos. Posso colaborar como colaboram comigo, mas só posso fazer a minha parte e você, somente a sua.

Texto revisado por: Cris  

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

auravide auravide
Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 17

Sobre o Autor: Leila Silva   
Leila Silva é Promotora de Estilo e presta Consultoria no Rio de Janeiro. Saiba mais sobre Estilo e Moda visitando seu Blog www.leilasilva.wordpress.com.
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo

auravide auravide

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa