auravide auravide

SOJA: A NATUREZA CUIDANDO DA SAÚDE


Facebook   E-mail   Whatsapp

Há mais de cinco mil anos, os chineses já usavam a soja como uma das principais fontes de alimento. Os cientistas são unânimes em afirmar: a soja é um dos alimentos mais ricos e completos existentes na natureza.     

Atualmente, a leguminosa de superpoderes já pode ser encontrada com facilidade, em suas diversas formas: grãos; sucos; maioneses; queijos; balas, entre outros.

Buscando seu lugar nas dietas ricas em fibras e com baixos teores de gordura saturada, a soja – aliada à prática regular de exercícios físicos e a um estilo de vida saudável – pode auxiliar muito no controle da obesidade e proteger contra doenças cardiovasculares, câncer, osteoporose e diabetes. Os grãos são ricos em proteínas de alta qualidade, minerais como ferro, cálcio, fósforo, potássio,  e vitaminas do complexo B. 

COLESTEROL – Os altos níveis de colesterol estão associados às doenças cardiovasculares, como infarto do miocárdio e arteriosclerose. Pesquisas têm demonstrado que a proteína da soja reduz as taxas do mau colesterol. 

 CÂNCER – Os grãos de soja contêm um composto singular denominado “genisteína” também chamado de “fitoestrógeno” ou hormônio vegetal, que atua na prevenção de cânceres relacionados ao estrogênio. Pesquisas mostram que a ingestão diária de alimentos à base de soja, como o tofu (queijo de soja) e o missô (pasta de soja fermentada), reduzem os riscos de cânceres de mama; de próstata; cólon; reto; estômago e pulmão.  

OSSOS – Com o envelhecimento, a perda de cálcio aumenta gradativamente e, se não tomarmos certos cuidados, resulta na osteoporose, doença que fragiliza os ossos. Na menopausa, esse processo se agrava com a deficiência hormonal ovariana.     

DIABETES – As fibras da soja exercem papel importante na regulação dos níveis de glicose no sangue, pois retardam a sua absorção pelo organismo, auxiliando no controle do diabetes.  

MENOPAUSA – Presente na soja, a Isoflavona tem características similares às do hormônio feminino estrógeno e, por isso, pode amenizar os desagradáveis sintomas da menopausa, como calores e secura vaginal.      

OUTRAS DOENÇAS – O consumo diário de soja tem um efeito positivo no controle de outras doenças como hipertensão, litíase (cálculos biliares) e doenças renais.

 

Suely Sena

Terapeuta Naturista

Texto revisado por: Cris


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 8


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Suely Seabra de Sena   
Curso de Naturologia:Anatomia;Fisiologia;Farmacologia;Biologia Bioquímica Molecular e Celular;Iridologia;Fitoterapia Aplicada; Metodologia; Florais; Hidroterapia; Trofoterapia; Naturologia; Somatosíntese;Patologia;Terapias Corporais; Geoterapia; Psicoterapia;massoterapia;Primeiros Socorros;Auriculoterapia; Oligoterapia:Argila também na cosmética.
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa