auravide auravide

Sustentabilidade Essencial


Facebook   E-mail   Whatsapp

Muito se fala hoje em sustentabilidade. Muitos repetem sem ter refletido sobre o que seria. E, sim, é um conceito subjetivo.
Cada vez mais somos chamados a uma coisa chamada POSICIONAMENTO. A Nova Era é a era da Liberdade. E não há liberdade sem responsabilidade, principalmente a de escolha, de decisão, de criação da própria vida e do mundo em que vivemos. Podemos continuar sendo meros repetidores condicionados, o que, confesso, é em muitos momentos, bastante confortável. Confesso que, às vezes, sinto saudade do meu período dorminhoco.

Após o DESPERTAR da consciência, retomamos o link que sempre existiu entre nossa consciência e a consciência Universal e passamos a vivenciar que, de fato, somos todos um. Começamos a sentir cada ferida à vida, como um todo, como uma ferida à nossa vida. Começamos a sorrir, em êxtase, com pequenas conexões com a natureza, que reflete a nossa natureza interna.
Sustentabilidade é vivenciar um modo de vida sustentável. Hoje muito falada no sentido de debates e novos caminhos que nos levem a reaprender a consumir e viver com um autogerenciamento de conseqüências que colhemos após o boom de progresso científico dos últimos séculos e que foi maravilhoso. Agora, numa nova fase, vamos melhorar nossa qualidade de vida, porque a ciência aumentou a expectativa de vida, mas piorou a qualidade desta vida com poluição, efeito estufa, medicamentos que oxidam, envelhecem e intoxicam, criam novas doenças, para que tenhamos que consumir mais remédios, que intoxicam e nos levam a ingerir mais toxinas contidas em guloseimas, refrigerantes, álcool, drogas...

O corpo pede por mais do que reflete a qualidade do seu conteúdo interno e multiplica exponencialmente todos os efeitos e, para isso, precisa de cada vez mais. Mais dor, mais medo, mais autolimitação... Nem sei se esta vida que se vive hoje deveria ser prolongada. Alguém, de fato, quer viver até os 90 anos com pressão alta, diabetes, limitações e pencas de remédios?
Onde quero chegar? Quero dizer que ninguém pode pensar em sustentabilidade para o planeta, se não conseguir fazer esta reflexão para si mesmo. Falamos de diminuir o consumo para reduzir a produção de lixo, pois não há como fazê-lo evaporar e vem a proposta do "reciclar"... Alguém já parou pra pensar que não vai conseguir ter respeito real por tudo isso se não souber o que fazer com seu lixo interno?

Lixo emocional, mental e espiritual que consumimos todos os dias com TV, mídia em geral, através do inconsciente coletivo. Medo, desconfiança, traição, mentira, ganância... Tudo faz ressonância com algo nosso e, ao não percebermos, as doenças são geradas de forma generosa como forma de expurgação e aviso.
Ainda varremos nosso lixo interno para debaixo do tapete, responsabilizando o outro, o sistema, o governo, o pai, a mãe, o marido ou quem for por nossos fracassos e decepções? Ainda nos assustamos quando um pássaro se aproxima? Ainda matamos uma formiga quando vamos visitar a Natureza num parque?
Então... Que sustentabilidade é essa? Sem amor as nossas sombras, aos nossos conteúdos, aceitação e visão de tudo que há e como há como divino, não há Sustentabilidade Essencial e não há, não há mesmo, Sustentabilidade Real.
Ecologia começa internamente. Começa amando a vida. Começa amando e aceitando a si mesmo e a tudo que existe, assim como é. Começa com a decisão de SER. Apenas SER.
"Amai ao próximo como a ti mesmo". Como a ti mesmo. Somos todos um. O que não tenho capacidade de fazer por mim, torna-se uma grande demagogia quando dedicado ao outro. Tantos voluntários em tantos movimentos por aí se tornam berros inaudíveis se não forem exemplos inspiradores.
Uma horta em casa, respeito com uma flor, consumo moderado ou nulo de carne, preocupação com o destino do lixo, repensar se precisamos de 20 pares de sapato e para que, cada pequeno detalhe mostra o que, de fato, é importante para cada um de nós.
Onde gasto meu dinheiro, tempo e energia? Onde e para que dedico minha atenção e intenção?
Sustentabilidade essencial é minha proposta, é despertarmos de quem realmente somos e do que estamos fazendo aqui. É parar de querer para SER.

"Pare de buscar. Apenas abra seus olhos e veja!" Osho.

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Adriana Mangabeira   
CONSULTORIA SISTÊMICA: Treino, Orientação e suporte para transformar sonhos em metas, planejar concretizar e alavancar objetivos. Atua com Mentoring, Coaching Sistêmico e Terapias Quânticas Integradas, Consultora pessoal e organizacional, escritora e Palestrante. Colaboradora em grandes Congressos On Line e de Portais.
E-mail: adrianamangabeira76@gmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Corpo e Mente clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa