Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
Home > Espiritualidade
 A morte

A morte

por Tatiana Ito Coimbra
Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura


A morte nos causa terror, ira, medo, angústia, preocupação e, apenas alguns seres humanos que estão em sofrimento desejam-na. Já para os animais, quando há sinais de sofrimento sem possibilidades de tratamento, utiliza-se de forma corriqueira o sacrifício. Não vemos razão para o sofrimento do animal; aparentemente, ele não ganha nada com isso, mas se um ser humano praticar a eutanásia com outrem será preso, e se cometer o suicídio, crê-se que viverá no inferno/umbral, pela eternidade.
Obviamente, estas práticas contrariam o nosso instinto mais primordial que é o da conservação da vida. Mas quando Jesus sacrificou sua vida por nossos pecados (tendo Ele o poder de fugir ou fazer qualquer outra coisa), Ele se tornou o Mestre de milhões e milhões de pessoas, por mais de 2.000 anos; e muitos líderes, sábios, santos, guerreiros, que fizeram o mesmo são marcados na história como humanos extraordinários. Eles contrariam o perigoso desconhecido, do sono/sofrimento eterno, em prol de um ideal, de outro ser, de um país.
A morte sempre foi um enigma, que, em certas épocas e lugares, tem seu véu descortinado através dos médiuns. Atualmente, tem-se contato com diversos tipos de acontecimentos sobrenaturais, principalmente pelo crescimento da mídia, seja a internet, a TV, rádios, etc... E o crescimento de igrejas, templos e cursos que pululam de terras longínquas para os diversos cantos do mundo.
Allan Kardec definiu os médiuns da seguinte forma: os clarividentes (transe profundo/sonâmbulos), que têm a capacidade de ver acontecimentos presentes e futuros, fora de seu corpo e em lugares distantes; os videntes (transe superficial), que podem ver os espíritos, quando estes estão próximos; e aqueles dotados de dupla vista, que é a possibilidade da vidência em qualquer circunstância, com os olhos da alma. Temos outras possibilidades de transe como a lucidez, e diversas formas de contato, como a clariaudiência, que é a capacidade de escutar os mortos; a psicofonia, que é acomunicação através da voz e do corpo do médium; e a psicografia, a comunicação espiritual escrita através de um médium, entre outras, somente para exemplificar certas formas de contato atualmente disponíveis.
Estes fenômenos possibilitam os encarnados de entrar em contato com o que ocorre com a pós-morte, a fim de explicá-la. Tomando conhecimento com o que ocorre com os espíritos, podemos antever o que ocorrerá conosco.
Em todos os casos, vendo sua vida, suas crenças, podemos antecipar como será sua morada eterna. Falando de forma generalizada, aqueles que crêem no sono eterno, dormirão longos e longos anos; muitos homicidas podem ser torturados por suas vítimas, se transformar em ovóides, inertes; os viciados e doentes podem entrar (com ou sem consentimento) em quadrilhas especializadas em obsessões e trabalhos espirituais, tudo a depender do estado de sua mente. Os suicidas têm a forma de sofrimento mais pungente, sofrem de seus maiores medos, por muito tempo. Aqueles que cometem pequenos deslizes durante a vida (pequenos visto do prisma anterior), podem continuar presos em um limbo de sofrimento, sozinhos ou acompanhados, com as mesmas sensações que tinham na Terra: sono, fome, frio, dor, raiva etc...
Porém, todos nós temos amigos espirituais que estão prontos para o resgate fraterno e, através de um pedido com fé, das orações das pessoas encarnadas, e de seu próprio amor, auxiliam a resgatá-los para áreas de restabelecimento das almas, estudo e trabalho, tudo equiparado ao nível do ser em questão.
Seres humanos de boa índole, altruístas, mestres do Bem, são puxados magneticamente ao seu lar espiritual, condizentes com a elevação de sua alma.
Portanto, meus caros, não devemos ficar preocupados com nossa morte, não. Temos de nos preocupar com a nossa vida, desde nossos pensamentos até os atos, pois é certo que colheremos cada atitude, até por muitos séculos, até que consigamos reencarnar novamente para dirimir os defeitos de nossa alma, pouco a pouco, trazendo em nosso corpo físico todas as máculas e vitórias de nossos aprendizados anteriores.

Texto revisado 

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4
Atualizado em 03/06/2011

Veja também
artigo A resiliência pode ajudá-lo a superar a crise
artigo Só o agora importa
artigo Você sabe quem é quem na trama familiar da mãe abusiva?
artigo Coração Ardente

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo



Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa