Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
Home > Espiritualidade
 UM NATAL  (QUASE) INESQUECIVEL

UM NATAL (QUASE) INESQUECIVEL

por Alberto Carlos Gomes Lomba
Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura


E aqui estamos nós próximos ao período de festividades natalinas e de final de ano.
A mídia certamente já estressou suas melhores intenções com mil ofertas de presentes.
E presente para parentes, conhecidos e afins. Na categoria dos afins, podemos enumerar uma lista telefônica que vai desde o humilde lixeiro, passando pelo manobrista, da garagem onde você estaciona o carro, ate o amigo secreto da empresa em que trabalha.
E claro que as lojas de R$1.99, acabam salvando o bolso de muita gente.
Não bastasse isto temos, hoje em dia, milhões de lojas em ruas conhecidíssimas, onde se encontra de tudo, sendo 30% falsificado em pais vizinho. Mas vale a intenção.
Afinal, é o espírito de Natal.

Por isto mesmo, Zizinha Pena, casada com Donato Pena, e mãe de três lindas crianças, e mais uma infinidade de parentes, dona de casa exemplar, e diarista por profissão sempre “arrumava” uma depressão neste período.
Jogada numa cama, encenando total abandono pelas festas transferia para Donato o comando de toda a festança.
Embora sem nenhuma medicação e nos bastidores, com a filharada, se informava do andamento das coisas.

Quando o marido chegava em casa, todo empacotado, ou seja, cheio de pacotes, pois que era chefe do almoxarifado de uma multinacional e ganhava razoavelmente bem, Zizinha corria para a cama e se jogava e continuava a encenação de doente.
Coitado do Donato. Mulher doente e lá se iam seu décimo terceiro em mil bugigangas que seriam distribuídas na ceia natalina, principalmente, para os parentes da esposa, que vinham do interior e nada colaboravam e exigiam conforto total.
Sem contar que estes dias que antecediam o Natal faziam churrasco, bebiam tudo que tinham direito e lavavam a roupa suja da família em verdadeiras batalhas verbais.
Zizinha nem estava aí. Continuava a manipular tudo ao seu interesse.

Para sair da depressão pediu ao marido uma televisão moderna pois que o primo Castrinho levaria a da sala, como bônus por ter viajado 800 quilômetros para a grande noite.
No emprego, Donato caiu de amigo secreto de um diretor e como um saudável puxa-saco comprou para o mesmo um litro de uísque escocês 10 anos. O seu presente foi um mísero CD que acabou travando no aparelho de som.
Mas consciente do espírito do Natal, não negou fumo.
Para a alegria total da população que superlotava a casa de Donato, no dia 24, Zizinha estava curada da depressão. E ainda teve tempo de assaltar a carteira do marido para ir comprar um vestido novo e fazer o cabelo.
E a ceia chegou.

Antes da meia noite, parentes e amigos, atacavam a farta mesa com muita variedade em comida, além de bebidas e doces.
Zizinha vibrava com sua nova televisão. Donato a distancia esperava a badalada da meia noite quando então os comilões começaram a passar mal.
A fila do banheiro parecia interminável. Era um corre-corre. Zizinha chorava vendo seu Natal ir para o brejo. Enquanto isto, Donato pegou o carro e foi participar da Missa do Natal.
Até hoje, Zizinha e seus parentes, que passaram o resto do Natal no pronto socorro, não sabem quem colocou purgante digestivo nas comidas.
E muito no seu íntimo prometeu que para o próximo ano nada de depressão, pois ela mesma cuidara de tudo. Afinal este foi um Natal inesquecível.

Texto revisado






Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 8
Atualizado em 14/12/2009

Veja também
artigo A resiliência pode ajudá-lo a superar a crise
artigo Só o agora importa
artigo Você sabe quem é quem na trama familiar da mãe abusiva?
artigo Coração Ardente

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo



Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa