auravide auravide

A espada da verdade

por Teresa Cristina Pascotto

Publicado dia 15/3/2012 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


A verdade é a única arma que temos à nossa disposição para cortarmos o "mal de nossa vida pela raiz". Usando a espada da verdade, podemos cortar a raiz do mal que há na mentira e na ilusão. Somente na VERDADE, encontramos a "salvação" que tanto buscamos. Enquanto tentarmos prosseguir nos caminhos ilusórios e destrutivos pelos quais a mente nos leva, continuaremos presos à limitação, à dor e ao sofrimento.

Se você quer prosseguir na leitura, sugiro que abra seu coração e não se preocupe em "entender racionalmente", pois sua mente vai espernear na tentativa de fazer você desistir de se aprofundar em si mesmo. Apenas leia com soltura e haverá uma compreensão em outro nível de sua consciência. Acredite.

Para que possamos cortar o mal pela raiz, precisaremos ter coragem e honestidade suficientes para que possamos descobrir qual é esse mal verdadeiro que está por trás de todos os nossos sofrimentos e angústias, precisamos ter coragem de enfrentar nosso medo da verdade, pois a verdade que encontraremos é que somos nós mesmos que causamos todos os males em nossa vida. Muito já se falou sobre isto, muitos estão mais conscientes de que somos responsáveis por tudo o que nos acontece, porém, poucos são aqueles que "vivem" esse conceito e que buscam suas verdades em profundidade, com a real intenção de desmascararem o ego, desvendando todos os mistérios contidos no inconsciente.

A maioria das pessoas - inconscientemente - prefere ficar prisioneira da insatisfação a ter que se confrontar com sua realidade interior. Mas, para aqueles verdadeiros e incansáveis buscadores, que estão realmente dispostos a prosseguirem em sua jornada interior, a solução para sua vida é empunharem a espada da verdade e deixarem que seu coração os guie nas profundezas de seu inconsciente, na busca por suas verdades.

Enfim, se nossa escolha é de prosseguir com mais afinco e determinação em nossa jornada interior, precisamos estar prontos para grandes aventuras dentro de nosso universo inconsciente. Nesse mergulho mais profundo, encontraremos muitos lugares sombrios e tenebrosos, experimentaremos sentimentos, sensações e emoções que irão nos fazer tremer, paralisar de medo e até chorar como criança, mas como tudo o que há no inconsciente é pura ilusão, poderemos lembrar disso e deixar acontecer, pois nada de mal irá nos ocorrer, ao contrário, entrar na energia do Senhor Medo, deixando que ele mostre sua face - com nossa devida aceitação-, fará com que essa energia se dissipe e conseguiremos enxergar para além do medo, para descobrir o que ele estava tentando nos ocultar. Não há como entrar em contato com a realidade do mundo obscuro do inconsciente, sem que experimentemos o medo, isso é inevitável. Mas vale lembrar, que o medo é somente uma energia criada no inconsciente e usada pelo ego, na tentativa de nos fazer recuar para que não ultrapassemos as barreiras do medo, indo para além do ego, encontrando verdades que irão nos chocar - na maioria das vezes -, mas que o conhecimento das mesmas irá nos libertar verdadeiramente e nos conduzirá à conexão com nosso Eu Divino, que está por trás de toda essa realidade negativa. Nossa luz é prisioneira da nossa sombra.

Assim, empunhando a espada da verdade - não no sentido de enfrentar uma luta, mas no sentido de termos força e poder pessoal -, encontraremos, após passarmos pelo Senhor Medo, as verdades obscuras, chocantes e decepcionantes - num primeiro momento -, a respeito de nossa realidade negativa. Olhando diretamente para elas, sem temê-las e sem nos desviarmos delas, poderemos constatar o quanto criamos de tumultos, dificuldades, problemas e relações destrutivas, enquanto nos achávamos pobres vítimas das circunstâncias e das pessoas. É chocante quando descobrimos que somos nós que causamos muitos males aos outros, fazendo-os de nossos escravos, como que a obrigá-los a nos interditar e nos prejudicar, só para que possamos nos esconder da vida e para que possamos ter justificativas para nossa preguiça, nosso comodismo, nosso medo do fracasso e nosso medo da VIDA. Enquanto eles nos aprisionam e prejudicam, nos fazemos de sofredores e tentamos nos convencer de que não conseguimos mudar nossa vida somente porque eles não permitem, quando na mais profunda verdade, somos nós que não queremos fazer aquilo que nosso Espírito escolheu como missão de vida para esta encarnação. Ao mesmo tempo em que queremos realizar nosso propósito de vida, essa parte oculta de nós, está em pânico, desesperada em nos fazer desistir dessa ideia. Mas como não consegue seu intento, usa os outros para fazerem o "serviço sujo", nos causando todos os tipos de males que nos impossibilitam de caminhar rumo ao tão almejado propósito.

Esta é uma das raízes de nossos verdadeiros males. Nesse mergulho profundo e honesto, descobrimos uma faceta de nossa personalidade - que normalmente se mostra como um "ser real" em nosso inconsciente, somos capazes de ver sua imagem - que é o verdadeiro tirano e dominador, que nos controla, que controla as pessoas à nossa volta, manipulando para que tudo aconteça de acordo com suas necessidades ignorantes e limitadas. Essa parte de nós NÃO QUER que façamos aquilo que tanto acreditamos que desejamos fazer.

A espada é tão somente a força da luz da verdade que ilumina a mentira e a ilusão. Diante da verdade manifestada à nossa frente, enquanto somos capazes de aceitar tudo o que descobrimos a nosso respeito, a ilusão vai se desfazendo e a verdade se ilumina para além da ilusão. Nesse ponto, só o precisamos fazer é desejar que o potencial de cura para essa questão, que já existe dentro de nós, se manifeste, para que possamos utilizá-lo. Esse recurso para a cura e autolibertação, chega a nós de uma forma sutil, porém potente. Não conseguiremos ter um entendimento racional para a cura que nos é apresentada, mas conseguiremos sentir a força dessa cura aflorando dentro de nosso coração. Ao mesmo tempo em que estamos diante de uma verdade estarrecedora, triste e decepcionante sobre nós mesmos, somos também capazes de sentir a força da paz interior se manifestar de forma intensa e tão poderosa, que não conseguimos pensar, tudo acontece de forma tão diferente de tudo o que estamos acostumados ao vivermos racionalizando a vida incessantemente, que não conseguimos saber o que está acontecendo. E isso é ótimo, pois não precisamos saber racionalmente, porque simplesmente sentimos também a força de nossa sabedoria interior a nos deixar tranquilos, com a sensação de que saberemos o que fazer e de que TUDO SE RESOLVERÁ.

Isso é libertador, pois sem percebermos, a vida começa a se abrir e a fluir de uma forma totalmente nova e com novo sentido.

Texto revisado

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 95

foto-autor
Sobre o Autor: Teresa Cristina Pascotto   
Atuo a partir de meus dons naturais, sou sensitiva, possuo uma capacidade de percepção extrassensorial em níveis transcendes. Desenvolvi a Terapia Transcendente, a qual objetiva conduzir à Cura Real e à libertação integral do ser. Sou uma pesquisadora do inconsciente profundo, para descobrir seus mistérios e as chaves para a libertação real.
E-mail: crispascotto@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Abrandar o sofrimento
artigo Apenas um espírito espiritualista
artigo O que é o EU?
artigo Orientações Astrológicas para 2021

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa