auravide auravide

A força das superstições


Facebook   E-mail   Whatsapp

É certo que as superstições não têm poder algum. O que acontece é que se afirmamos e acreditamos que esses objetos atraem uma posição feliz, isso criará em nossa mente a expectativa do bem, a qual produzirá um resultado satisfatório, o mesmo acontecendo a objetos usados com o intuito de fazer o mal. Tudo está no poder das palavras que proferimos e também na força dos nossos pensamentos.

Há quem acredite na sorte que o elefante, a fonte, o espelho quebrado, o trevo de quatro folhas ou o pé de coelho possam trazer. Outras superstições são vistas com um duplo significado, positivo ou negativo, dependendo de quem acredita. É o caso do gato preto, do número treze, da escada, da aranha.

Acreditar ou não em superstições é algo extremamente subjetivo. Tanto isto é verdade, que para uns tudo o que se relaciona a essa crença não passa de uma grande bobagem e, para outros, o medo ou a força da coragem podem comandar as suas vidas por serem absolutamente crédulos em algo fortuito que não passam de presságios infundados.

Existe um conceito já definido entre os religiosos de que o supersticioso não herdará o reino de Deus, ainda que essa superstição esteja fora da temática religiosa. Entretanto, não existem, em nenhuma religião, citações que excluam crentes em superstições de receber graças das suas divindades, até mesmo porque cada uma delas possuem rituais que, eventualmente, podem ser considerados apenas superstições por outras.

Estava passeando com um amigo quando, ao atravessarmos uma rua, ele encontrou uma ferradura. Ele ficou muito alegre, depositando toda a sua esperança da expectativa de sua promoção naquele objeto. Falou que a sorte estava ao seu lado e que alguém especial tinha colocado aquela ferradura no seu caminho. Com efeito, naquele momento, aquilo era a única coisa que podia gravar-lhe na consciência uma boa impressão. Assim, a sua esperança tornou-se fé e ele, finalmente, conseguiu um bom resultado. A promoção desejada foi além da imaginada. Tudo isso para dizer que as superstições podem se transformar em fé, que se torna certeza e logo será transformada em sucesso. Isso é objetivo atingido.

Às vezes, podemos ter grandes dificuldades de encarar situações adversas ou de vencer os nossos medos e aí muitos costumam atribuir essas questões a um poder negativo que possa estar nos rondando. Parece até que certas circunstâncias ou certas pessoas invariavelmente nos trarão desilusões em nossos objetivos.

Entretanto, isso é uma impressão de nosso subconsciente e, para desfazer tal impressão, é preciso acreditar em si, ter fé, ter confiança e a certeza de que somos possuidores de uma energia divina que nada consegue ultrapassar. De posse dessa fé, dessa certeza, notaremos imediatamente uma mudança e as boas surpresas começarão a se apresentar.

Sempre que você tiver uma coisa a ser feita e o medo aparecer, procure vencer esse temor com toda a sua confiança. Esse medo não passa de ilusão do subconsciente. Primeiro, procure, sozinho, vencer a si mesmo e, caso não consiga, procure ajuda. Ao procurar ajuda, você já estará dando passos importantes para a superação das suas dificuldades.

Saiba que as forças invisíveis agem sempre em favor daqueles que estão contínua e corajosamente avançando pra frente. Em virtude das forças vibratórias dos pensamentos e palavras, quando uma pessoa fala algo, já começa a desenvolver um poder de atração. Podemos pensar que dizemos algo sem pensar, mas o que acontece é que em, algum momento de nossa vida, já falamos algo que poderia nos afetar no presente. As palavras ficam guardadas em nosso subconsciente.

Quando tivermos o conhecimento da verdade, quando, de coração, desejarmos a felicidade do próximo, nunca mais deixaremos de ter muito cuidado com os nossos pensamentos e palavras. O ideal é estarmos todos centrados em um objetivo superior que é a evolução do ser humano.
Um antigo ditado diz que o ser humano só deveria falar para três objetivos: curar, abençoar e prosperar.
Com efeito, o que falamos dos outros também será falado de nós, e o que desejamos aos outros também se apresentará a nós. Se desejamos má sorte para alguém, incontestavelmente a atrairemos para nós. Se desejamos ajudar alguém na sua vitória, estaremos desejando e facilitando a nossa própria vitória.

Os transcendentais sabem que todas as enfermidades têm suas correspondentes mentais e que para curar o corpo é preciso, primeiramente, curar a alma. A alma é a nossa mente no subconsciente, que precisa ser “salva” dos pensamentos destrutivos.

Quando dominarmos os nossos pensamentos deixando-os cheios das boas ideias e perfeitos para receber todo o amor de Deus, estaremos nos tornando todos um.

Os nossos únicos inimigos estão dentro de nós. E estes inimigos serão os que estarão dentro da nossa própria casa. O nosso egoísmo pessoal será um dos últimos inimigos que teremos de vencer. À proporção que formos despertando aos nossos verdadeiros sentimentos, o amor de Deus vai ocupando os espaços da nossa alma, do nosso coração.

Se tivermos pensamentos inteligentes e esclarecidos pela luz da verdade, procuraremos nos aperfeiçoar, trabalhando para melhorar o nosso caráter e para manifestar uma melhor intenção para com o nosso próximo. Se dirigirmos pensamentos de amor e desejos de felicidade a alguém que deseja o nosso mal, este perderá todo o poder de nos prejudicar.

Os nossos pensamentos, as nossas palavras expressas com sentimento de coragem, boas energias, saúde e triunfo nos levarão aos resultados almejados, ao passo que, se as expressarmos com sentimentos de dúvida, insucesso, desânimo e medo, esses sentimentos nos atrairão coisas más e desagradáveis. Quanto mais falarmos sobre algo, mais influência ele adquirirá em nossa vida e, consequentemente, quanto menos falarmos em coisas desagradáveis, mais depressa passarão.

Por isso tudo, vale muito a pena se agarra em qualquer coisa que desperte coragem, vontade, ânimo, alegria e fé. Nem que para isso usemos o poder e a força das superstições, desde que sejam para o nosso bem e para o bem do próximo, pois Deus está em tudo o que usamos para despertar a nossa fé, a nossa certeza e o nosso amor.

BNN

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 344


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Bernardino Nilton Nascimento   
"Não seja um investigador de defeitos, seja um descobridor de virtudes"./ "Quando a ansiedade assume a frente, as soluções vão para o final da fila"./ "Quando os ventos do Universo resolve soprar a favor, até os erros dão certo". BNN
E-mail: bernardinogga@gmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa