auravide auravide

A Grande Família Cósmica - Não Estamos Sós - Cap III - A Escola da Vida


Facebook   E-mail   Whatsapp

Canalizado por Paulo Veneziano
O que a vida nos ensina? Será que todos os dias experimentamos sensações e circunstâncias que nos mostram algo e muitas vezes não percebemos? Será que os acontecimentos diários, bons e ruins, estão todo o tempo sinalizando coisas que muitas vezes sequer notamos? A rotina e os afazeres cotidianos nos afastam da contemplação e da observação de fatos importantes que acontecem em nossas vidas e são excelentes oportunidades para o nosso crescimento espiritual. Todas as vezes que passamos por situações e vivemos experiências em nossas vidas estamos agregando conhecimento e saberes que nenhuma escola ensina.

E por que dizemos isso? Porque já passamos por essas coisas e é nosso dever lhes avisar, pois assim não desperdiçarão nenhuma oportunidade que surja em suas vidas. Todos os acontecimentos trazem aprendizados e nos ensinam como devemos agir diante deles. É uma experiência rica e única, vivida por cada pessoa e por isso é tão especial. Cada um que a recebe, percebe de uma maneira particular e essa é a verdadeira riqueza que o Pai poderia nos ofertar. Diferentes opiniões, sensações e experiências vividas com um acontecimento único. Por isso é tão importante preservar a vida, pois cada um traz dentro de si um tesouro único e inestimável. Todos os seres são importantes e nenhum é tratado de forma diferente pelo Pai que a todos acolhe e ama indistintamente. Não devemos banalizar a vida pelo que se ouve nos noticiários, que com o passar do tempo vai como anestesiando e deixando a todos insensíveis diante do sofrimento e das tribulações das pessoas.

Quando dizemos que somos uma grande família, queremos dizer que nos importamos com vocês como nossos queridos irmãos, mesmo sendo diferentes em vários sentidos, mas com a mesma origem divina. Por isso, não podemos nos conformar com tantas injustiças que o seu mundo mostra todos os dias e queremos que vocês sintam o mesmo. A indignação se contrapõe com a indiferença e nos ensina que não devemos ficar inertes e conformados diante de tantas aberrações. Devemos sim reagir e lutar pelas verdades eternas, aquelas que o Mestre Jesus nos ensinou e também ensinou a vocês. São ensinamentos sagrados, porque trazem dentro de si amor e carinho jamais vistos. Aquele amor sincero e incondicional que a todos perdoa e acolhe. Se tivéssemos ao menos um pouco desse tão nobre sentimento, certamente o mundo seria bem melhor e estaríamos livres dos ataques do mal.

Queremos que saibam que também nós passamos por tribulações e tentativas do mal em nos afastar do bom caminho e por isso insistimos que a vigilância deve ser constante e severa. Não devem baixar a guarda uma só vez e achar que já podem relaxar e viver a vida de forma tranquila. O que estamos querendo dizer é que precisam estar vigilantes, pois o mal sempre está à espreita e espera pacientemente o momento para atacar e minar as defesas dos incautos e inconsequentes. Jesus quando aí esteve foi tentado no deserto, passando por situações que todos vivemos e nos ensinou que devemos ser fortes e perseverantes em nossas convicções. Jamais devemos sucumbir às forças das trevas, pois elas nunca se cansam de nos atacar e aliciar. O mal é silencioso e traiçoeiro e sempre aguarda pelo momento certo de agir. E como devemos fazer para nos proteger? Simplesmente mantendo a conexão com o Pai, através da meditação e do recolhimento que são os alimentos da alma que precisa se fortalecer e ficar imune, como o corpo físico precisa se nutrir para não contrair nenhuma doença.

Qualquer semelhança com os cuidados que dedicamos ao corpo físico não é mera coincidência se pensarmos em nossa alma, o nosso espírito, a nossa essência divina que nunca vai se apagar, mas que poderá ficar adormecida pelos nossos atos e pensamentos inconsequentes. Sim, a alma também adoece, fica fraca e indefesa diante dos ataques das trevas e da mesma forma que fazemos com o nosso corpo físico, através de maltratos e relaxo, ela também ficará vulnerável e uma presa fácil para as pretensões do mal. Já dissemos que as pessoas são usadas e manipuladas pelas forças do mal, que sem saber viram seu instrumento e servidão. Se entregam em suas amarras e caem nas suas armadilhas sem saber o que lhes está acontecendo. Já sentiram arrependimento quando fazem algo de ruim para alguém ou para vocês mesmos ao perceber que o fizeram num momento de descontrole e ira? Isso acontece porque num momento de desequilíbrio emocional se deixam levar por maus pensamentos, coisas que são plantadas em suas mentes e que não sofrem nenhuma retaliação. É o mesmo que acontece num corpo indefeso, sem anticorpos e nem defesas que possam rechaçar os visitantes indesejáveis.

Tudo isso que estamos lhes passando não é nenhuma novidade ou algo que não saibam, mas é por isso mesmo que estamos reforçando, por se tratar de algo que todos sabem, mas nada fazem para rebater e reagir. E diante disso o mal triunfa, pois, sabe que os seres humanos são suscetíveis a essas coisas. Os mesmos sentimentos que demonstram quando se compadecem de alguém ou do seu sofrimento, são os mesmos que os levam a fazer coisas indesejáveis, pois essa instabilidade emocional que é um traço do ser humano, pode levá-los a coisas grandiosas ou até catastróficas se não forem bem conduzidas e assimiladas. Por isso é tão importante cultivarem o equilíbrio emocional e não se deixarem levar por provocações e desaforos. Todas as vezes que conseguirem rechaçar as investidas do mal na tentativa de lhes desviar do caminho, sentirão um profundo sentimento de vitória e realização, não aquela conquista que demonstra superioridade e poder, mas a que a consegue sobrepujar através da força do espírito, aquela nos aproxima do Pai e nos torna diferentes de toda a criação.

Sim, a vida nos ensina, uma verdadeira escola que não usa os métodos convencionais de aprendizagem, mas que mostra através do exemplo e da vivência o que é mais importante e deve ser priorizado. Somos os senhores de nossas vidas, porque o Pai nos deu a faculdade de pensar e deixou em nosso interior, o sopro divino, a essência do Pai, o nosso lado espiritual que é forte e soberano. E por isso devemos cuidar bem dele, o nosso tesouro maior, o melhor presente que poderíamos almejar, a nossa origem divina, criados à imagem e semelhança do Pai, sem a qual seríamos seres comuns e sem expressão.

Então, queridos irmãos, saboreiem cada momento de suas vidas e não desprezem nenhum, mesmo aqueles que lhes trouxeram dor e sofrimento, pois são as circunstâncias do dia a dia que lhes irão moldar o caráter e torná-los ainda mais fortes e determinados.

Estes são os ensinamentos de hoje. Sigam na luz e na paz.

Somos seus mentores Bem Sharon de Arcturus e Shanuá de Vênus mais uma vez para este importante momento de transição do planeta Terra.

São Paulo, 19 de setembro de 2021.
Texto Revisado

 

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 438


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Projeto Terra   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa