auravide auravide

A Grande Família Cósmica - Não Estamos Sós - Cap III - Transformem as Boas Intenções em Ações Concretas


Facebook   E-mail   Whatsapp

Como é bom saber que não estamos sozinhos e que podemos contar uns com os outros. Nada mais triste do que a solidão e o abandono. Por isso, reforçamos que vocês são da nossa família e, portanto, podem contar conosco, como bons irmãos que somos. E o mais importante é colocar esse sentimento em prática através de atos concretos e gestos sinceros. Toda vez que acolhem os mais necessitados e lhes prestam auxílio, verão que é para vocês mesmos que estarão fazendo, pois é assim que uma família de verdade reage. Vibramos com a felicidade e o sucesso de vocês e torcemos para que tudo de bom ocorra. Quando tudo parecer difícil, lembrem-se que estamos e estaremos sempre aqui para ajudá-los e assisti-los.

O sentido de união e de fraternidade vem exatamente desse sentido de pertença, de inclusão e de respeito ao próximo. Hoje somos nós que estamos lhes ajudando, mas amanhã com certeza serão vocês que estarão prestando auxílio a outros irmãos que se encontram em situação difícil e anseiam por ajuda e por alguém os ouça e compreenda. Tudo é cíclico na vida e há sempre o momento de receber e outro de ofertar. Devem se alegrar quando receberem ajuda e serem gratos àqueles que lhes prestaram apoio, mas se surpreenderão com a alegria que sentirão quando fizerem o bem a quem mais necessita. Vocês sabem que a alegria de ver alguém feliz supera a nossa própria felicidade, pois nos vemos nos irmãos e sentimos como eles. O sentido de se colocar no lugar do outro, de ter empatia e compaixão é o maior legado que o Mestre Jesus poderia nos deixar. Em todas as oportunidades que teve, Jesus sempre demonstrou grande carinho pelos excluídos e marginalizados, dando–lhes atenção e amor sem se importar com a sua condição econômica e social. O seu exemplo deve ser seguido, pois Ele nos ensina que não devemos fazer diferença entre os irmãos e todos são muito benvindos.

Mais uma vez, o gesto concreto supera a boa intenção e o pensamento positivo, pois age na fisicalidade, amenizando o sofrimento e a dor, possibilitando que mais e mais pessoas tenham uma nova chance de poderem se recuperar e se reerguer. O Pai sempre concede uma nova oportunidade para que os seus filhos se arrependam e se conscientizem do mal que possam estar causando para os seus irmãos. Como verdadeira família que somos, devemos perdoar e acolher todos os irmãos, mesmo aqueles que possam ter cometido alguma falta. Não é exatamente isso que esperam que o Pai faça, que nos perdoe mesmo quando erramos? Então, na mesma medida, devem repetir o seu gesto e colocar em prática esse ensinamento. Por isso, vamos convidá-los a fazer juntamente conosco, um plano de ação, uma nova forma de enxergar a vida e colocar objetivos concretos em pauta de tal forma que ocupem um tempo e um espaço em suas vidas. Não mais serão permitidos o descaso e a indolência, o fazer de conta que não temos nada a ver com isso e simplesmente ignorar aquilo que está visível diante de nós. A indiferença mata da mesma forma que a violência, pois mesmo que não cause dor e nem sofrimento físico, machuca a alma e deixa aquela sensação de abandono e de frieza.

Podem ser coisas simples e de fácil execução que não requer grande esforço e nem recursos, mas para quem recebe faz toda a diferença. Um simples gesto de ternura e compaixão, uma palavra amiga na hora difícil, uma ajuda material como um alimento ou uma roupa trazem dignidade e renovam a esperança dos mais necessitados. A sensação de bem-estar é indescritível e traz paz e serenidade tanto para quem auxilia, como para quem recebe. Então, porque adiamos e postergamos estas coisas e não colocamos como prioridade em nossas ações diárias? O que falta para que essas idéias saiam da simples boa intenção e se transformem em ações de verdade? Falta tomarem decisões acerca de suas vidas, definirem o que esperam de vocês mesmos e o que podem fazer com as suas capacidades e aptidões. Se fizerem um bom exame de consciência verão que terão muito o que fazer e se sentirão agradecidos pelas oportunidades que o Pai irá lhes oferecer.

Agora perguntamos a vocês, será que já não tiveram essa chance no passado e simplesmente a ignoraram? Talvez o corre-corre e a luta pela sobrevivência tenha deixado vocês absorvidos em coisas repetidas e isso pode lhes ter tirado a capacidade de observar o que acontece à sua volta. E vejam que quando dizemos isso, não estamos nos referindo às pessoas que não conhecem ou que passam por vocês, mas também dos próprios familiares e amigos, pessoas mais próximas que precisam de atenção e carinho da mesma forma que os mais necessitados. A coisa mais gratificante que podem fazer é surpreender e agir quando menos se espera. Já viram a alegria da surpresa que causam quando oferecem um brinquedo a uma criança ou quando abraçam alguém num gesto espontâneo e sincero? É como uma fagulha que acende uma fogueira e traz luz e calor, alento e esperança. A receita é simples: ajam de forma espontânea e sincera e não se preocupem com o reconhecimento ou a gratidão, pois muitas vezes isso pode não acontecer e lhes trará uma sensação de desalento e decepção. Façam simplesmente e não esperem nada em troca. Se algo vier, sejam agradecidos e demonstrem contentamento e isso será o bastante.

Pode parecer estranho estarmos pedindo essas coisas a vocês, pois não é assim que o mundo contemporâneo enxerga e pensa. Tudo é muito efêmero e voltado para a satisfação individual, onde prevalece a ganância e o egoísmo, o sucesso e o reconhecimento, o crédito e a fama. Não há espaço para a caridade e a empatia e por isso receberão críticas e serão persuadidos a agirem de forma contrária. Mas é aí que deverão mostrar personalidade e convicção nas suas crenças e valores e não se deixarem levar por palavras vãs e sem sentido. Isso pode vir de pessoas amigas e mesmo de familiares, pois o lado das trevas usa essas pessoas para lhes confundirem e lhes tirarem da rota e desviarem o seu caminho. Devem ser fortes e perseverantes e não se abalarem com as opiniões dos outros, pois o que importa mesmo é a consciência tranquila e a sensação do dever cumprido.

Estes são os ensinamentos de hoje. Sigam na luz e na paz.

Somos seus mentores Bem Sharon de Arcturus e Shanuá de Vênus mais uma vez para este importante momento de transição do planeta Terra.

São Paulo, 11 de setembro de 2021.
Canalizado por Paulo Veneziano

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Projeto Terra   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa