Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
Home > Espiritualidade
A História da RAI

A História da RAI

por Cristina Longhi
Facebook   E-mail   Whatsapp   chat aura


A história da RAI confunde-se com a vida do escritor, médium, terapeuta espiritual F. E. Eckard Strohm. Quando ele estava escrevendo seu segundo livro, A Sabedoria dos Mestres de Atlântida,  foi presenteado pelo Arcanjo Uriel com o direito de ler nos Arquivos Akáshicos. Neles encontrou um método de cura chamado Atlantis Arolo Tifar.

F. E. Eckard Strohm, desde os quatro anos de idade apresentou potencialidades mediúnicas. Aos dez anos, pelos ensinamentos de seu pai, médico magnetizador, o menino já tratava pacientes com magnetização. Aos 16 ganhou de seu pai a formação de médico hipnotizador que, mais adiante, praticou ao lado de médicos de renome. Através dessas terapias hipnóticas seus pacientes constataram que uma energia agradável emanava de suas mãos e que ela tinha poderes de cura espontânea. Baseado nisso começou a desenvolver-se, especializar-se e fundamentou o ensinamento da técnica que hoje se conhece por Terapia Espiritual Ativa, que pode ser aprendida por qualquer pessoa. 

Durante seu desenvolvimento instruiu-se através de diferentes ordens e fraternidades pelo mundo afora, tais como Rosa-cruz, Maçonaria, Essênios, entre outras. Estudou a filosofia e o comportamento de diferentes linhas espirituais, bem como teve contato e trabalhou com pessoas de diferentes linhas mediúnicas. Constatou que em todas essas modalidades estudadas se obrigaria a comprometer sua liberdade e individualidade. Desde os 16 anos já havia formado uma filosofia de vida baseada na premissa de que: "A coisa mais sagrada do indivíduo é a sua liberdade, e esta termina onde ameaça a liberdade do outro indivíduo."

As suas descobertas pelo mundo afora mostraram que o ser humano está muito longe disso. Concluiu que não basta apenas curar as pessoas, mas também terá que ampliar os limites de sua liberdade soltando-lhes as amarras que limitam sua liberdade. Isso poderá ser conseguido através do auxílio às pessoas no seu desenvolvimento espiritual por meio de cursos formadores e incentivadores das potencialidades espirituais divinas de cada ser humano. 
Por sua formação em treinamento de pessoal foi possível para ele preparar uma didática para esses cursos. Logo em seguida, com conhecimentos adquiridos na área didática de treinamento pessoal, fundou o "Creative Team Commercial" onde atuava na área de treinamento de administradores. Paralelamente a esses treinamentos começou a ministrar cursos esotéricos espirituais. Em pouco tempo, o interesse por cursos esotéricos aumentou de tal forma que abandonou a área de treinamento de pessoal.

Em 1987 uma experiência causou uma marca muito profunda em sua vida. Ele já estava acostumado, desde a infância a estabelecer contato com seres espirituais, tal como anjos e pessoas falecidas, com os quais inclusive conversava. Mas em outubro de 1987 ele se surpreendeu com um encontro com o Arcanjo Uriel. Ele presenteou Eckard Strohm com o direito de penetrar nos Arquivos Akasha, onde se encontram registrados os "filmes" da vida e história de toda humanidade. Em 1988 teve um novo contato com o Arcanjo Uriel, no qual ele sugeriu grandes mudanças na vida de Strohm, tanto na vida profissional,  quanto na particular. Ainda solteiro, os anjos haviam lhe pedido para que escrevesse um livro descrevendo os meios usados para comunicação, em tempos remotos, ainda no período de Atlântida, quando os anjos governavam o mundo (Jardim do Éden). Através desse sistema qualquer pessoa poderia estabelecer um contato com os anjos, ou seja: falar, ouvir, ver e sentir sua presença. Surgiu assim o livro "Anjos de Atlântida", para o qual logo recebeu cartas de inúmeros locais do mundo agradecendo sua publicação, que já é disponível em vários idiomas. Mais adiante esse conhecimento foi ampliado com o curso "Vivendo com os Anjos", que hoje já é disponível em diversos países, inclusive no Brasil.
Cada vez mais seus alunos requisitavam informações mais aprofundadas sobre o sistema de vida em Atlântida. Com isso tornou-se necessário escrever o segundo livro, "A Sabedoria dos Mestres de Atlântida", através do qual se deparou com o sistema de cura usado em Atlântida, que se chamava Atlantis-Arolo-Tifar. Ficou tão impressionado com esse sistema de cura que decidiu que se em algum lugar do mundo em alguma época isso foi usado e ensinado, ele deveria descobrir como aprender. Nos Arquivos Akasha ele descobriu que a modalidade passiva desse método já havia sido redescoberta no Japão por Mikao Usui, mas a versão ativa dela era totalmente desconhecida à humanidade atual. Strohm estabeleceu contato mediúnico com o espírito ainda não reencarnado daquele que fundamentou o Reiki, Usui, ganhando dele a iniciação e a tarefa de introduzir uma nova organização que se adaptaria à filosofia ocidental moderna, essencialmente cristã, iniciando assim as reformas necessárias. Sabia ele que a missão recebida lhe reservaria grades desafios. Assim, em 1991, juntamente com alguns amigos e colegas terapeutas fundou a organização chamada RAI - Reiki Association International.

Cristina Longhi ministra os cursos da RAI no Brasil de forma particular ou grupos pré-formados: [email protected]

Texto revisado por Cris


Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 6
Atualizado em 15/05/2009

Veja também
artigo A resiliência pode ajudá-lo a superar a crise
artigo Só o agora importa
artigo Você sabe quem é quem na trama familiar da mãe abusiva?
artigo Coração Ardente

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo



Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa