auravide auravide

A Vida como é vivida



Ao longo da história ocasionalmente surgem algumas pessoas diferentes das demais. São pessoas que se destacaram pela sua inteligência e sensibilidade, por sua visão social abrangente e pela simplicidade com que transmitiam os seus pensamentos. Podemos citar alguns deles que souberam transmitir os seus pensamentos, tais como: Buda, Maomé, Aristóteles e, no Brasil, Francisco Cândido Xavier, Irmã Dulce entre outros, o mais importante de todos os seres humanos é Jesus Cristo.

Curiosamente todos eles tinham alguns pontos em comum, amavam sobretudo os mais carentes de luz amor e justiça, foram perseguidos por pregar as suas ideias e por quererem acima de tudo que os seus semelhantes tivessem liberdade espiritual, muitos deles foram brutalmente assassinados; outro ponto em comum é que se despojaram totalmente de seus bens materiais.
Pode parecer estranho em pensar porque eles abriram mão de suas fortunas e segurança familiar, para saírem pelo mundo, divulgando as suas ideias, não muito populares, entre os poderosos, se arriscando e muitas vezes entregando as suas vidas pelo seu semelhante.

 A resposta é simples: eles tinham e têm amor e aí que deparamos com outro ponto comum entre eles pois sabiam como captar e transmitir esse amor.

 A palavra amor pode assumir diferentes nomes, mas sempre com o mesmo sentido: Deus, Energia, Força, Cura etc.

 Nos dias de hoje tão atribulados e tão violentos, fica cada vez mais difícil compreender o que nos cerca e até compreender a nós mesmos.

Esquecemos de utilizar da meditação que esses irmãos maravilhosos se utilizaram como a verdadeira prece.

Vamos olhar com muito respeito o dia das nossas vidas e o que vemos?

Nada! Que tudo é irreal, nós apenas criamos aquilo que nos interessa para as nossas vidas, não importa muito que a vida nos exige, o que realmente importa é o que a nossa sagrada família tem por merecimento receber de nós mesmo.

A nossa última preocupação é o que temos que ganhar para o nosso egoísmo, para satisfazer o nosso ego e para que enfim, nós possamos ter uma vida social admirável, pela nossa beleza e pela nossa força financeira. E por este motivo que não importa o que pensamos porque nós temos a consciência vaga que um dia vamos perder a nossa vitalidade, a nossa saúde e que vamos envelhecer e que um dia chegaremos a desencarnar, mas, isso nós escondemos bem no fundo do nosso íntimo porque não podemos sofrer os horrores do medo.

Como mudar tudo isso?

 É difícil! É o mesmo que tirar o brilho da Lua e das Estrelas, é simplesmente aceitar essa verdade, pois, ela é cruel, nos maltrata, enfim, temos medo,
muito medo e por isso lutamos - lutamos para viver - viver intensamente sem olhar a quem prejudicamos.

É errado, sabemos que é errado, mas todos procuram de uma forma ou de outra atacar, porque todos nós queremos ficar em evidência, bonitos e importantes, não olhando quem possa realmente estar por detrás chorando a nossa ausência ou a nossa perda, porque estamos em outras vidas em outras aventuras.

Temos que parar para pensar em vencer, desconsiderando o lado negativo que não traz nada, e, isso é impossível porque o prazer de alguma forma irá evitar o sofrimento, talvez alguns segundos, depois cairemos na realidade.
 
A vida é uma só, nós temos que encará-la e vamos perceber que o prazer não evitou nada e sim trouxe maiores consequências, que também teremos que enfrentar.

Porém todos os momentos agradáveis das nossas vidas passam, simplesmente passam, porque toda situação de alegria e prazer acaba sendo logo seguida de uma forte dor, como a traição. Será que foi traição mesmo?

 Não! É a nossa fuga para o lado negativo que nos faz perder, nos torna amargo, às vezes, cruéis aos nossos amigos, parentes e conhecidos.

Podemos aprender a ter uma vida melhor com estes seres que citei acima, que conseguiram alcançar a sua luz própria, através do único caminho a percorrer - a meditação.

Durante a caminhada de nossa vida, se usássemos a meditação para nos concentrar em todos os nossos atos, certamente a vida fluiria mais facilmente, até mesmo em eventos religiosos como as missas, casamento ou funerais.

 Essas ocasiões não seriam simplesmente apenas um desfile de moda e jóias caras, onde os ensinamentos de Cristo, o sacramento do matrimônio e a dor da perda são detalhes, que pouco importa, dá-se destaque ao decote ousado da fulana, a situação financeira do fulano, entre outros assuntos importantes. Onde está a religião?

 O Amor Entre os Povos não condena as participações sociais, muito pelo contrário, essas participações nos trazem uma troca de conhecimento favorável a nossa evolução espiritual, de que são sejam feitas com total relaxamento e concentração para captar a essência de tudo em nossa volta.

 Quando isso ocorrer, realmente, estaremos preparados para a meditação que serão caminho de retorno ao Grande Mestre Jesus Cristo, que encontrou força e energia para suportar a tudo e a todos: a meditação é o segredo.

Nosso endereço: Amor Entre os Povos, Rua São José, 247 - centro- Ribeirão Preto - SP, fone: 16 3625-0574.
abraços

Florêncio Antônio Lopes
Mestre Espiritualista site: www.aep.com.br Florêncio.al@gmail.com


Texto Revisado

Publicado dia 7/4/2021
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1



foto-autor
Autor: Florencio Antonio Lopes   
FLORÊNCIO ANTONIO LOPES Terapeuta Espiritualista graduado "Senhor-Mestre" Ribeirão Preto - SP
E-mail: florencio.al@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa