auravide auravide

Abertura para as reais mudanças


Facebook   E-mail   Whatsapp

Somente quando nos abrimos para as reais mudanças, permitindo que o Universo nos traga todos os recursos de que necessitamos, é que de verdade tudo começa a fluir. A forma como as mudanças ocorrem não são agradáveis ao ego, elas chegam de maneira estranha, de um modo que, antes, nunca conseguiríamos aceitar e compreender.

Quanto mais avançamos em nosso processo evolutivo, mais o ego vai fazendo com que tudo nos pareça escuro, difícil e perigoso. Logicamente que com essas sensações, muitas crenças negativas se manifestam. A crença básica é a de que não vale a pena fazer o bem e nos abrirmos ao amor, pois quanto mais nos iluminamos, mais as trevas se erguem contra nós.

Mesmo acreditando na força da Consciência Divina em nossa vida, outras partes de nós sempre estão a lutar contra a nossa expressão divina. Mas um impulso inexplicável e poderoso dentro de nós, sempre nos leva adiante, não conseguimos mais parar. Por mais que tudo esteja a ruir em nossa vida, por mais que estejamos nos sentindo ‘atacados física, energética e espiritualmente, ainda assim perseveramos.

E é essa força poderosa dentro de nós que começa a se libertar e se expressar em nossa vida, mesmo com todas as barreiras e sabotagens do ego. Chega um momento em que o ego começa a não ter mais tantos recursos para nos interditar e vai perdendo um pouco de seu poder sobre nós. Isso faz com que nossa alma se fortaleça e ganhe poder. Obviamente que na expressão de nossa essência, tudo começa a fluir, mas de maneira muito diferente de tudo o que havíamos idealizado e planejado. Nossos planos criados em momentos de expansão de consciência são magníficos, porém, quando ainda não conseguirmos interditar a influência do ego, esses planos divinos, ao serem trazidos para a terceira dimensão, são fisgados e utilizados pelo ego. Continuam sendo planos divinos, porém, não conseguem se expressar na forma original e livre.

Mesmo com isso ocorrendo, ainda assim é melhor termos planos divinos utilizados pelo ego do que termos apenas os velhos planos ignorantes e limitantes criados pelo ego.

Se desacreditarmos de tudo só porque num momento de meditação tudo era perfeitamente possível e divinamente agradável ao nosso coração e quando trazemos para a realidade física tudo se torna menos possível, por conta da força contrária do ego, perderemos a chance de conseguirmos realizar esses ideais divinos no tempo certo. E esse tempo certo só chega quando somos suficientemente capazes de nos erguermos a cada tombo que o ego nos fizer tomar. Com a aceitação dos tombos, perdas, dores e desilusões que o ego cria, somos capazes de encontrarmos formas divinas de nos erguermos e nos recuperarmos. A cada momento vamos nos fortalecendo e finalmente compreendendo o processo de vida pertinente à condição humana.

O ego só quer sobreviver e se compreendermos suas limitações e motivações, com aceitação, somos capazes de observá-lo, para conhecê-lo melhor, para que possamos conduzi-lo ao seu estado original de equilíbrio, fazendo então do ego, uma força a nosso favor, uma parte de nós que é capaz de acolher nossa alma, dando a ela toda a proteção, sustentação e força para que a alma alcance tudo o que precisa para expressar sua divindade, realizando nossa vida de forma divina.

Quando chegamos a este momento, a vida nos convida a brincar, a sair do casulo da dor que nos ‘protegia, e tudo começa a fluir, somos conduzidos a verdadeiras mudanças -às vezes muito difíceis-, e somos guiados divinamente, conduzidos com a amorosa ajuda dos Anjos que sabem o quanto estamos cansados e temerosos, eles sabem o quanto desejamos expressar a força de nossa alma e sabem o quanto tememos aquilo que está por vir, pois estivemos aprisionados dentro de um sistema de crenças altamente destrutivas que sempre nos faziam acreditar na dor, na miséria, na perda, nos ataques. Os amorosos Anjos começam a criar lugares de luz para que possamos ancorar nossa energia, onde possamos ter muito mais proteção, sustentação e apoio.

Esses lugares de luz são escolhidos pelos Anjos e eles preparam a energia de acordo com nossas necessidades, onde a energia de nosso lugar de poder, que foi criado pela Consciência Divina quando encarnamos, se "encaixa" perfeitamente e se fortalece, e todos os nossos dons, potenciais e capacidades se potencializam. Nesse ponto o ego tem mínima ação sobre nós.

A partir daquilo que precisamos viver, de acordo com o que é bom para o Todo, somos guiados a nos conectarmos ou nos instalarmos em algum novo lugar - seja energético ou físico, ou a uma egrégora. Esse novo lugar - vibracional -, não agradará ao ego, ele irá detestar essa nova instalação, encontrará mil defeitos e justificativas para nos fazer desistir do lugar e das condições.

Com isso, enquanto sentimos nosso coração se alegrar e serenar ao entrarmos na sintonia do novo lugar, que nos traz uma certeza muito grande de que é isso mesmo que devemos fazer, ao mesmo tempo começamos a ser bombardeados pelas dúvidas e negativismo do ego. As mudanças que vivíamos antes eram conduzidas pelo ego e não nos causavam tantas dúvidas quanto as que temos quando as mudanças da alma nos trazem condições energéticas e espirituais que a mente inferior não pode compreender. O novo é assustador.

A vida está nos convidando a uma abertura real para as mudanças e com certeza o medo irá mostrar sua face, ficaremos confusos e poderemos até perder o equilíbrio. Estará tudo certo. Conscientes desse processo, só precisamos então aceitar o convite e perceber o divino momento que está nos sendo oferecido. Este será um bom momento de entrega à meditação, com a intenção de elevarmos nossa consciência, para que a Consciência Divina possa banhá-la com toda a sua sabedoria e poder. O desejo deve ser de encontrarmos ferramentas e respostas elevadas que nos orientem em nossa escolha, para que não deixemos que a mente interfira.

Poderemos viver um momento poderoso de expansão de consciência, em que nos serão mostradas imagens, símbolos, luzes, cores, e cenas do que irá ocorrer de bom em nossa vida. Teremos uma experiência carregada de soluções e respostas codificadas, que nos serão entregues pela nossa Presença Divina e pelos Anjos, que serão compreendidas perfeitamente pelo nosso coração. Mas o ego não conseguirá compreender os códigos e irá questionar. Se não dermos atenção às dúvidas do ego e ficarmos com a força daquilo que nosso coração está sentindo, conseguiremos aceitar perfeitamente a escolha dos Anjos. Vislumbraremos um caminho de luz, que nos conduz para além de nossas limitações. Nosso coração só enxergará possibilidades, luz e oportunidades. Assim, a vida nos convida e estende a mão... humildemente deveremos aceitar seu convite, aceitando a mão estendida para pisarmos com confiança no novo caminho que está pronto em potencial de luz.

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 169


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Teresa Cristina Pascotto   
Atuo a partir de meus dons naturais, sou sensitiva, possuo uma capacidade de percepção extrassensorial em níveis transcendes. Desenvolvi a Terapia Transcendente, a qual objetiva conduzir à Cura Real e à libertação integral do ser. Sou uma pesquisadora do inconsciente profundo, para descobrir seus mistérios e as chaves para a libertação real.
E-mail: crispascotto@hotmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa