auravide auravide

Allan Kardec: O benfeitor de almas


Facebook   E-mail   Whatsapp

Você já se perguntou por que os Espíritos Superiores teriam confiado a Kardec a grande missão de materializar a promessa  de Jesus através da codificaçao da doutrina espírita? As comunicações do Espírito da Verdade, recebidas, analisadas, organizadas e explicadas por Kardec formaram as chamadas "Obras Básicas" do Espiritismo e representam verdadeiras bênçãos para toda a humanidade. Cada obra da doutrina espírita  nos oferta informações, verdades e esperanças que nos capacitam a conquistar um mundo melhor. O nascimento do Espiritismo pelas mãos de Kardec aconteceu em 1857, com o  Livro dos Espíritos, sendo esta uma obra filosófica que traz os principios da doutrina, versando sobre a imortalidade da alma, a natureza dos espíritos e sua relaçao com os homens, as leis morais e a vida futura. Em 1861 foi publicado o Livro dos Médiuns (trata da prática mediúnica) e nos anos seguintes foram publicados, respectivamente, o Evangelho Segundo o Espiritismo (roteiro da moral cristã),  o Céu e o Inferno (versa sobre as penalidades e recompensas futuras, considerando nosso comportamento atual) e, por fim, o livro A Gênese, os milagres e as predições (aborda a origem planetária, conceitos de milagres e predições). Na verdade, Allan Kardec  publicou outras obras espíritas mas a descrição da codificação da doutrina já nos permite responder à questão inicial. Nossos pensamentos, sentimentos e ações ao longo de nossa existência são conhecidos pelo plano espiritual e, portanto, Allan Kardec, cujo nome de batismo era Hippolyte Leon Denizard Rivail, era reconhecido como um homem de grandes virtudes e seriedade de propósitos. Desde sua adolescência, sua vocação e aptidões eram notáveis ou excepcionais. Foi conhecedor de várias ciencias e no período de 1824 a 1849 publicou várias obras voltadas à educação. Como Professor Rivail - como era conhecido - seus méritos como educador são incontestáveis. Ele foi um homem que soube adequar a inteligência e o amor, servindo a todos indistintamente, cumprindo destacarmos seu pensamento: "A educação é a obra da minha vida, não faltarei à minha missão, pois penso compreendê-la. Inimigo de todo charlatanismo, não tenho o tolo orgulho de acreditar cumpri-la com perfeição, mas tenho ao menos a convicção de cumpri-la com consciência". (Rivail, textos pedagógicos, 1834). Humildade, sabedoria, disciplina, coragem e fé convicta são algumas das inúmeras virtudes divinas do homem por trás da obra. Ocultou seu nome para exaltar a tarefa, deixou-se guiar por Deus para capacitar-se a guiar os outros, construiu sua fé acreditando no Divino e investindo no ser humano. Ser cristão convicto é isso: acreditar na essência divina que carregamos, exercitando-a e promovendo o bem. Somos todos filhos da criação divina. A vida e a obra de Allan Kardec (Prof. Rivail) comprovam que o único poder que transforma e eleva a humanidade é o amor. Sem amor não há elevação. Eduquemo-nos para vivenciá-lo, ofertando o melhor de nós em tudo o que fizermos, assim como fez Kardec.


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Adriana Aguiar Brotti   
advogada, mediadora e pós-graduanda em Terapia Familiar
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa