auravide auravide

Após a morte... Pra onde você vai?



Após a morte... Pra onde você vai?
 
"Oi Wilson,
por acaso a minha mãe mandou alguma notícia?
Tô muito infeliz.
Só queria uma palavra dela, se possível.
Tá doendo. Tô meio sem rumo...
Tenho visto ela por todos os cantos, como se estivesse do meu lado...
Minha filha também tem essa impressão.
Tá muito forte.
 
Isso é bom? Ou não!
Que devo fazer?
Não devemos nos apegar, dizem.
Me ajuda, amigo".
 
Esse é o depoimento feito pelo Walter. A mãe dele faleceu esse ano. Dias antes dele me escrever, de madrugada, vi no meu quarto ela, a mãe dele, com aparência de mais nova. Aura expressiva e boa. Fiquei feliz.
 
Na verdade, essa sensação, quase visão, que temos algum tempo depois da morte de alguém muito querido, pode acontecer. Há o desligamento do corpo e o Espírito está -após a morte- no mundo dos Espíritos. É concreto esse fato.
 
Agora, se a Laura é vista na casa que morou, junto da neta e filho, isso também é concreto e natural.
 
Dizem que isso é apego. Eu não. Entendo como bom, sentir ou ver.
 
Penso diferente. Ali é o seu Céu, sua casa, as plantas que ela tanto ama, a família.
 
Ou será melhor afastá-la dali e colocar ela num Hospital espiritual ou numa Colônia, "longe", dos seus.
Os Espíritos do Bem, com essa missão, fazem isso com Amor.
 
A morte não desfaz o Amor. Apenas desliga o Espírito do corpo. E o Espírito fica livre para ir e vir, de acordo com o Livre Arbítrio, uma sagrada Lei Divina..
 
É assim, você pode se aprisionar ou se libertar e ficar onde você quiser estar.
 
Claro, após a morte, há um tempo de adaptação. Quanto?
 
Digo para ele: a dor da morte é imensa! Somos humanos. Ficar sem rumo, após esse impacto, pode acontecer, sim. Depois de um tempo, vamos assimilando a perda.
O conhecimento sobre a vida espiritual pode ajudar. Se não houver culpa, remorso, o sofrimento é menor.
 
Por isso digo. Você ama? Então, abrace, beije, visite, dê apoio, converse, enquanto está aqui no mundo físico.
 
Ou você é dos que não dão apoio etc. e tal... e depois chora intensamente no velório?
Reflita sobre isso.
 
Revelei para o meu amigo Walter uma coisa importante. Naquele encontro da madrugada, ela me "falou" mentalmente: o meu filho não me transmitiu o vírus. Era a minha hora!
 
E o Walter disse: nossa, você tirou um peso enorme das minhas costas. Tava doendo muito. Pensava dia e noite que eu tinha contaminado minha mãe.
 
Depois disso, aliviado, não viu mais a mãe e segue seu rumo, sua vida.
E ela não está mais por aqui. Seguiu o rumo dela. Sinto que está bem!
 
Onde ela estará? No Céu, ou seja, numa Colônia, num Hospital ou por aqui em algum lugar onde haja paz e amor, na memória dos que a conheceram ou viveram com ela, nesse ou no outro lado do Universo.
 
Texto Revisado

 

Publicado dia 23/4/2021
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 26



foto-autor
Autor: Wilson Francisco   
Terapeuta Holístico. Desenvolve processo que faz a Leitura da Alma; Toque Quântico para dar qualidade à circulação e aos campos vibracionais; Purificação do Tronco Familiar e Cura de Antepassados para Resgatar, Atualizar e Realizar o Ser Divino que há em você. Agendar pelo WhatsApp 011 - 959224182 ou pelo email wilson153@gmail.com
E-mail: wilson153@gmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










horoscopo

auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa