Menu

Aprender a ser na visão da Psicologia Espírita

Atualizado dia 2/10/2024 11:32:10 PM em Espiritualidade
por Tania Paupitz


Facebook   E-mail   Whatsapp


Nossa maior dificuldade para realizar a tão comentada Reforma Interior é justamente descobrir o que em nós precisa ser reformado, transformando o “homem velho”, arraigado de crenças e tendências negativas, “ no homem novo”, aquele que vai ao encontro de si mesmo, despertando sua consciência, para as coisas do Espírito.
O ato de refletirmos sobre nossos comportamentos e atitudes, diante dos desafios que a vida  impõe, tem se tornando cada vez mais raro.
 
Na verdade somos  todos, constantemente, inundados por uma enxurrada de informações que nos tornam seres "distraídos", distanciados de nossa realidade interna, do nosso despertar espiritual.
O autoconhecimento visa nos conscientizar a respeito do que necessitamos transformar em nós, através da reforma intima, realizando o processo de autotransformação.

Segundo a mentora Joana de Angelis/Divaldo Franco no livro, “Refletindo a Alma”: “ São muitas as ferramentas que visam propiciar o autoencontro, porém, enfatiza que todo processo significa não apenas identificação das nossas necessidades básicas, mas, principalmente, de nossa realidade emocional, nossas aspirações legitimas e reações, diante das ocorrências do dia a dia”.  
No momento em que passamos a olhar para dentro de nós, deixando de lado o controle do ego, abrimos espaço para que nossa Alma se expanda, oportunizando-nos uma vida mais criativa, pulsante e vibrante, efetivando-se a experiência do SER, em detrimento do TER.

No mesmo livro: “Refletindo a Alma”, Joana de Angelis, faz breve comentario  sobre a Jornada da  Alma: 
 “O caminho para o encontro com o Divino passa por 4 pilares, resgatado pelo Espiritismo, permeando toda Psicologia Espírita, propondo ferramentas para um projeto consciente de crescimento, onde cada SER torna-se responsável por analisar e desenvolver as potencialidades e habilidades, que lhe são inerentes”.
Estes pilares estariam descritos no livro mencionado como: APRENDER A SER, aprender a se CONHECER, aprender a VIVER e, especialmente, aprender a AMAR.
O APRENDER A SER, diante do processo de autoconhecimento, nos confere desenvolvermos a habilidade da autoconfiança, do autoaceitação, da autoafirmação, de uma autoestima saudável e, principalmente, do autoamor. Ninguém vive sem a segurança em si mesmo, por isso, trabalhar-se intimamente, requer um esforço continuo e perseverante, na busca de um novo caminho que nos habilitará a experenciar uma vida mais plena e realizada, a serviço do nosso EU MAIOR – o SELF.
 
Texto Revisado


 

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 7


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

Conteúdo desenvolvido por: Tania Paupitz   
Tânia Paupitz é Artista Plástica e Professora de Artes, há 37 anos, sendo sua marca registrada as cores fortes e vibrantes, influência dos estudos de vários artistas Impressionistas. Cursos de Pintura em Óleo sobre tela, para iniciantes, adultos, terceira idade. www.taniapaupitzartes.blogspot.com waths - 48 9997234
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.
Deixe seus comentários:



Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


Siga-nos:
                 




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 


Siga-nos:
                 


© Copyright 2000-2024 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa