auravide auravide

As pessoas não morrem, ficam encantadas


Facebook   E-mail   Whatsapp

Bella, de seis anos, diz: vovô não morreu, ele está aqui sorrindo! Uma amiga, professora universitária, relatou esse fato pedindo apoio para esclarecer à aluna e família. Recebeu essa carta e eu a reescrevo com orientações, que entendo como oportunas e necessárias.

Bom dia, professora, desculpe a pergunta indiscreta, a professora é Espírita? Acredita em vida após a morte? Meu paizinho também era. Tenho uma amiga que foi em um Centro Espírita. Ela deu o nome do meu pai, tinha um mês de falecido e eles falaram que meu pai dormia, que era um tratamento.
(O conceito básico do Espiritismo para o pós-morte é que o Espírito, nessa transição/readaptação, precisa relaxar, dormir e ser tratado porque está mudando de plano existencial).

Como meu pai era espírita, seria mais fácil dele aceitar.Também me falaram, em um grupo espírita, que as pessoas que receberam meu pai foram minha vó, meu vô, meu tio, irmão dele que faleceu de câncer e meu irmãozinho, que faleceu quando bebê.

(Fenômeno natural, quando você chega em um novo lugar, os que o amam vêm fazer o acolhimento, as boas-vindas).
Professora, não consigo aceitar a morte do meu pai, e não sei como tirar isso do meu coração, choro muito. Sei que não é bom pra ele.
(É natural a não aceitação e até ficar intrigada, sentir-se abandonada. A dor da morte é gigante, e você tem o direito de senti-la. Dois irmãos de uma amiga minha, morreram com câncer. Eu senti que ela não estava bem, liguei. Ela estava indignada com Deus, pela morte dos dois e com o marido, dirigente espírita, que não permitia a ela chorar a perda dos irmãos. Incentivei ela a chorar sim, afinal, a perda física causa dor. Ela sabe que eles migraram para o Reino Espiritual.
A ausência, no entanto, é intensa e causa sofrimento. Somos humanos!)

Em Junho quase morri de taquicardia. Por cinco minutos eu quase parti, quis fazer o melhor dia dos pais, achando que seria meu último dia dos pais com ele, algo me dizia que eu morreria, não meu paizinho. Foi o melhor dia dos pais, uma grande despedida e da forma que ele amava fazer as coisas, festejando. Não consigo comemorar nada mais, nem o aniversário da minha filha eu consegui direito, choro muito, porque era algo que ele mais gostava e planejava tudo, primeiro que nós.
(Sim, essa ausência, especialmente em dias festivos é angustiante, repercutindo no desânimo, na perda de motivação e alegria).
Eu procuro não pensar na partida dele, foi da forma que ele sempre pediu pra Deus, sem dor, sem ficar em uma cama sofrendo, morreu enquanto dormia.
(Essa certeza, de que ele partiu para essa nova existência do jeito que queria, inclusive antevendo o fato, sinaliza o que é a absoluta verdade: a morte não é causada por doenças, acidentes, idade. A morte é o momento que Deus decide que seja terminada nossa missão na Terra. Ele foi um escolhido, tendo a morte como queria e sem dor).
Uma semana antes ele me disse: fia, logo partirei, dois anjos vieram me avisar noite passada. Passou 25 dias, meu pai me abraçou bem forte no sábado e me pediu pra ficar na casa dele e eu cansada por trabalhar de sexta pra sábado, disse que não ficaria, por estar muito cansada e ele me abraçou muito forte e deu um beijo em minha testa. No domingo à noite, ele disse pra minha mãe Lurdes: tem que ensinar alguém a separar seus remédios porque eu estou partindo e se despediu da minha mãe. Incrível, nesse dia, todos perdemos a hora para levantar. Meu marido tinha ido trabalhar porque trabalhamos a noite, eu acordei com falta de ar e uma dor muito forte no peito, então liguei para meu marido às 04:00h da manhã e falei que tinha sentido algo estranho e muita dor no peito, faltar de ar. Foi a hora que meu pai faleceu, como se ele tivesse vindo me avisar Me atrasei pra ir pra faculdade e quando foi 6:30h ligaram em casa, avisando que ele tinha passado mal e que era pra eu ir urgente pra lá, mas eu já sentia que ele não estava mais.
(Esses avisos são divinos. A Misericórdia Divina abranda o instante grave da partida dele para o mundo espiritual. Merecimento dele e de todos vocês).
Minha filha entrou no quarto em que ele estava e sorriu e disse: mãe, não fica assim, vovô esta aqui sorrindo e feliz e eu perguntei onde ele esta e ela apontou perto da porta do quarto, olhando pra nós. Estávamos debruçados sobre o corpo do meu pai, na cama. E teve um dia que eu acordei de repente e ela estava olhando do lado de minha cama sorrindo. Eu perguntei, Bella o que foi? ela me disse: vovô esta aqui sorrindo e disse pra você parar de chorar, porque ele esta bem e quer você bem. Minha filha tem 6 anos e dá força, para eu sobreviver.
(Essas visões da Bella com a singeleza dos seus seis anos representam uma resposta generosa de Deus para demonstrar, concretamente, que a Morte não existe. Não é comum, eu já presenciei casos assim. Um deles, Alice, 17 anos, morreu. E quando se dava o velório, no Hospital Albert Einstein, familiares e amigos diante do caixão. Jordana sua melhor amiga de Faculdade, olha na direção do caixão, sorri e dá tchauzinho, com a mão. Sua mãe e todos ficam admirados. Ela diz: "Gente! Alice tá aí, sorridente, dando tchau pra todos").
Todos esses fatos, visões, avisos dão a certeza pra vocês, que a morte não existe. Sintam, sim a presença dele, permitam que ele participe de suas vidas, isso não o atrapalha, não. Ele tem sua nova casa, compromissos outros, do lado de lá. Agora, ainda seu coração está com vocês e ficará para sempre porque vocês fazem parte de sua vida para sempre.
O Amor vence a morte e permite que ele possa transitar de lá pra cá, com leveza e alegria, acumulando duas funções, enquanto vocês, à medida que se confortarem, poderão também transitar da vida terrena para a vida espiritual, com leveza, sem o peso da perda, sim com convicção de que ele vive e viverá para sempre, em seus corações).
Como diz o poeta Guimarães Rosa: as pessoas não morrem, ficam encantadas.
Texto revisado



Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 5


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Wilson Francisco   
Terapeuta Holístico. Desenvolve processo que faz a Leitura da Alma; Toque Quântico para dar qualidade à circulação e aos campos vibracionais; Purificação do Tronco Familiar e Cura de Antepassados para Resgatar, Atualizar e Realizar o Ser Divino que há em você. Agendar pelo WhatsApp 011 - 959224182 ou pelo email [email protected]
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa