Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide
Home > Espiritualidade
Como cidadãos de bem podem cuidar dos  filhos diante de tanta violência?

Como cidadãos de bem podem cuidar dos filhos diante de tanta violência?

por LIGIA GRECCO
Facebook   E-mail   Whatsapp


Olá amigos! Mais uma terça abençoada e nosso artigo da semana está aí pra contemplar nossas ideias!

Resolvi escrever esse artigo para conscientizar sobre a importância de elevarmos nossas vibrações e pensamentos em Deus diante da onda de perigos e violência gratuita que tem se instalado nas comunidades.
Estamos numa fase onde tudo que era nossa segurança, virou problema: a casa, escola, vida... Nossa casa, porque através do mecanismo da internet em qualquer aparelho, tem levado à sedução do mal nossas crianças e jovens, através de pessoas, seres fantasiosos macabros, membros de comunidades ocultas, entre outros. A escola, porque antes era nossa segunda casa, agora é um antro de violência, drogas, desastres de todo tipo. E nossa vida? Frágil, na luta pela sobrevivência financeira, acabamos sufocando essa juventude com aspectos materiais e nenhum tipo de foco emocional equilibrado.

Porém, como elevar uma vibração se diante de tanto desamor e maldade, nós, adultos, também ficamos depressivos e impotentes? Tristes e com medo de tanta coisa ruim, tanto perigo?

Entenda, sou mãe, professora, sempre acreditei que os jovens e crianças não são apenas problemas da família. É obrigação da sociedade como um todo cuidar para que eles cresçam cercados de amor, compaixão e caridade. Assim, e só assim, conseguiremos educá-los e posteriormente teremos uma sociedade mais justa e equilibrada. Mas não estou dizendo que temos que educar "os filho dos outros" como a gente acha que deva ser. Estou dizendo que se alguém está triste, tímido, isolado, depressivo...precisamos observar e acolher com muito carinho. Identificar através de um olhar cuidadoso e gentil, e ensinarmos que todos à nossa volta devam fazer o mesmo. A dor do outro pode se transformar em raiva ou depressão, ambos levam a alguma tragédia.
E diante desses fatos, nossa única esperança é elevar nossos pensamentos para adquirirmos proteção a nós, ajudarmos o mundo e cuidarmos dos nossos filhos. Se por acaso você perceber que existe um estresse na casa ao lado, gritaria, brigas, ou se perceber na rua, na escola, alguém triste; simplesmente peça a Deus, com muita fé e amor, pra cuidar dessas pessoas. Verá uma grande diferença.

E com nossos filhos?

As dicas abaixo podem ajudar:
Converse com eles, pergunte sempre como foi o dia. Você pode ter dicas precisosas de como as coisas estão acontecendo na vida cotidiana deles.
Quando conversar, fale, mas escute mais.
Não negue o mal, ele existe sim e pode nos prejudicar. Negar é o mesmo que ignorar e ignorar não o faz desaparecer.
Portanto, converse abertamente sobre isso com seus filhos: "olha, o mal existe, isso é certo e isso errado..."
Conduza com carinho e instrua, informe que sempre pode falar com você e o ajude a perceber que também pode observar os amiguinhos ao redor.

Vibrar no positivo idealizando um mundo lindo e justo vai ajudar você e a todos de uma forma geral.

E se tiver algum problema, não tenha medo de procurar ajuda. Pode me escrever também.
Um grande abraço e até a próxima terça!!!

Texto Revisado
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 1
Atualizado em 02/04/2019

Veja também
artigo A resiliência pode ajudá-lo a superar a crise
artigo Só o agora importa
artigo Você sabe quem é quem na trama familiar da mãe abusiva?
artigo Coração Ardente

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo


auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa