auravide auravide

Como você usa a sua mediunidade?


Facebook   E-mail   Whatsapp

Você já sentiu uma presença no ambiente? Teve certeza de que havia alguém lhe observando, mas quando olhou não viu ninguém?
Já intuiu a melhor escolha a fazer, porém achou que era besteira da sua cabeça, e depois acabou verificando que a sua intuição estava correta?

Apesar de sermos todos médiuns, a mediunidade ainda é um grande mistério para muitas pessoas. A mediunidade nos possibilita captar os acontecimentos da dimensão extrafísica. Essa percepção está ligada ao sentir e não ao pensar, por isso as pessoas que têm o costume de racionalizar tudo o que acontece costumam perder a oportunidade de utilizar esse “sexto sentido”.

O Espiritismo kardecista é a doutrina que mais estuda a mediunidade, no entanto, ela não depende de crença religiosa, porque se trata de uma capacidade de senso-percepção do organismo humano.

O médium é um intermediário da comunicação entre o plano espiritual e o material, mas isso não significa que todo mundo tenha que incorporar espíritos. Aliás, essa ideia de que o espírito entra dentro do corpo do médium quando vai se comunicar é totalmente errada. O que de fato acontece é uma aproximação de auras, uma conexão entre o campo energético do médium e do espírito comunicante.

Existem diversos tipos de mediunidade e diferentes graus de captação, alguns indivíduos têm essa percepção mais aflorada e outros menos. Chico Xavier foi um missionário da luz que psicografou mais de 450 livros. João de Deus, que já ajudou mais de 5 milhões de doentes através da canalização da cura, tem a mediunidade como missão de vida. Mas, a grande maioria das pessoas possui a mediunidade intuitiva, sem saber elas usam essa percepção extrafísica naturalmente.

A mediunidade não é boa ou ruim, tudo depende do uso que você faz dela. Infelizmente, algumas pessoas desprovidas de princípios morais elevados, usam a mediunidade para se aproveitar daqueles que desconhecem o assunto e buscam ajuda em momentos difíceis.

O conteúdo canalizado pelo médium pode ajudar muitas pessoas, mas em primeiro lugar, precisa ser utilizado em seu próprio desenvolvimento. A melhor forma de usar a mediunidade é como uma ferramenta de evolução e auxílio ao próximo, ela deve funcionar como um guia para o direcionamento de nossas ações.


Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 4


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Gisela Campiglia   
Especialista em desenvolvimento pessoal, meu objetivo é ajudar você a evoluir através do conhecimento e do amor! Formação: Psicologia Junguiana,Física Quântica, Bioenergia, Metafísica e Espiritualista. Site: www.giselacampiglia.com.br
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa