auravide auravide

CUIDE DE SUA SOLIDÃO APRENDENDO A OUVIR


Facebook   E-mail   Whatsapp

Uma das frases mais comuns no nosso vocabulário de queixas é: "ninguém me ouve, todo mundo quer desabafar, mas ninguém se dispõe a dar atenção às minhas necessidades!"

Está todo mundo pensando a mesma coisa.

Correr é o verbo do século e a correria é tanta que achamos que os outros é que não param para nos ouvir, sendo que nossa atitude é exatamente a mesma em relação a eles.

Muitas vezes, pensamos que ficando apenas calados, deixando que o outro fale à vontade, já seremos bons ouvintes.

Na verdade, não é bem assim. Repare como as respostas e os questionamentos acontecem na nossa cabeça ao mesmo tempo em que estamos atentos ao que está sendo dito.

Conseguimos, no máximo, segurar algumas das nossas reações, mas enquanto mantemos nossa boca fechada aceleramos os pensamentos e ficamos totalmente prontos para devolver em palavras e gestos as colocações daquele que está diante de nós esperando apenas um pouco de compreensão.

Como podemos compreender alguém se reagir é a nossa constante?

Como podemos ajudar àquele que está dedicando seu tempo, muitas vezes precioso, em se abrir conosco, para receber talvez uma nova idéia que ative sua esperança e vontade de viver se nem sabemos recebê-lo sem preconceitos e julgamentos?

Quando alguém expõe suas angústias, o que vem de imediato à boca de quem ouve é: "Tem gente muito pior do que você!".

Essa é uma das colocações que mais fere aquele que já está exausto de tentar encontrar a pessoa certa para acolher suas queixas.

Depois de tudo, ainda saímos falando: "eu tentei ajudar, mas essa criatura não quer ser ajudada, quer apenas outra que concorde com tudo que diz e pensa!"

Essa é uma forma desonesta de agir e é ela que nos deixa na nossa solidão, pois sabemos que não estamos disponíveis para acolher as pessoas porque o que mais queremos é ser acolhidos também.

Fatos como esse, deixam não apenas uma, mas duas pessoas em estado de carência, você e o outro.

Quando um ser humano precisa se colocar, precisa expor seus sentimentos, precisa de uma real ajuda, não nos cabe julgar o que está sendo dito. Não interessa, naquele momento, saber quem tem razão, basta saber que alguém está magoado e esperando compreensão.

Você não precisa concordar nem discordar, apenas ouvir com respeito e ouvir com respeito é ficar de mente vazia, sem manipulações silenciosas que interferem na comunicação entre sua verdade e a verdade do outro.

Se não tiver nada importante para ser dito, fale apenas: "vou pensar em tudo que você falou, vou tentar compreender seu ponto de vista e depois nos falamos de novo. Conte comigo".

Você sai aliviado, porém com uma responsabilidade, isso também o tira de sua solidão. Interagir, compartilhar, ouvir, relacionar, servir alguém é estar junto, sendo útil, sendo sincero, sendo amigo, e isso tudo aquece nossa alma e nos dá a certeza do quanto somos importantes para ajudar alguém a ser feliz.

Como as vias da existência têm sempre mão dupla, a Lei de Causa e Efeito será sempre atuante em nossas vidas.

Não fique só!

Manifeste a solidariedade e o respeito que moram dentro de você!


Texto revisado por: Cris


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 25


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Maria Lúcia Pellizzaro Gregori   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa