auravide auravide

Espiritualidade - cidadania como experiência espiritual


Facebook   E-mail   Whatsapp

Esta reflexão tem inspiração no crepúsculo do dia da eleição municipal de primeiro turno - 07/10/12.

Isto não significa que haja ilusão nossa de que os resultados da votação pressagiem uma era de governança iluminada, mas talvez sugira que nós brasileiros planetários, estaremos talvez nos expressando de forma mais íntegra, mais preocupada, e mais aberta.

Talvez agora haja uma melhor chance do que poderíamos almejar como: a floração da cidadania como experiência espiritual.

Vamos, então, refletir sobre o tema?

Estudos mostram que a entrada da espiritualidade na política e o comportamento de cidadania são considerados como os desafios do século XXI. Não estamos nos referindo às religiões e organizações religiosas.

Há todas as razões para acreditarmos que as pessoas que valorizam tanto a espiritualidade, como a unidade espiritual de consciência transformadora, já constituem número realmente considerável.

Pesquisas indicam que boa parcela de nós brasileiros planetários, não acreditamos que nosso caminho particular ou tradição, seja a única maneira para todos, e consideramos a espiritualidade como primeira e acima de tudo uma experiência interior, pessoal e evolucionária.

Por que estamos refletindo sobre isso? Porque a espiritualidade saudável reconhece que nós seres humanos espirituais somos inseparáveis do todo – Universo na imagem e semelhança do Ser Maior Criador Deus.

Nosso bem-estar espiritual é afetado não só nas nossas práticas interiores, mas também na saúde de nossas comunidades, do país e do planeta.

É verdade que os níveis mais elevados de auto realização espiritual transcendem os altos e baixos da existência mundana o que Bhagavad Gita descreve como sendo "equanimidade em perda e ganho, prazer e dor".

A espiritualidade autêntica, do nosso dia a dia não pode ser dissociada da realidade social e política, ou das responsabilidades de cidadania.

A maioria dos ensinamentos espirituais nos motiva a usarmos as práticas espirituais, tanto como uma forma de satisfazer nosso anseio de Alma para o Divino como fundamento para a ação compassiva. Faz sentido?

Quando nos perguntam: “Qual é sua cidadania?” Respondemos: "Sou cidadão do Brasil”.
Sim, a resposta estará correta. No entanto isso é apenas temporário.

Um dia todos nós iremos deixar nossos corpos, e também este mundo, passando para a imortalidade, onde iremos ficar durante nosso período entre vidas.

Somos cidadãos espirituais em evolução de Alma, portanto podemos dizer que temos dupla cidadania - a temporária e outra quando em Alma nos tornarmos aptos para viver na morada do Ser Maior Criador Deus. Esta é diferença quando temos um Mentor Supremo amoroso e generoso orientando nossas vidas.

É hora de tomarmos medidas eficazes para um nível superior.

Os argumentos das vozes iradas na esfera pública, muitas vezes arrogantes e fanáticas, são como os suspiros de morte de lutadores que estiveram ‘se socando’ uns aos outros tanto tempo, que estão exaustos demais para lembrar porque estão brigando.

Os tempos exigem uma nova visão, que combine profundidade espiritual com soluções criativas para os problemas urgentes da humanidade. Está claro?

O problema é que, ainda que sejamos provavelmente maioria, nós brasileiros planetários com perspectiva espiritual expansiva não somos, no entanto, organizados.

Não falamos sobre questões específicas com voz uníssona, em parte porque sabemos que os problemas do mundo são complexos para respostas simples e ideológicas, e também porque somos tipos independentes, e muitas vezes não expressamos nossa confiança em organizações, porque são extremamente diversificadas.

Sendo assim, dificilmente estaremos juntos tempo suficiente para refletirmos sobre essas questões.

Começando com a premissa de que o nosso futuro não requer nada menos do que uma transformação e elevação dos nossos níveis de consciência, que reconheça nossa unidade essencial e formule políticas públicas que reflitam a unidade de pensamento do tipo – chamado à cidadania como experiência espiritual.

Todos nós seres humanos somos espirituais por natureza, levados a nos unir a uma realidade última.

Aprofundarmos nossa conexão com o sagrado como seres Divinos que somos não só satisfaz nossos anseios espirituais de Alma, mas nos torna mais sábios, mais amorosos, mais generosos e mais cidadãos compassivos. Correto?

O caminho será único, contendo a verdade para nós em todos os momentos.

Construindo sobre esse fundamento, poderemos propor nos reunirmos em um espírito de abertura e de desapego para criarmos iniciativas públicas que transcendam as ideologias e sistemas de crenças habituais.

Isso é apenas um exemplo dos muitos esforços para nos unir à espiritualidade autêntica, com soluções práticas para nossos desafios coletivos. Com certeza milhões de pessoas estarão prontas para avançar nessa direção.

Esta será uma boa notícia, porque talvez nossa individualidade e bem-estar coletivo, e também o futuro do planeta dependa de cada um de nós agirmos na floração da cidadania como experiência espiritual. Esperamos que juntos, encontremos formas de fazer isso.

Mestre sufi, Hazrat Inayat Khan (1882-1927) nos inspira quando diz: "A solução para o problema do dia é o despertar da consciência da humanidade para a divindade interior".

Voltaremos ao assunto.

Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 3


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Marcos F C Porto   
Marcos F C Porto – Terapeuta Holístico - Psicoterapia Holística Transpessoal – CRT 44432, Diplomado em ITC - Integrated Therapeutic Counselling, Stonebridge, UK, trabalha auxiliando pessoas na busca da sua essência, editor do OTIMIZE SEU DIA! há 21 anos, autor do livro - Redescobrindo o Eu Verdadeiro, facilitador de Grupos de Reflexão há 18 anos.
E-mail: portomfc@gmail.com | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa