auravide auravide

ESPIRITUALIDADE – O Relacionamento Espírito x Matéria



Uso de Terapias Holísticas – Relato de Caso (I)

Este caso foi um dos mais profundos que atendi por cerca de dois anos, ocasionando pesquisas, análises e o desenvolvimento de novas técnicas terapêuticas na área de regressão (TVP), além de cirurgias espirituais (retiradas de implantes energéticos negativos), apometria, massoterapia, alinhamento de chacras, terapia vibracional, ou seja, envolveu a aplicação de procedimentos de cura nos quatro níveis – físico, emocional, mental e etérico.

As técnicas aplicadas se baseiam na minha vivência de 40 anos de prática no Brasil e no Japão, fundamentais para o aprimoramento de novas metodologias terapêuticas que ajudaram a desvendar, identificar e ampliar o conhecimento nesta arte de cura, oriundas em sua maioria da Medicina Tradicional Chinesa e outras que aprendi durante a minha estadia no Japão por 16 anos.
Procurei fazer uso de métodos científicos praticados no Ocidente, aliados ao conhecimento espiritual do Oriente, cujos resultados me surpreenderam nas diversas fases.

Tratava-se de uma pessoa com dificuldades psicoemocionais que ocasionou a somatização no corpo físico. Os diagnósticos e as intervenções cirúrgicas realizadas demonstravam a necessidade de se realizar processos de cura em outro nível que envolvia diretamente o aspecto espiritual, de onde se origina a maioria das doenças ou distúrbios.

A premissa era clara: o que estava se manifestando no físico (corpo carnal) tinha sua fonte e origem no plano espiritual. Isto foi possível de identificar na primeira sessão de regressão, sendo posteriormente aplicado o método de apometria no tratamento das causas (vidas passadas). O método se mostrou eficaz nas sessões seguintes. Um processo de autoculpa e insegurança teve o seu início na infância refletindo profundamente no aspecto emocional.

Na etapa preliminar, foram utilizadas técnicas de terapia vibracional para equilibrar os chacras que são vórtices de energias que vitalizam os corpos sutis (etérico, astral e mental) com o objetivo de promover o alinhamento destes corpos e o ajuste do corpo físico dentro do processo de cura, propriamente dito.

Foi realizado um processo de limpeza energética para a retirada de miasmas (resíduos astrais) que costumam se alojar no duplo etérico (corpo psicoemocional) e que funcionam como alimentadores de padrões nocivos. Sem isso, o processo de cura pode não ter o resultado esperado.

Há dois caminhos num processo de cura que depende da escolha individual (livre arbítrio) do cliente, pois influencia profundamente o tratamento aplicado no decorrer do tempo. O cliente não consegue se desapegar dos padrões que geram a doença,  acarretando para si mais sofrimento (caminho da dor). Noutra opção com a compreensão das causas e efeitos da doença, resolve enfrentar com paciência e conscientização o tratamento (caminho do amor), contribuindo dessa forma para o processo de cura.

Como as doenças têm sua origem no corpo espiritual (astral, mental e etérico), até se cristalizar no corpo físico passa por um longo caminho. É preciso entender que o processo de cura também deve seguir a mesma trajetória de forma inversa.

Costumo denominar esta terapia de desconstrução do “velho trilho”, ou seja, eliminar os padrões e crenças negativas que alimentam e realimentam as causas de uma doença ou distúrbio psicoemocional.

Neste procedimento, há dois métodos que são aplicados de forma racional e deve ser conduzido com muita paciência e conhecimento, já que o cliente tem suas próprias limitações e o fator tempo é essencial no processo de cura.

A escolha pelo caminho da dor é a tendência da maioria das pessoas e, neste caso, o uso da terapia de regressão foi realizado com a meta de levar o cliente até o momento da causa que gerou o trauma. Nesta terapia, aplica-se o processo de conscientização que demanda mais tempo e cuidados, pois é comum ocorrerem momentos de catarses que precisam de acompanhamento e assistência direta do terapeuta. O foco neste caso é trabalhar o duplo etérico.

O outro caminho é um processo mais lento, mas que considero o mais eficaz devido ao nível de conscientização do cliente que contribui voluntariamente para o sucesso do mesmo. É o método repetitivo no qual o indivíduo consciente decide percorrer um novo caminho criando os “novos trilhos” (rede de neurônios) entrando numa etapa de transmutação do “velho” para o “novo”, criando condições de administrar o seu processo de cura. A este processo denomino de “desatar os nós” que impedem a cura de uma doença e conforme os bloqueios são retirados fica mais fácil o tratamento, pois tudo é feito de forma amorosa e compreensiva. É como tirar aquela bola de ferro atada à perna por correntes.

O objetivo final do tratamento é levar o indivíduo a alcançar o pleno domínio sobre todos os seus corpos sutis, realinhando estes veículos de manifestação da forma correta onde o corpo mental (racional) deve conduzir o corpo astral (emoções) de forma consciente, promovendo hábitos saudáveis que contribuirão para o equilíbrio pleno através de atitudes positivas manifestadas pelo corpo físico (ações).

Com estes três corpos atuando de forma coordenada e bem alinhada, criam-se campos de energia com alta vibração que sustentam os vórtices (chacras). Os chacras têm a função de alimentar toda a rede eletromagnética do corpo etérico ocasionando a perfeita sincronização e funcionamento dos órgãos no corpo físico. O corpo humano é uma máquina perfeita e possui todos os mecanismos de defesa e cura, o que falta é o conhecimento sobre a existência dos outros corpos sutis que são interdependentes.

No caso que mencionei neste artigo, o cliente escolheu o caminho da conscientização. Alcançou o pleno domínio sobre as causas de suas doenças, contribuindo dessa forma para a realização de um tratamento eficaz.

Nos próximos artigos desta série – Relato de Caso – vou continuar com a descrição deste e de outros casos com o objetivo de ampliar o nosso conhecimento sobre os processos de cura realizados através dos meus atendimentos com Terapias Holísticas, uma Arte milenar que vem se desenvolvendo ao longo do processo de evolução da raça humana em nosso planeta.

Em amor e gratidão,

Shima.

(16/05/2018)


Texto Revisado

Publicado dia 17/5/2018
  estamos online

Gostou?    Sim    Não   

starstarstar Avaliação: 3 | Votos: 238



foto-autor
Autor: Ernesto Shima   
Terapeuta Holístico, de Regressão e Escritor. É fundador e Presidente da ONG “Grande Fraternidade Humana da Terra”. Realiza atendimentos com as técnicas de Terapia de Regressão, Terapias vibracionais, Massoterapia, entre outras. Facebook: https://www.facebook.com/escritorernestoshima Blog: http://www.ernesto-shimabuko.com
E-mail: ernestoshima@hotmail.com | Mais artigos.

Veja também
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade











auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2021 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa