Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
Home > Espiritualidade

Estar feliz não é ser FELIZ

por Nelson Sganzerla
Facebook   E-mail   Whatsapp


Existem situações que nos deixam de uma maneira muito felizes, afinal, nada mais nos alegra quando conseguimos realizar nossos sonhos, com que sempre de uma maneira muito difícil e cansativa, conseguimos, enfim, concretizar essas realizações que chamamos Vitória.

Recentemente, tenho visto pessoas muito simples, felizes com a realização do sonho da casa própria, afinal, somos um país com um alto índice de falta de moradia. Pessoas que vivem em uma condição de pobreza absoluta, mas sonham com a realização dessa vitória: “A casa própria”. Se formos pensar na população indiana, existem pessoas que nascem na rua, vivem na rua, moram na rua, morrem na rua, sem nunca ter tido a oportunidade de sonhar com uma casa própria.

Triste, mas é a realidade aqui também.

Nesse mundo em que vivemos de característica material, nada melhor do que “estarmos” felizes, quando da realização da compra de um carro novo, que tanto desejávamos, um apartamento próprio, mesmo que longe de uma infraestrutura que seja decente, ou uma casa nova, bravamente construída com muito suor e muito trabalho. E, creia, essa é a situação da grande maioria da nossa população. Afinal, se dependerem das instituições governamentais, irão nadar e morrer na praia. Outra triste realidade.

Outros... Sonham com aquela viagem, dentro ou fora do país, afinal, a maioria dos moradores do condomínio em que residem já realizou várias viagens pelo mundo e sempre volta contando suas aventuras, com fotos e vídeos, enfadonhos de se ver, em geral, nos churrascos de fim de semana, com a família ou amigos.

Essa é a classe média digamos “alta”, com seus carrões, suas roupas de grife e sua cafonice, e de vida, digamos, com o perdão da palavra: Fútil.

Mas de uma maneira ou de outra, são desejos humanos, fomos ensinados ou doutrinados a "ter", caso contrário, como poderemos competir? A vida aqui é competição! Competimos, para entrar em uma universidade, competimos para conseguirmos um bom emprego, competimos até para encontrar um grande amor. Pais que cobram dos filhos a vida que não tiveram, filhos que cobram dos pais a vida que não receberam. Daí a frustração a falta de interesse pela vida.

Esse é o paradigma vigente aqui na Terra, nessa dimensão, não existe a palavra repartir ou compartilhar, afinal fomos educados, seja nas escolas ou em casa ou na mídia a competir e nunca a repartir ou compartilhar. Precisamos ser melhores em tudo, a derrota não é admissível de maneira nenhuma, afinal temos que ser sempre vencedores, homens cobrados a ter uma carreira de sucesso nos negócios, mulheres a ter uma família com inumeros filhos e dividir a responsabilidade de cuidar da casa e do trabalho, incessante de "dona de casa "

Pertencermos a uma família sempre correta e certíssima mas, desconhecemos que é nessa família que escolhemos pertencer que moram os principais conflitos, daí a depressão, angustia, medo de viver e de encarar de frente a própria vida.

Mas quem? De nós humanos não está feliz com todas essas realizações, materiais? Vivemos em função de uma felicidade efêmera, própria dessa dimensão, cultuar conquistas materiais, querer sempre mais,que se pode ter, ou administrar, não se da valor às pequenas conquistas, reclama-se de tudo e de todos, Quando conquistamo algo que queríamos muito, isso não nos sacia,logo após, queremos mais e mais ou ficamos entediados.

A mídia sempre investindo no consumo desenfreado, outro dia assistindo a uma TV aberta, pude contar 15 anúncios de diferentes marcas de shampoo, anúncios populares de móveis e de eletrodomesticos, direcionados para quem sequer tem comida em casa. E na TV fechada, não é diferente o numero de anúncios, também é enorme, mas todos voltados para o relacionamento, hoteis com desconto, viagens e carros incriveis que irão resolver o problema da familia. Pois é... Aí que dorme o problema da classe média. Procurar "estar feliz" a todo custo..

Querem que estejamos felizes, ao ponto de consumir mais e mais. mas não que sejamos felizes. Eis o ponto...

Estar feliz, não é ser feliz.

Tudo que pulverizam diante dos nossos narizes e todos os matizes coloridos, diante dos nossos olhos, tem o cruel objetivo de desviar nossa atenção para o que seja de fato a verdadeira felicidade,enquanto não houver a verdadeira consciencia da felicidade, estaremos sempre correndo atrás do vento.Tudo é consciência, tudo é pensamento, tudo é energia e portanto vibra e não se desfaz. Se você emanar medo, receberá mais medo, se você emanar doença irá receber de volta doença. Se você emanar ódio, irá receber mais ódio. Essa felicidade que é efemera não pertence ao reino de Deus, ou seja, sempre irá te manter e te aprisionar nessa zona de conforto comandada pelo EGO e nunca pela Centelha Dívina que te liberta e faz de ti um ser realmente FELIZ.

Ser feliz, definitivamente, implica em nos desapegarmos do poder do Ego, que procura boicotar sempre a centelha divina que vive em nosso interior, mas que não pertence a esse mundo.
O ego é o algoz que acorrenta a necessidade de sermos plenos em felicidade em relação à vida. O ego não suporta nada e nenhum pensamento que o leve a sair da sua zona de conforto.Enquanto procurarmos viver, nesse mundo, dando importância aos valores materiais, não seremos jamais capazes de enxergarmos o verdadeiro reino de Deus, a que Jesus se referia, quando dizia que esse não era o reino do seu PAI,lembre! Ele dizia que não pertencia a esse mundo.

Nós também não somos desse mundo, apenas estamos nesse mundo. Somos os verdadeiros deuses de nós mesmos, portanto somos cocriadores da nossa vida, tudo o que pensamos nós criamos, seja para o bem ou não. Não se deixe levar por formulas magicas de falsos profetas, Jesus falava por parábolas, afinal, a grande massa não entenderia naquela época nada além de histórias. Mas ele sabia que tudo que rege o nosso mundo é a “física” portanto energia, que vibra e não morre.

Não existe o mal, apenas a ausência do bem, Deus, ou seja, lá o que você reconheça como... É só o bem, não quer o nosso mal é pura felicidade e quer que você não esteja feliz, mas que seja FELIZ.

Pense nisso...
Manhã de sol.
Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

Avaliação: 5 | Votos: 22
Atualizado em 02/11/2019

Veja também
Quando nossa vida voltará ao normal?
Uma nova percepção
Quem são os pais omissos na trama das mães perversas
Alimentos antifisiológicos: anti-vida!

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.






Energia do Dia
Espiritualidade. Dedique algum tempo para os assuntos de natureza espiritual, reflita e espere; apenas aperfeiçoe hoje seus planos e idéias para agir amanhã. A energia não é favorável para assinar contratos ou acordos.
Faça sua numerologia


Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa