auravide auravide

Hoje eu me perdoo!


Facebook   E-mail   Whatsapp

Eu tenho reclamado dos meus dias, que em geral sempre são iguais, em muitas das vezes fatigantes, hoje quero sinceramente pedir perdão a mim, por contribuir para que esses dias sejam sempre iguais; afinal, reconheço, não tenho me dedicado com afinco para que isso mude, não tenho reconhecido que na maioria das vezes estou em péssimo estado de humor; afinal, não tenho me gostado como eu deveria. Então, hoje resolvi me perdoar.

Sei muito bem que é muito difícil despertar bem humorada, logo cedo e enfrentar os afazeres que eu escolhi em tê-los nessa minha história de vida, como: acordar cedo, deixar meus filhos na escola ir para o trabalho, amargar um trânsito medonho, com tudo de ontem para organizar, ter que suportar pessoas falsas e invejosas e o meu diretor que nunca valoriza o que faço. Mas hoje resolvi, vou me perdoar.

Tenho muitas responsabilidades nas minhas mãos, que se eu não resolver, ninguém as fará por mim. Também tenho que me preocupar ao chegar em casa com as tarefas domésticas, dever de casa dos meus filhos, preparar o jantar, arrumar a casa e, quem sabe, se sobrar tempo, revisar a apresentação da reunião de amanhã. Eu já não agüento mais ir deitar tarde e acordar cedo. Mas hoje eu vou e preciso me perdoar, afinal, são meus filhos e a família que escolhi ter.

Essa semana de qualquer jeito, preciso sentar com meu companheiro e tratar das despesas do colégio das crianças, do curso de inglês, telefone, água, condomínio e prestação da casa, dos móveis, do carro. Eu sei que tudo isso é um saco, reclamo e odeio muito isso, mas hoje eu resolvi me perdoar do fundo do meu coração. Afinal, essa é a minha história de vida.

Sem ela, eu não seria eu. É verdade, eu tenho tido muito pouca paciência com as pessoas, a grande maioria me irrita, a grande maioria é mal educada, em geral, não gostam das coisas que eu gosto e muitas vezes procuro não perder tempo em conversar com essas pessoas, pois acho que nada agregam a mim.

Não me interesso nem um pouco em conhecê-las melhor; provavelmente, são iguais a mim, com sonhos, com desejos e projetos de vida parecidos com os meus. Realmente eu ando sem paciência, mas hoje eu vou me perdoar, afinal, o ser humano é dual e não dá para viver sozinha (o) e olha que eu já tentei.

Percebi que ando ansiosa demais, por realizar todas as coisas que idealizo, não tenho tido nenhuma paciência em esperar que o universo conspire ao meu favor e que transforme meu ideal em realidade; tenho atropelado o meu tempo, me angustiando por demais, a ponto de ter que tomar antidepressivos.

Recentemente, eu adquiri uma síndrome do pânico, imaginava que isso era bobagem e que só gente fraca possuía. Minha pressão arterial está alterada e eu que pensei que só idosos tinham esse problema de pressão alterada, mas meu médico disse que é devido ao meu estresse; preocupo-me por coisas que nem aconteceram em minha vida e que nem sei se irão acontecer.

Portanto, hoje, eu resolvi, vou me perdoar, por esses absurdos em que às vezes penso e me dão tanto medo, de simplesmente viver a vida como tem que ser vivida sem ter que ficar me culpando ou me policiando e valorizar mais cada momento em que a vida me permite vivenciar tantas coisas novas e boas, e às vezes nem presto atenção.

Outro dia, fiquei horrorizada: encarei uma balança e quase tive um troço lá na farmácia. Estou 6 quilos acima do meu peso e minha auto-estima foi lá para baixo... Como eu consigo engordar se estou fazendo dieta? Isso tem me deixado sem vontade de sair, nem no espelho estou me olhando.
Mas quer saber: hoje eu resolvi me perdoar, afinal, eu vou levantar minha auto-estima, hoje eu vou encontrar definitivamente uma maneira de me exercitar mais e me dedicar à minha dieta, vou melhorar, eu tenho certeza disso.

Estava aqui pensando em todo esse meu estresse e me lembrei que ontem me peguei batendo boca aos berros com outro motorista no trânsito; quase que provoquei um acidente, simplesmente porque ele não me viu e me deu uma fechada sem querer, me senti ofendida. Como aquele senhor pôde me fechar sem ao menos me ver, sem ao menos ver o meu carro todo novinho?

Depois em casa, pensei, que poderia ter colocado a minha vida em risco brigando com aquele senhor. Mas hoje eu vou me perdoar e jamais irei fazer isso novamente.
Afinal, a minha vida significa muito mais que uma briga de trânsito e, naquele momento, agi como um animal irracional.
Não sei o que me aconteceu, mas hoje acordei com vontade de me perdoar, por todos os erros que tenho cometido, muitas das vezes com vontade de acertar. Resolvi me perdoar por ter falado mal, por ter julgado e por ter me portado como uma pessoa insensível e insensata ao longo desses anos da minha vida.

Me perdoo por ter chorado, quando a hora foi de sorrir, por ter magoado quando poderia ter deixado pra lá, por ter negado um carinho, ter afastado o meu ombro e freado o meu abraço. Eu hoje me perdoo, por não ter amado o suficiente e provocado uma lágrima de dor. Hoje me perdoo pelo meu preconceito e pela minha omissão, pela minha avareza e pela minha petulância. Eu entendi que hoje estou tão cheia de sentimentos vis, tão repleta de arrogância, que nada mais cabe em mim. Hoje eu decidi promover essa faxina através do meu perdão, abrir espaço para que eu seja feliz. Por isso; só hoje eu me perdoo.

Pense nisso.
 

Texto revisado

Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 22


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Nelson Sganzerla   
Uma ALMA encarnada no Planeta Terra, que busca a ascensão para a LUZ
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa