Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide
Home > Espiritualidade
Medo de espíritos

Medo de espíritos

por Tatiana Ito Coimbra
Facebook   E-mail   Whatsapp


Quem é que nunca chegou a um lugar e sentiu algo estranho, ficou assustado ou com os pelinhos do braço todo arrepiados? Pode dizer: - Ah! Apenas uma má impressão, o lugar era feio, ou eu estava com sono, ou era uma corrente de ar. Mas, às vezes, isto acontece repetidamente no mesmo cômodo da casa, vem com um sentimento forte de alguém nos encarando, ou ao nosso lado. Quantas crianças sentem e afirmam estas visões e sensações constantemente? E existem aqueles que lembram deste tipo de sensações de quando eram crianças, mas que, por algum motivo, foram deixadas para lá em prol das necessidades do mundo real.

Tirando as possibilidades ditas físicas como correntes de ar, barulho externo, loucura, etc, temos de levar em conta o sexto sentido, que, já como o nome diz, é realmente um sentido que capta o que acontece externamente, é a voz interna que nos guia, e nos mostra a verdade, tanto interna quanto do cosmos.

Caso seja uma atividade espiritual, existem vários motivos: pode ser que o espírito esteja no local porque viveu/desencarnou lá, esteja perdido, ou obsedie a um viciado, a um médium inconsciente, a algum inimigo de outra vida (entre outros), ou energia impregnada de algum acontecimento passado, que emana a sensação ruim.

Médiuns não têm dúvidas do mundo espiritual, da existência de espíritos, pois a gente vê, sente, ouve e, o que parece uma maldição na verdade é um dom, porque podemos ter a certeza da vida após a morte, da continuidade de nossa existência e de nossos seres amados. Mas pode ser também uma maldição, caso alimentemos estes espíritos com nosso medo. O medo é uma energia e, com ele, alimentamos mais e mais as manifestações e a permanência do espírito ao nosso lado. Além de outras energias que também os alimentam quando as emitimos: - vícios, - ira, - cobiça, - excessos (gula), - luxúria, - tristeza (pelos desencarnados queridos) etc, que podem sim, com o tempo, nos influenciar a cometer maldades, a nos machucar fisicamente, causando acidentes, doenças, problemas econômicos, pessoais e, em casos extremos, a morte.

Podemos resolver esta situação de forma aparentemente simples (entretanto, a manutenção deste controle seja difícil), continuamente controlando nossa mente e emoções, como tudo na vida. Rezando ao nosso Pai Maior e aos nossos guias e mentores para que nos protejam, fazendo defumações em nossas casas, os espíritos maus acabam se afastando por não conseguir seus intentos, embora qualquer deslize seja um convite às entidades negativas.

Urge que conversemos com nossos filhos, para ensiná-los as atitudes corretas perante os fatos da vida, inclusive, os espirituais; já que crianças são muito suscetíveis as energias negativas, alimentam o medo de forma crescente e a troca de idéias farão com que as crianças se sintam amadas, entendidas e mais equilibradas, além de que renegá-los só fará com que este tipo de situação volte a acontecer, na maioridade, muitas vezes causando prolongados sofrimentos, a fim de que o ser aprenda e evolua.
Texto revisado  

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo




Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 10
Atualizado em 23/07/2011

Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo

auravide auravide

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa