Autoconhecimento Autoajuda e Espiritualidade
 
auravide auravide

O feminino renascido: as bruxas estão soltas!

por Marisa Petcov
O feminino renascido: as bruxas estão soltas!

Publicado dia 1/1/2011 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Mulheres que hoje se interessam por tarô, astrologia, numerologia, previsões, formas de proteção são chamadas de Bruxas e não se ofendem com isso.

O bom desse novo conceito de Bruxa é que acaba com a imagem estereotipada que sempre tiveram da Bruxa: mulheres más, velhas e feias, corcundas, voando em uma vassoura ou cozinhando em uma panela preta (caldeirão) horríveis poções, com a intenção de fazer maldades. 

Isso nos leva a uma reflexão. O que mudou na mentalidade das mulheres para se denominarem Bruxas como um elogio? Mudou a natureza da Bruxa ou a visão que temos dela?

A resposta pode vir da libertação da mulher em sua luta para reconstruir a sua real identidade e o surgimento de um novo movimento religioso de tipo matriarcal.

As Bruxas, mulheres que trabalham com as forças mágicas da natureza, existem desde o tempo das cavernas. O seu objetivo é o mesmo da magia: produzir mudanças no mundo e em si mesma. Essa atividade da Bruxa é embasada naquilo que todos sempre buscaram: poder!

No decorrer de milênios de história, as pessoas dotadas de poder desempenharam livremente seu papel: curandeiros, parteiras, sábios conhecedores de ervas, sacerdotes, sacerdotisas, profetisas, que exerciam a ligação entre os deuses e os homens.

O trabalho das Bruxas estava principalmente conectado com o elemento terra, pois elas eram as herdeiras das antigas tradições dos tempos matriarcais em que reinava uma divindade feminina, a Grande Mãe Natureza, mais simplesmente conhecida e chamada A Deusa.

Com os sombrios tempos patriarcais, que trouxe como divindade máxima um Deus masculino, feito à imagem e semelhança dos homens, os valores respeitados a partir de então foram os relacionados à polaridade masculina: a honra, a valentia, a competitividade, o espírito de conquista. Os valores femininos, tais como a receptividade, a adaptabilidade, cooperação, identificação com a natureza, foram deixados de lado.

Durante o domínio da era patriarcal, as próprias mulheres são colocadas num plano inferior: eram causa e objeto do pecado; quase escravas dos maridos, a elas restavam os papeis de esposa e mãe, enfermeira, cozinheira, parteira. Ou religiosas ou prostitutas.

Mas havia mulheres que lutaram contra isso e procuraram atitudes de libertação. Eram as Bruxas, que usavam os conhecimentos mágicos passados de mãe para filha, com o objetivo de desenvolver poder.

Sua presença logo foi sentida e o poder patriarcal avistou nessas mulheres uma ameaça. A ordem foi acabar com esse poder mágico. Seguiu-se uma onde de perseguição e muitas foram condenadas à morte pelo "crime" de Bruxaria. 

Desse medo masculino, que não queria ver a libertação da mulher, nasceu a imagem negativa que até hoje alguns conservam das Bruxas.

O importante é que a visão da Bruxaria como religião está mudando e seus valores se desenvolvendo de modo acelerado.

As Bruxas modernas são lindas, loiras, morenas, ruivas, trabalham, amam, têm filhos, animais de estimação e acreditam que a magia faz parte da vida, como o ar que se respira. Percebem a Natureza como mágica. Basta conhecê-la e respeitá-la!

Marisa Petcov

Numeróloga, Sacerdotisa da Tradição Diânica Nemorensis, Contadora de histórias. Desenvolve um trabalho ligado à pesquisa dos contos de fadas como ferramenta para definir os traços reais da identidade humana.

Comunicadora do site link onde faz o programa Contando histórias e números, todas as segundas-feiras, a partir das 17 horas.

e-mail: [email protected]

blog: bruxaqueconta.blogspot.com

tel.: 9212 81 69

Texto revisado

Consulte grátis
Mapa Astral   Tarot   horoscopo

auravide auravide
Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 43

Sobre o Autor: Marisa Petcov   
Presidente da AME - Agência de Místicos e Esotéricos Contatos: 11 2021 6788 / 9 5980 2467
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Sabedoria
artigo Quais as deusas que habitam dentro em mim?
artigo Felicidade em suas asas
artigo Coração Ardente II

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




horoscopo

auravide auravide

auravide

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa