auravide auravide

O linha torta

por Wilson Francisco

Publicado dia 24/7/2008 em Espiritualidade

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp


Abrindo meu baú de memórias, revejo quando coordenava o CMA – Círculo dos Missivistas Amigos, com sede central em Volta Redonda, com o Denir Lopes. Eu, aqui em São Paulo, tinha por volta de 30 pessoas com as quais me correspondia, todas essas pessoas eram detentos de todo o Brasil e doentes de vários hospitais. Essa era a atividade do CMA, um impulso extraordinário que o coração desse meu grande amigo idealizou e realizou por muitos anos. E as cartas eram manuscritas, nem máquina Olivetti eu tinha. Era tudo no punho sim, ou melhor, no coração. Eu tinha uma Caixa Postal no Correio Central e iniciava sempre a leitura das cartas ali na praça do correio, sentado no banco, aos sábados pela manhã.

Irmã Mônica era uma das mais importantes colaboradoras do CMA, vivia no Paraná e coordenava um orfanato. Uma freira corajosa, um coração enorme, sem fronteiras nem preconceitos. Ela dizia para mim, por carta - porque não a conheci pessoalmente - que os Espíritos sempre rondam meus passos, indicando-me caminhos e decisões. Quando um dos missivistas estava em grandes e graves dificuldades, era ela a escolhida para se corresponder e ultrapassava os limites da correspondência - era como nós do CMA agíamos - indo visitar o preso ou doente, onde ele estivesse. Ela nos ensinava o que é servir a Deus.

Uma vez estava em Belo Horizonte, fora em busca de uma mulher que saíra da prisão e estava com dificuldades na sua reinclusão social e familiar. Sem nada conhecer da cidade, sentou-se no banco de uma praça e lá ficou em oração, com seu terço na mão. Logo, apareceu um homem à sua frente dizendo: quem a senhora procura, irmã? Ela deu um sorriso para o homem e outro para Deus. E lá se foi a freira missionária, acompanhando aquela criatura, que “por coincidência” conhecia o bairro e a família procurada.

Quando as agruras da vida rondavam meus passos, confidenciava minhas dificuldades com ela e a resposta vinha sempre alegre e profunda. Um dia, ela me mandou uma daquelas mensagens impressas pelos evangélicos, onde anotou com carinho: Wilson, você é o pincelzinho de Deus, nunca deixe de escrever, seu coração há de se esparramar sempre pelas linhas encontrando o coração das criaturas para indicar a presença de Deus em suas vidas. E eu segui sua instrução, até hoje me sinto um pincelzinho de Deus...

No entanto, recentemente, ganhei um novo cargo: o linha torta. Uma internauta me escreveu pedindo orientação. Preparei em casa a resposta e coloquei no disquete para responder por e-mail. Tempos bons esses, que facilidade, basta apenas ir dedilhando o teclado e por meio desse fenômeno extraordinário, denominado internet, a pessoa num outro estado ou até país, naquele momento, lê o que eu escrevo. Essa modernidade me encanta e enternece.

Pois bem, mandei a resposta, só que ao invés de mandar para a pessoa que tinha feito aquela consulta, equivocadamente remeti para outro endereço. A criatura que recebeu a resposta escreveu de pronto, dizendo que ficava feliz de receber meu recado, mas não era para ela. Fiquei constrangido, pelo erro cometido, mas sempre tenho certeza que esses erros têm sempre um objetivo. Não estou simplesmente me justificando, mas é que sei que há o Dedo de Deus nessas histórias complicadas que envolvem a minha vida.

Preparei um novo e-mail para me explicar e pedir desculpas, mas, de repente, veio uma “vontade” enorme de falar para ela sobre a Ronda da Compaixão.
Escrevi, então, que ela poderia aproveitar aquela oportunidade e colaborar conosco e por intuição disse-lhe: olha, minha amiga, vamos fazer uma experiência, você participa da Ronda da Compaixão fazendo uma meditação e irradiando mentalmente as idéias contidas no processo Obesidade e Compulsão Alimentar, como se você estivesse conversando com pessoas que estejam com essa dificuldade. E afirmei, com certeza: alguém vai receber essa mensagem do seu coração e realizará esse processo, acreditando que Deus esteja soprando em seus ouvidos, essa inspiração.

Ela respondeu emocionada, dizendo: Wilson, é maravilhoso este Universo. Nesses dias tenho pensado muito em meu problema de obesidade e me faltava coragem para iniciar algo em meu benefício. Nada me estimulava a fazer regime, a ler mesmo algo a respeito. Mas isso me incomodava, minha auto-estima estava em baixa. E agora, assim como do nada, ou melhor, desse equívoco, você vem com esse processo e sua conversa de experiência. É isso que eu estava precisando ouvir e realizar, meu amigo. E decretou, com essa afirmação, a minha nova função: Deus escreve certo por linhas tortas. Entendi o recado. Sou um linha torta.

É isso, às vezes eu sou o linha torta. Deus escreve certo e eu ou você que aí está lendo esse artigo também pode ser um linha torta ou um mensageiro, como aquela criatura que apareceu diante da irmã Mônica, para acompanhar a freira até a pessoa que precisava de sua presença de amor.

Na Penitenciária de São Paulo, quando eu fazia lá apoio religioso, um detento me confidenciou que estava acreditando em Deus depois que o CMA surgiu em sua vida. Fiquei curioso, ele me esclareceu. “É que toda vez que estou para realizar alguma bobagem aqui, por conta da saudade da família ou da culpa que sinto pelos erros cometidos, o carcereiro bate na grade e me diz: chegou uma carta do Denir”. Era o sinal da presença de Deus em minha vida. Lia numa sentada, com o coração dando cambalhotas de alegria, aquelas palavras amigas e carinhosas dessa criatura que ele nem nunca conhecera.

Sinto-me honrado por ser este linha torta que escreve e se faz instrumento divino, para dar alento aos corações. E muito grato por você, que lê essas linhas, com o coração.

Texto revisado por: Cris

Compartilhe

Facebook   E-mail   Whatsapp
  estamos online

Gostou deste Artigo?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 170

foto-autor
Sobre o Autor: Wilson Francisco   
Terapeuta Holístico. Desenvolve processo que faz a Leitura da Alma; Toque Quântico para dar qualidade à circulação e aos campos vibracionais; Purificação do Tronco Familiar e Cura de Antepassados para Resgatar, Atualizar e Realizar o Ser Divino que há em você. Agendar pelo WhatsApp 011 - 959224182 ou pelo email [email protected]
E-mail: [email protected]
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Veja também
artigo Treinando a não-mente
artigo Horário
artigo Ativação dos sentidos interiores
artigo Amigos extrafísicos

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


auravide

 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2020 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa