auravide auravide

O método Ho´oponopono e a aceitação


Facebook   E-mail   Whatsapp

O Dr. Hew Len e Joe Vitale nos ensinam que ao praticar o Ho´oponopono devemos nos desapegar dos resultados. Pensando sobre isso, tive um insight: o método Ho´oponopono tem tudo a ver com a aceitação. Isto faz muito sentido! Quando dizemos ou pensamos “eu te amo” devemos aceitar o problema, acolher os sentimentos negativos que podem surgir...

Esta é a energia do verdadeiro amor: acolhimento, aceitação. Se eu estou praticando o Ho´oponopono, mas o meu foco está nos resultados que posso obter, então, estou rejeitando a realidade. Devemos simplesmente aceitar que as coisas são como são. Na verdade, o bem e o mal não existem, a dualidade é uma ilusão. O símbolo do Tao deixa isto claro: na escuridão, há a semente da luz e na luz existe escuridão. Assim é a nossa realidade. Por exemplo, podemos considerar a ansiedade ou o medo como sentimentos negativos, mas estas emoções nos deixam alerta em situações nas quais isto pode ser necessário.

O Mestre Osho nos ensina o seguinte: “Somente quando conseguimos alcançar um estado de consciência no qual percebemos de modo claro que todas as situações que vivenciamos são providenciadas pela existência, porque constituem lições essenciais ao nosso crescimento interior, é que o processo da aceitação começa a se tornar natural”.

Outros ensinamentos do mestre a respeito do tema:

"Primeiro tente entender o significado da expressão: "Aceitação daquilo que É".
Buda sempre usa muito essa expressão. Na linguagem dele, a palavra é tathata, aceitação daquilo que é. 
Toda a orientação budista consiste em viver essa palavra, em viver com essa palavra com tamanha profundidade que a palavra desaparece e você se torna a aceitação daquilo que é.

Por exemplo, você fica doente. A atitude de aceitação daquilo que é consiste em aceitar a doença e dizer a si mesmo: “Tal é o caminho do corpo” ou “É assim que as coisas são”.
Não lute, não comece a travar uma batalha. Depois que aceitar, depois que deixar de reclamar e parar de brigar, a energia passa a ser uma só
por dentro. A ruptura se desfaz e muita energia passa a ser liberada, pois deixa de haver conflito e a própria liberação da energia passa a ser uma força de cura.

Algo está errado no corpo: relaxe, aceite isso e simplesmente diga para si mesmo, não só com palavras, mas sentindo profundamente: tal é a natureza das coisas. O corpo é um conjunto, muitas coisas se combinam nele. O corpo nasce e está propenso a morrer. Trata-se de um mecanismo complexo e há toda a possibilidade de uma coisa ou outra sair errada. Aceite isso e não se identifique. Quando aceita, você fica acima, você transcende. Quando luta, você desce para o mesmo nível. 

Aceitação é transcendência. Quando aceita, você fica sobre uma colina e o corpo é deixado para trás. 
Você diz: "Sim, tal é a sua natureza. O que nasce tem de morrer e, se tem de morrer, às vezes fica doente. Não é preciso se preocupar tanto". - fale como se isso não estivesse acontecendo com você, só acontecendo no mundo das coisas.
Esta é a beleza: quando não está lutando, você transcende e deixa de ficar no mesmo nível. Essa transcendência torna-se uma força de cura. De repente, o corpo começa a mudar. 

O mundo das coisas é um fluxo; nada é permanente ali. Não espere permanência! Se esperar permanência neste mundo onde tudo é impermanente, você provocará inquietação. Nada pode ser para sempre neste mundo; tudo o que pertence a este mundo é momentâneo. Essa é a natureza das coisas.
Se você relutar em aceitar um fato, viverá o tempo todo na dor e no sofrimento. Se você o aceita sem nenhuma queixa –não num estado de impotência, mas de compreensão–, trata-se de aceitação daquilo que é.

Dali em diante você deixa de ficar preocupado e não existe mais problema.
O problema surgiu não por causa do fato, mas porque você não o aceitava da maneira como estava acontecendo. Você queria que ele seguisse os seus pensamentos.
Lembre-se, a vida não vai seguir você, você é que tem de segui-la. Com má vontade ou com alegria, a escolha é sua. 
Se você seguir com má vontade, sofrerá. Se segui-la com alegria, você se tornará um buda e a sua vida se tornará um êxtase".

Osho em “Todos os Dias”


Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 33


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Patricia M. Barros   
Sou jornalista e advogada. Atualmente sou funcionária pública e estudante de psicologia e psicanálise. Sempre me interessei por questões que envolvem comportamento e o desenvolvimento pessoal. Espero contribuir um pouco para o bem-estar e felicidade de algumas pessoas!
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa