auravide auravide

Os Encantos da Avenida Paulista


Facebook   E-mail   Whatsapp

Eu gosto de andar por esta linda avenida, que por volta de 6h da manhã recebe os mascates (eram assim chamados os vendedores de rua). Eles têm de tudo: camisa, boné, meia e chinelos, enquanto ao lado, numa tosca banca, há um café fresco e bolinhos de carne. Vou por ali, às vezes cantando, misturando-me com esta admirável gente simples e inteligente que ganha seu sustento naquele shopping da madrugada.
No entanto, se você passa por ali às 8h está tudo diferente. Circula outra gente; a Avenida Paulista descarta a roupagem simples pelas roupas de marca. O cheiro gostoso do cafezinho é trocado pelo perfume Boss, que trescala oriundo das belas mulheres que desfilam por ali. Todo este cenário me lembra as diferenças entre o preto velho que sentado num tronco, entre uma baforada e outra, vai ouvindo e orientando executivos e operários que levam para ele dores e dúvidas.

A fumaça do charuto serve para desfazer ideias fixas, pensamentos mórbidos, quase como o cheiro do café na banca de madeira, que espanta a tristeza e os medos das criaturas que vão em busca de seus sonhos.
Em dado instante, o Caboclo que atende uma elegante mulher pede um pouco de cachaça. Está precisando aprofundar o transe, e fazer o seu papel de comunicador do além, com mais autenticidade, porque a orientação é séria e pode alterar o rumo daquela irmã necessitada.
Se seguirmos um outro caminho, vamos encontrar uma mesa branca com pobres e ricos se espalhando por cadeiras e bancos. Aguardam o instante de receber um passe. Enquanto um homem moderado fala sobre as parábolas e ensinos de Jesus Cristo.

Ao final, recebem num copinho plástico a água fluidificada que vai aliviar o corpo e a mente. É o mesmo copo do cafezinho da paulista.
Aquecem o corpo e a alma e dão para estas criaturas divinas a possibilidade de serem felizes. Talvez só por um instante, mas que representam um apoio, uma luz que ilumina os caminhos da madrugada e as buscas daquelas outras pessoas que vão aos templos, terreiros e tantos outros lugares, para encontrar Deus.

Todos, cada um na sua crença e tempo viajam no arco-íris da esperança, sonhando encontrar lá no final, seja no terreiro, na empresa, no copinho de água ou café, o seu pote de ouro.
E se não tiver realizado este sonho, pensa que, como diz Catarina de Siena à Santa Catarina: o caminho é o céu.



Texto revisado
Gostou?    Sim    Não   

starstarstarstarstar Avaliação: 5 | Votos: 9


estamos online   Facebook   E-mail   Whatsapp

foto-autor
Conteúdo desenvolvido por: Wilson Francisco   
Terapeuta Holístico. Desenvolve processo que faz a Leitura da Alma; Toque Quântico para dar qualidade à circulação e aos campos vibracionais; Purificação do Tronco Familiar e Cura de Antepassados para Resgatar, Atualizar e Realizar o Ser Divino que há em você. Agendar pelo WhatsApp 011 - 959224182 ou pelo email [email protected]
E-mail: [email protected] | Mais artigos.

Saiba mais sobre você!
Descubra sobre Espiritualidade clicando aqui.

Veja também © Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.




publicidade










Receba o SomosTodosUM
em primeira mão!
 
 
Ao se cadastrar, você receberá sempre em primeira mão, o mais variado conteúdo de Autoconhecimento, Astrologia, Numerologia, Horóscopo, e muito mais...


 

Voltar ao Topo

Siga-nos


Somos Todos UM no Smartphone
Google Play


© Copyright 2000-2022 SomosTodosUM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. Todos os direitos reservados. Política de Privacidade - Site Parceiro do UOL Universa